CPFL Renováveis em parceria com Adel inaugura Casa de Farinha com povos indígenas Tremembé de Almofala, em Itarema no Ceará

Participantes do encontro de inauguração da Casa de Farinha Raízes da Terra em Itarema/CE

A CPFL Renováveis, líder na geração de energia renovável no Brasil, em parceria com a Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL) inauguraram em setembro a Casa de Farinha Raízes da Terra, no Aldeamento Passagem Rasa, Terra Indígena Tremembé de Almofala, em Itarema, no Ceará. A construção do local faz parte do Plano Básico Ambiental do Componente Indígena (PBA-CI), condicionante da licença de operação do Complexo Eólico Pedra Cheirosa, de propriedade da geradora de energia.

O evento de inauguração contou com a presença de mais de trinta pessoas, entre representantes da FUNAI, da CPFL Renováveis, da Adel e o Povo Indígena Tremembé de Almofala. No encontro, foi apresentada a trajetória do projeto, o processo de construção da Casa de Farinha e sua importância no fortalecimento das atividades produtivas locais, além da melhoria nas condições socioambientais da Passagem Rasa e dos demais aldeamentos que farão uso do equipamento.

A Casa de Farinha Raízes da Terra possui área construída de 140 m² é composta por um sistema de ralação, prensagem e dois fornos artesanais e tem capacidade de produção de 900 kg de farinha por dia.

A Casa de Farinha vem suprir uma necessidade do Povo Indígena Tremembé de Almofala que é produzir a farinha nos próprios aldeamentos, eliminando a necessidade de acessar estabelecimentos similares desta região. Espera-se uma interação maior entre as aldeias vizinhas e a gestão será coletiva e beneficiará a todos.

Encontro com povos indígenas tremembés no Aldeamento Passagem Rasa, Itarema/CE

Durante a inauguração, Manoel Domingos, Liderança do Aldeamento Passagem Rasa, enfatizou sua satisfação e felicidade em receber o projeto. “É uma honra ter uma Casa de Farinha em nosso aldeamento. Tentamos outros projetos, mas esse sempre foi muito desejado por nós. A Casa de Farinha é uma conquista para todos nós”, disse.

Além do Cacique João Venâncio, Pajé Luís Caboclo, lideranças dos diversos aldeamentos, e demais indígenas, participaram do encontro Gláucio Câmara, analista de Licenciamento Ambiental da CPFL Renováveis; Cicero Sousa, Cristiane Dutra e João Bosco, representantes da FUNAI Regional e Local; e, três integrantes da equipe da Adel, Adriano Batista, diretor executivo, Wagner Gomes, diretor de negócios e Elionardo Oliveira, assistente de comunicação.

Povos indígenas tremembés celebram a construção da Casa de Farinha Raízes da Terra em Itarema/CE

O cultivo de mandioca faz parte da tradição dos povos indígenas. Nas farinhadas eles produzem além da farinha, outros derivados de mandioca, como goma, massa e beiju. Aprimorar essas técnicas de produção e fortalecer o trabalho coletivo são os principais objetivos do projeto. Durante uma boa safra, cada família indígena chega a produzir cerca de 100 kg de farinha.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *