2º Módulo Formação Empreendedora em São Gonçalo do Amarante

Entre os dias 26 e 30 de maio, os jovens dos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, que participam do Programa Território Empreendedor, estiveram presentes no 2º módulo da Formação Empreendedora.

Neste módulo foram abordados os seguintes eixos temáticos: Tipos de Negócios; Diagnóstico local das oportunidades de negócios; Estudo das viabilidades; Cadeias de valor e Aspectos legais. Aurigele Alves, Gerente de Programas da Adel, discutiu com a turma as “Viabilidades de Negócios”, tema bastante significativo para os jovens empreendedores rurais.

“Trabalhar a viabilidade dos negócios é um passo determinante para o sucesso dos empreendimentos. É necessário bastante leitura, pesquisa e um estudo aprofundado do mercado, dos recursos naturais, dos impactos ambientais, sociais e, sobretudo econômicos que serão gerados a partir da implantação dos negócios aspirados pelos jovens” relata Aurigele.

Colaboraram também com a formação, Paulo Gleisson, graduando em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará, que apresentou para os jovens as técnicas e ferramentas para a realização de um diagnóstico local das oportunidades. Adriano Batista, zootecnista e um dos sócios fundadores da Adel, que abordou o tema “Cadeias Produtivas Locais” reforçando a importância de se trabalhar os processos de um produto até seu fornecimento ao mercado.

Segundo Edilson Costa, um dos educadores do programa, nesta semana já foi perceptível à evolução de cada um dos jovens após o ingresso no Programa. “Nosso intuito é aprofundar cada vez mais os estudos técnicos, sociais e humanos necessários para o desenvolvimento deles como empreendedores. E, colaborar na formação de jovens, agentes de transformação e empreendedores de sucesso que vão fazer a diferença nas suas vidas, de seus familiares, comunidades e municípios” enfatiza.

Para encerrar a semana e em comemoração ao dia do meio ambiente, no próximo dia 05 de junho, os jovens plantaram na comunidade de Sororoca, em São Gonçalo do Amarante, diversas mudas de plantas nativas, uma forma de preservar as espécies da Flora da Caatinga e estimular os cuidados e a preservação dos recursos naturais. As mudas foram doadas pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) e cada jovem levou duas mudas para plantar em sua propriedade.

O Programa Território Empreendedor busca contribuir com o desenvolvimento da produção familiar no campo. A Formação Empreendedora é uma realização da Adel, em parceria com a BrazilFoundation e Acreditar, uma ação que faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *