ADEL lança Programa Josué de Castro de Desenvolvimento

A escolha do nome desse programa foi motivada pela identidade intelectual e humana com Josué de Castro, especialmente a independência, espírito crítico e compromisso com o processo de conhecimento e transformação da realidade. Trata-se de uma homenagem ao grande humanista pernambucano que se dedicou à luta contra as causas que originam a fome e a pobreza no mundo.

O Programa Josué de Castro de Desenvolvimento tem como objetivo aumentar a produtividade e a rentabilidade das atividades econômicas de grupos produtivos comunitários com base na formação de recursos humanos e de capital social (fortalecimento comunitário) e na implantação de sistemas cooperativos de produção e comercialização.

A ADEL realiza intervenções nas comunidades com atividades de capacitação técnica e gerencial, implantação e aprimoramento de equipamentos e infra-estrutura coletiva, organização de feiras e espaços de comercialização e assistência técnica contínua até que o grupo produtivo esteja apto a aplicar por conta própria as técnicas e ferramentas adquiridas.

Atualmente, o programa é composto pelos seguintes projetos: Gestão e Organização Comunitária, Caprinovinocultura, Apicultura, Agricultura Familiar, Agroecologia e o projeto Mulheres Empreendedoras do Baixo Acaraú.

A ADEL já beneficiou mais de 375 pequenos produtores de 70 comunidades rurais, nos municípios de Pentecoste, Apuiarés, Tejuçuoca, General Sampaio, Umirim, Itarema, Marco e Acaraú no semiárido cearense.

“Mais grave ainda que a fome aguda e total, devido às suas repercussões sociais e econômicas, é o fenômeno da fome crônica ou parcial, que corrói silenciosamente inúmeras populações do mundo” Josué de Castro.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *