Adel e CPFL Renováveis realizam projetos com agricultores no Ceará

Agricultoras familiares realizando beneficiamento da mandioca

A Adel, em parceria com a CPFL Renováveis iniciou desde abril de 2017 um projeto com agricultores em três comunidades nos municípios de Itarema e Amontada, no Ceará. As atividades do Projeto iniciaram com a realização de Oficinas de Diagnóstico Rápido Participativo nos assentamentos Patos Bela Vista, em Amontada, e Pachicu, em Itarema. Hoje o Projeto também inclui a comunidade Fazenda Patos, também em Itarema.

As ações do Projeto no Assentamento Fazenda Patos tem como objetivo contribuir para fortalecer e ampliar a cadeia produtiva do coco a partir da implantação de processos técnicos e de gestão agrícola mais sustentáveis. No âmbito específico, busca-se aprimorar e potencializar a produção de coco em 18 ha de áreas de cultivo através de atividades de manejo, correção do solo e de implantação de tecnologias e sistemas de irrigação. Assim como, prestar capacitação e assessoria técnica, aos integrantes da associação, em manejo sustentável da propriedade rural, gestão de empreendimento rural, associativismo, comercialização e boas práticas de beneficiamento de produtos derivados do coco.

No Assentamento Pachicu o objetivo é capacitar os agricultores familiares em gestão de empreendimentos rurais, boas práticas de beneficiamento da mandioca e em técnicas de comercialização e acesso ao mercado. Pretende-se também implantar uma infraestrutura de apoio à produção, de caráter comunitário e associativo, para melhoria tecnológica e agregação de valor ao sistema produtivo da mandioca. E por fim, prestar assessoria técnica e organizativa aos agricultores para estabelecimento de canais de comercialização da produção local da mandioca.

Já no assentamento Patos Bela Vista busca-se contribuir para o fortalecimento e ampliação das cadeias produtivas do coco e mandioca a partir de processos produtivos mais sustentáveis e produtos com melhor valor agregado. O que na prática sugerem implantação de tecnologias e soluções sustentáveis para produção das culturas; capacitação dos agricultores familiares em técnicas de produção, beneficiamento e comercialização. E assessoria na criação e desenvolvimento de soluções para o aprimoramento produtivo, comercial e organizativo da agricultura familiar local.

Contextualização do Projeto

Na ordem, nosso Diretor de Negócios, Wagner Gomes acompanhado de Laís Carvalhal e Camila Sabella, Especialista e Gerente de Sustentabilidade Corporativa e Responsabilidade Social da CPFL, na comunidade Fazenda Patos

O Projeto de Estruturação das Cadeias Produtivas do Coco e da Mandioca vai de encontro à Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, já que uma das metas é garantir sistemas sustentáveis de produção de alimentos com a implementação de práticas agrícolas resilientes, aumentando a produtividade, ajudando a manter os ecossistemas e fortalecendo a capacidade de adaptação às mudanças climáticas.

Ainda segundo a ONU, a agricultura é o maior empregador do mundo, responsável pelo consumo familiar de 40% da população global, representando a principal fonte de renda e trabalho no campo. Portanto, a implantação do Projeto fortalece a agricultura familiar e fomenta práticas ambientais adequadas, criando assim, condições favoráveis para a permanência dos agricultores familiares no campo.

O Projeto é gerido pela área de negócios da Adel e integra as expertises da organização compartilhadas com empresas, governos e outras organizações com interesse em contribuir com a promoção do desenvolvimento local.

Próximas atividades
05/09 – Oficina sobre técnicas sustentáveis de produção consorciada de coco e mandioca no Assentamento Patos Bela Vista.
06/09 – Oficina sobre técnicas sustentáveis de produção consorciada de coco e mandioca no Assentamento Fazenda Patos.
27/09 – Oficina sobre comercialização e acesso a mercado no Assentamento Patos Bela Vista.
28/09 – Oficina sobre técnicas de gestão de empreendimentos rurais no Assentamento Pachicu.
29/09 – Oficina sobre técnicas de gestão de empreendimentos rurais no Assentamento Fazenda Patos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *