Adel finaliza campanha em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Elissandra Pereira e Eliane Cruz, mãe e filha atuam no ramo do artesanato

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) lançou no mês de março, a campanha “A Resiliência Delas” para celebrar a força de todas as mulheres brasileiras. A organização compartilhou diversas histórias de mulheres que são exemplos de inspiração por sua força, delicadeza, resiliência, coragem e sabedoria. A campanha destacou, em especial, a história de Mulheres Rurais que enfrentam todos os dias os desafios do patriarcado e, mesmo assim, não hesitam em lutar por equidade de gênero e por uma sociedade mais justa.

Segundo a Diretora de Comunicação da Adel, Evilene Abreu, as Mulheres Rurais contribuem com o desenvolvimento de suas comunidades e merecem ser respeitadas e valorizadas todos os dias. “A mensagem principal da campanha foi destacar o perfil das novas mulheres rurais, a capacidade e a resiliência que elas têm. As novas gerações de mulheres rurais têm conseguido ultrapassar a ‘bolha’ do analfabetismo, denunciar atos de violência, sentar-se no banco das universidades, sonhar e ousar”, ressalta.

Cinco jovens foram destaque nesta primeira etapa da campanha “A Resiliência Delas”, todas beneficiadas pelo Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) da Adel. Mais da metade do público do Programa é formado por mulheres que atuam na agricultura, no comércio e nas mais distintas atividades. Nessa nova geração, há jovens mulheres que, quando crianças, não tinham liberdade para se envolverem em trabalhos agrícolas, mas hoje são Engenheiras Agrônomas e responsáveis pela gestão das propriedades rurais. Há mulheres formadas em zootecnia, administração, economia, comunicação, oceanografia, mulheres líderes e empreendedoras.

Essas mulheres são exemplos de protagonismo e liderança em suas comunidades. Mulheres que tiveram a ousadia de empreender e gerir seus próprios empreendimentos. Elissandra Pereira apostou no artesanato, Iara Clécia na venda de cosméticos, Carla Lima no ramo da beleza e estética, Jéssica Gama na agricultura e Aurineide Alves na venda de moda plus size. Todas sempre enfrentaram os desafios do patriarcado, mas com o apoio de suas mães conseguem realizar seus sonhos, ingressar no Ensino Superior, ter uma profissão.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Minha mãe sempre teve instinto para a arte e nos incentivava. Ela sempre sonhou em investir nesse seguimento. Minha avó também era empreendedora no ramo do comércio, isso foi passado de geração em geração. Há dois anos juntamos as nossas habilidades e decidimos criar um pequeno negócio para complementar a renda de casa. Eu passei um período ajudando de longe, até que 2019 voltei pra Pentecoste. Formada, decidi fazer o caminho inverso e investir no negócio da família. No mesmo ano conheci a Adel, adquiri novos conhecimentos e investi ainda mais no empreendimento. As demandas não param chegar”, Elissandra celebra enfatizando a importância de outras mulheres em sua vida.

Além das histórias das jovens do PJER, a organização também destacou mulheres históricas que tiveram grande contribuição social como Rosa Parks, Marielle Franco e Malala Yousafzai. Após o período de isolamento social recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) devido a pandemia da COVID-19, a Adel fará um Painel com a participação de todas as mulheres que participaram da campanha. Todo o conteúdo da campanha #AResiliênciaDelas está disponível nas redes sociais da Adel (@adelceara).

Veja aqui os demais vídeo da campanha.

Adel finaliza campanha em homenagem ao Dia Internacional da Mulher

Elissandra Pereira e Eliane Cruz, mãe e filha empreendem no ramo do artesanato

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) lançou no mês de março, a campanha “A Resiliência Delas” para celebrar a força de todas as mulheres brasileiras. A organização compartilhou diversas histórias de mulheres que são exemplos de inspiração por sua força, delicadeza, resiliência, coragem e sabedoria. A campanha destacou, em especial, a história de Mulheres Rurais que enfrentam todos os dias os desafios do patriarcado e, mesmo assim, não hesitam em lutar por equidade de gênero e por uma sociedade mais justa.

Segundo a Diretora de Comunicação da Adel, Evilene Abreu, as Mulheres Rurais contribuem com o desenvolvimento de suas comunidades e merecem ser respeitadas e valorizadas todos os dias. “A mensagem principal da campanha foi destacar o perfil das novas mulheres rurais, a capacidade e a resiliência que elas têm. As novas gerações de mulheres rurais têm conseguido ultrapassar a ‘bolha’ do analfabetismo, denunciar atos de violência, sentar-se no banco das universidades, sonhar e ousar”, ressalta.

Cinco jovens foram destaque nesta primeira etapa da campanha “A Resiliência Delas”, todas beneficiadas pelo Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) da Adel. Mais da metade do público do Programa é formado por mulheres que atuam na agricultura, no comércio e nas mais distintas atividades. Nessa nova geração, há jovens mulheres que, quando crianças, não tinham liberdade para se envolverem em trabalhos agrícolas, mas hoje são Engenheiras Agrônomas e responsáveis pela gestão das propriedades rurais. Há mulheres formadas em zootecnia, administração, economia, comunicação, oceanografia, mulheres líderes e empreendedoras.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essas mulheres são exemplos de protagonismo e liderança em suas comunidades. Mulheres que tiveram a ousadia de empreender e gerir seus próprios empreendimentos. Elissandra Pereira apostou no artesanato, Iara Clécia na venda de cosméticos, Carla Lima no ramo da beleza e estética, Jéssica Gama na agricultura e Aurineide Alves na venda de moda plus size. Todas sempre enfrentaram os desafios do patriarcado, mas com o apoio de suas mães conseguem realizar seus sonhos, ingressar no Ensino Superior, ter uma profissão.

“Minha mãe sempre teve instinto para a arte e nos incentivava. Ela sempre sonhou em investir nesse seguimento. Minha avó também era empreendedora no ramo do comércio, isso foi passado de geração em geração. Há dois anos juntamos as nossas habilidades e decidimos criar um pequeno negócio para complementar a renda de casa. Eu passei um período ajudando de longe, até que 2019 voltei pra Pentecoste. Formada, decidi fazer o caminho inverso e investir no negócio da família. No mesmo ano conheci a Adel, adquiri novos conhecimentos e investi ainda mais no empreendimento. As demandas não param chegar”, Elissandra celebra enfatizando a importância de outras mulheres em sua vida.

Além das histórias das jovens do PJER, a organização também destacou mulheres históricas que tiveram grande contribuição social como Rosa Parks, Marielle Franco e Malala Yousafzai. Após o período de isolamento social recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) devido a pandemia da COVID-19, a Adel fará um Painel com a participação de todas as mulheres que participaram da campanha. Todo o conteúdo da campanha #AResiliênciaDelas está disponível nas redes sociais da Adel (@adelceara).

Confira aqui os demais vídeos da campanha.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *