Adel e Instituto EDP realizam formação do PJER em São Gonçalo do Amarante

Débora Hivana, jovem empreendedora da comunidade de Siupé – SGA

A Adel e o Instituto EDP iniciaram, essa semana, as atividades do primeiro encontro do Ciclo Avançado da nova turma do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), em São Gonçalo do Amarante/CE. O projeto iniciou em setembro, com a aula inaugural on-line e quatro dias de formação presencial.

Devido o contexto pandêmico, as atividades de formação alternam entre momentos presenciais e à distância e ocorrem em um novo formato. Os trinta jovens selecionados foram divididos em duas turmas, e participam dos encontros presenciais na sede de São Gonçalo do Amarante e na comunidade Parada, visando a não aglomeração. Todos os jovens participam simultaneamente da mesma programação do Curso Protagonismo e Empreendedorismo de Negócios e de Impacto Socioambiental.

Jovens empreendedores da turma de Parada – SGA

Segundo Raquel Ferreira, Coordenadora de Projetos da Adel, trabalhar com Protagonismo e Empreendedorismo Jovem, apesar do contexto atual, é a certeza que o que se faz hoje renderá um amanhã diferente. “Facilitar essa turma é desafiador, devido ao contexto pandêmico, precisamos atender todas as recomendações de saúde e segurança. Mas apesar de tudo, os jovens mostraram desejo e bastante garra em permanecer, mesmo diante dos obstáculos em continuar. Estou feliz com a missão de facilitar o processo formativo e ajudá-los na tomada de decisão de empreender, dentro de seus projetos de vidas”, enfatiza.

Na primeira semana formativa, os jovens foram apresentados a conceitos e ferramentas sobre planejamento, criação, gestão e desenvolvimento de empreendimentos rurais. Analisaram os contextos em que desejam empreender e identificaram as oportunidades. O Curso reúne informações e ferramentas que os auxiliarão na elaboração de seus Projetos de Negócios, seja com fins econômicos ou sociais.

Gescilene Barbosa, Especialista de Projetos da Adel e facilitadora de grupo que realiza a formação em Parada – SGA

Wanderlene Ramos, 32, reside na sede do município e afirma que a formação está superando suas expectativas. “Apesar desse período que estamos vivendo, seguindo todas a regras de segurança contra o vírus, poder sair pra aprender está sendo ótimo. A formação é melhor do que eu esperava. Quero seguir evoluindo todos os dias, sendo alguém melhor ontem, hoje e amanhã”, reforça.

Essa turma do PJER é composta por jovens com idade entre 18 e 32 anos, que moram nas comunidades Pecém, Siupé, Parada, Umarituba, Croatá e sede de São Gonçalo do Amarante. 80% dos participantes são mulheres que enxergam no Programa a oportunidade de ampliar suas capacidades, trocar experiências e adquirir conhecimentos para ter sua própria renda e independência financeira.

Jovens empreendedores da turma da sede – SGA

Após o Curso e com o Projeto de Negócio em mãos, os jovens podem acessar recursos financeiros no Fundo Veredas, estratégia de microcrédito desenvolvida pela Adel e que receberá investimentos financeiros da EDP, administradora da UTE Pecém, por meio do Instituto EDP, organização que há doze anos gere as ações socioambientais do Grupo EDP.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *