Adel e BNB finalizam Unidade de Referência em Produção de leite

A Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), por meio do Programa de Desenvolvimento Territorial (PRODETER), realizam desde o ano passado, o Projeto Estruturação da Cadeia Produtiva do Leite em dois territórios do Ceará. Na região do município de Sobral, cento e vinte e cinco (125) pequenos produtores de leite são beneficiados, incluindo ainda as cidades de Irauçuba, Miraíma e Santana do Acaraú.

Um dos eixos do Projeto consiste na implantação de uma Unidade de Referência de Bovinocultura de Leite na sede da Associação Comunitária dos Assentados de Tanques em Santana do Acaraú/CE. Uma instalação pré-existente foi restaurada e readequada, conforme decisão do Comitê Gestor Territorial (CGT).

O espaço tem como objetivo difundir entre os produtores de leite, novos conhecimentos, soluções e tecnologias social, ambiental, técnica e economicamente viáveis e aplicáveis para estruturação da cadeia produtiva da bovinocultura de leite, permitindo um ganho de qualidade, de eficiência e agregação de valor à produção no território.

A construção da Unidade de Referência teve início em fevereiro de 2020 e foi concluída no início de abril. Segundo o Diretor Executivo da Adel, Adriano Batista, os espaços foram construídos pensando na eficiência da atividade produtiva e no conforto e bem-estar dos animais. “O Projeto fez questão de utilizar mão de obra e materiais da região, a fim de contribuir ainda mais com o desenvolvimento local. Além de ser uma instalação que beneficiará diretamente os produtores do Assentamento de Tanques, será de fundamental importância para a difusão de conhecimentos e tecnologias para mais de cem produtores de outros municípios do território”, ressalta.

A instalação é composta por espaços como sala de ração, sala de ordenha e curral de espera. Além das estruturas devidamente reformas, a Unidade ganhará diversos equipamentos, como ordenha, máquina picadora de forragem, máquina ensacadora de silagem, botijão de sêmen, tanque de resfriamento do leite, misturador de ração, entre outros. A reinauguração da Unidade será realizada após o período de isolamento social recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) devido a Covid-19.

Ao final do Projeto, a Unidade será doada pela Adel e BNB à Associação dos Assentados de Tanques que ficará responsável pela gestão do espaço. No prazo de 10 anos ficará aberta para visitação e formação dos 125 produtores beneficiados pelo projeto. A Unidade será importante para a estruturação da Cadeia Produtiva do Leite ao se tornar uma referência em difusão de soluções e tecnologias socioambientais viáveis e aplicáveis ao contexto e aos desafios enfrentados pelos pequenos produtores.

Sobre o Projeto

As atividades do Projeto Estruturação da Cadeia Produtiva do Leite são divididas em três eixos: capacitação, assessoria e difusão de tecnologias. O eixo capacitação compreende a realização de seminários, minicursos, dias de campo e intercâmbios. Já o eixo assessoria foca na elaboração de planos de negócios, no fortalecimento organizativo e na criação de Arranjos Produtivos Locais (APLs). O eixo difusão de tecnologias propõe a implantação da Unidade de Referência de Bovinocultura de Leite.

O Projeto busca contribuir para o aumento da produtividade e da rentabilidade na atividade de bovinocultura de leite no território. Objetiva ampliar as capacidades técnicas e de gestão das pequenas propriedades rurais; fortalecer as estruturas organizativas para aumentar a efetividade de estratégias de desenvolvimento da atividade econômica; e, difundir entre os produtores conhecimentos, soluções e tecnologias que gerem resultados efetivos em curto e longo prazo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *