Adel realiza oficinas do Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico

Nos dias 06 e 07 de junho, aconteceu na Fazenda Experimental Vale do Curu, em Pentecoste, oficinas do Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico, que reúne meliponicultores das comunidades de Lagoa das Pedras, Vila Soares e Sítio do Meio.

A maioria dos participantes são criadores de abelhas nativas sem ferrão (jandaíra), e tem como objetivo planejar ações coletivas para elevar a produção e fortalecer a atividade na região.

Durante a oficina, os participantes elencaram pontos estratégicos para o desenvolvimento da cadeia produtiva de mel. Com o apoio do educador Edilson da Costa e do zootecnista Jânio Felix, discutiram quais os elementos necessários para criar um ambiente cooperativo e sustentável.

Jânio discutiu com os participantes como é realizada a criação de abelhas em suas propriedades e enfatizou a importância de cuidar da flora, abordando as possíveis maneiras de criar as abelhas sem causar danos ao ambiente.

Na ocasião, Wagner Gomes, economista e diretor executivo da Adel, falou sobre Fundos Rotativos Solidários e discutiu a criação de uma poupança comunitária para a implantação e fortalecimento da produção de mel de abelhas nativas. “Foi um momento de troca de conhecimentos que reuniu pela primeira vez meliponicultores da região do Médio Curu”, enfatiza Wagner.

O Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico faz parte das ações da Adel de Convivência com o Semiárido. É realizado em parceria com o Programa de Pequenos Projetos Ecossociais do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *