Adel segue atuação no Projeto Paulo Freire

 

Há cerca de dois meses, demos início às atividades no âmbito do Projeto Paulo Freire. A Adel está desenvolvendo o Projeto de Capacitação em Acesso às Políticas Públicas, que busca promover ações de capacitação e educação sobre o tema para os povos do semiárido. Assim como analisar suas conquistas, dificuldades e desafios, potencializando o desenvolvimento das competências individuais e coletivas por agricultores e agricultoras. Um dos principais objetivos é contribuir para construção do pensamento crítico sobre o papel das políticas públicas na vida dos envolvidos com o projeto, que atua em 86 comunidades de 10 municípios no Território Cariri Oeste.

No último dia 10 de janeiro foram realizadas duas oficinas com agricultores e agricultoras nas comunidades de Riacho Verde em Tarrafas e Pereiro no município de Antonina do Norte. As oficinas abordam temas divididos em quatro eixos: Direitos Humanos e Educação; Terra, Trabalho e Produção; Mulheres, Jovens, Povos e Comunidades Tradicionais; Água, Soberania e Segurança Alimentar.

 

Já foram realizadas 17 oficinas desde o início do Projeto. Até a conclusão do Projeto, serão realizadas 172 oficinas em todo o Cariri Oeste. Elas têm como público prioritário jovens e mulheres, no entanto, contempla demais membros das famílias, já atendidas ou não pelo Projeto Paulo Freire. Enquanto os pais e mães participam das oficinas, seus filhos são atendidos em atividades recreativas paralelas.

Segundo Dario Lima, um dos beneficiados, o momento é importante para que as comunidades tomem conhecimento de seus direitos: “Todos nós temos o direito de dar sugestão no que estamos construindo juntos. O encontro nos dá oportunidade para discutir sobre o que podemos ter. É um momento interessante e bem organizado”, afirma. Dario, também conhecido na região como Inácio, ajudou a fundar o Sindicato de Tarrafas na década de 1980 e hoje vive em Assaré. Ele acredita na união das pessoas pela busca da cidadania.

 

Para Aurigele Alves, Diretora de Programas da Adel e gestora do Projeto, os percursos formativos realizados permitem ouvir as comunidades, abre espaço para que os moradores mostrem suas vozes e disseminam conhecimentos essenciais sobre políticas públicas, legislação e governança local para o exercício da cidadania pelos agricultores e agricultoras. Colabora também para o protagonismo social das comunidades no processo de desenvolvimento local, na construção de soluções para seus maiores desafios para melhorar suas condições de vida e de trabalho em maior prazo. É um momento rico e forte do início ao fim, destaca.

Sobre o Projeto

O Projeto Paulo Freire visa contribuir para a redução da pobreza rural em 31 municípios cearenses por meio do desenvolvimento do capital humano e social e do desenvolvimento produtivo sustentável pautado na geração de renda, no âmbito agrícola e não agrícola, com foco principal em jovens e mulheres.

É uma realização da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), gerenciado através da Unidade de Gerenciamento de Projeto (UGP) que tem a competência para definir as linhas gerais de política e diretrizes.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *