Adel inicia o curso Formação de Agentes de Convivência com o Semiárido

A Adel, através do projeto Convivência com o Semiárido, iniciou, no dia 12 de abril, na Fazenda Experimental Vale do Curu (FEVC), em Pentecoste, o  1º módulo do curso Formação de Agentes de Convivência com o Semiárido.

O 1º módulo do curso foi ministrado pelo ex-diretor técnico da Adel e atual analista do Centec, Adriano Batista, que trabalhou o tema “Organização Comunitária”, enfatizando a importância das parcerias na comunidade em prol da preservação do semiárido.

Composto por 06 módulos, o curso conta com a participação de jovens empreendedores rurais, agricultores familiares, estudantes e técnicos das Secretarias de Agriculturas dos municípios de Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca.

A diversidade de participantes tem possibilitado múltiplos diálogos e o planejamento de ações práticas para a região, visto que a parceria do poder público local junto à sociedade civil é fundamental para o debate e a realização de práticas de Convivência com o Semiárido.

Segundo o jovem empreendedor rural, Mailson Bezerra, residente no município de Apuiarés, o curso tem possibilitado um debate enriquecedor. “Este 1º módulo superou minhas expectativas, tanto pelo instrutor, quanto pelos companheiros de curso. A participação de representantes de vários órgãos possibilita uma boa discussão dos temas abordados, cada um traz a sua opinião e juntos adquirirmos conhecimentos e refletimos sobre nossas práticas”, enfatiza ele.

O próximo módulo acontecerá nos dias 19 e 20 de abril, com o tema Recursos Naturais e Convivência com o Semiárido. E conta mais uma vez com o apoio do técnico da Adel, Anderson Vieira, e dois (02) técnicos do Instituto Regional de Assistência Técnica e Extensão Rural (IRATER) que colaboram com a organização e gestão do evento.

O projeto Convivência com o Semiárido é realizado pela Adel em parceria com o Banco do Nordeste. E conta com o apoio da Universidade Federal do Ceará (UFC), da Prefeitura Municipal de General Sampaio, do Centro de Educação Popular e Formação Social (CEPFS), da União das Associações do Vale do Rio Canindé (UAVRC), do Núcleo de Psicologia Comunitária da UFC (NUCOM) e do IRATER.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *