Adel inicia projeto nos municípios de Amontada e Itarema no Ceará

Visita da equipe da Adel à área de produção agrícola na comunidade de Patos Bela Vista, em Amontada/CE

Nos dias 10 e 11 de abril, a Adel iniciou o projeto de apoio as cadeias produtivas de coco e mandioca nas comunidades Patos Bela Vista e Pachicu nos municípios de Amontada e Itarema, respectivamente.

O projeto integra o Programa Raízes desenvolvido pela CPFL Renováveis e tem por objetivo promover o fortalecimento das cadeias produtivas de coco e mandioca, através da realização de diagnósticos e da elaboração de planos de trabalho que subsidiam os projetos de estruturação das cadeias produtivas.

Casa de Farinha na comunidade Pachicu, Itarema/CE

Nas comunidades de Patos Bela Vista e Pachicu as principais atividades econômicas são oriundas da agricultura de subsistência. Além das culturas tradicionais (cultivo de feijão e milho) eles produzem coco e mandioca e, ainda em estágios iniciais, comercializam estes produtos.

Com a realização deste projeto, a Adel busca juntamente com a CPFL Renováveis colaborar com o desenvolvimento local destas comunidades. Segundo o Diretor de Negócios da Adel, Wagner Gomes, o projeto visa além do levantamento de informações que possam subsidiar ações e projetos voltadas para o fortalecimento das cadeias produtivas do coco e mandioca a elevação da renda das 120 famílias que trabalham com as cadeias produtivas.

Oficina Planejamento Participativo

Além do diagnóstico da situação atual das cadeias produtivas de coco e mandioca nas comunidades, a Adel realiza oficinas de planejamento estratégico e operacional com os moradores. Ontem (11//04), a equipe da Adel realizou em cada comunidade, a oficina sobre Planejamento Participativo.

Oficina na comunidade de Patos Bela Vista, em Amontada

O objetivo da oficina foi discutir com os moradores a visão e o conhecimento de cada um sobre o local onde vivem e trabalham. Na oficina, os participantes falaram sobre a história da comunidade, os sonhos e projetos que almejam alcançar.

Na comunidade de Patos Bela Vista a maioria dos participantes da oficina foram os jovens. Cada morador expressou através de desenhos o mapa de suas propriedades e da comunidade e expressaram os desafios através da montagem de uma árvore de problemas.

Sr. José Velusiano, líder comunitário, apresenta mapa do plantio e comunidade

Os participantes das oficinas se mostraram entusiasmados e sonham com uma oportunidade de desenvolvimento do lugar onde vivem. Sr. José Velusiano, líder comunitário de Patos Bela Vista ressaltou durante a oficina as capacidades existente na comunidade e apresentou através de desenho um mapa do plantio das culturas.

Os moradores de ambas as comunidades identificam com principais desafios para o crescimento das cadeias produtivas a ausência de coco com qualidade e a desvalorização dos produtos oriundos da mandioca (farinha, goma).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *