Adel entrega certificados do curso Formação de Agentes de Convivência com o Semiárido

Na última sexta-feira (18/07), a Adel entregou os certificados aos 15 jovens dos municípios de Apuiarés, Pentecoste e Tejuçuoca, que participaram do curso Formação de Agentes de Convivência com o Semiárido.

Composto por 06 módulos, o curso abordava as tecnologias sócio-ambientais e a importância da conservação da água e do solo, bem como a recuperação de áreas degradadas e a redução da desertificação na região.

Segundo o Diretor Executivo da Adel, Wagner Gomes, esta formação é mais uma ação estratégica do projeto Convivência com o Semiárido. “O intuito do curso é preparar os jovens e agricultores familiares do território do Médio Curu para a construção e difusão de práticas que se adequam a região. Hoje a Adel tem realizado diversas ações, a exemplo a construção de cisternas com sistemas de boia para limpeza de telhados”, relata.

O projeto Convivência com o Semiárido é realizado pela Adel em parceria com o Banco do Nordeste. E conta com o apoio da Universidade Federal do Ceará (UFC), da Prefeitura Municipal de General Sampaio, do Centro de Educação Popular e Formação Social (CEPFS), da União das Associações do Vale do Rio Canindé (UAVRC), do Núcleo de Psicologia Comunitária da UFC (NUCOM) e do Instituto Regional de Assistência Técnica e Extensão Rural (IRATER).

Ministro da Embaixada da Suíça no Brasil visita a Adel

Nos dias 13 e 14 de agosto, o ministro da Embaixada da Suíça no Brasil, Jean-Pierre Reymond, visitou a Adel. Participou de reuniões e visitas as famílias beneficiadas com o projeto Convivência com o Semiárido, apoiado pela Embaixada da Suiça e Banco do Nordeste.

No primeiro dia da visita, o ministro suíço, Jean-Pierre, encontrou alguns membros da equipe da Adel e a Agente de Desenvolvimento Rural do Banco do Nordeste, Jeânia Rogério. Neste encontro foi apresentada a história da Adel e discutido as ações desenvolvidas no Ceará pela instituição.

Reunião com o ministro na sede da Adel, em Pentecoste

Jeânia Rogério destacou a importância da parceria com a Adel e o apoio da Embaixada da Suíça na implantação do projeto Convivência com o Semiárido, que trouxe para a região as cisternas com sistema de boia para lavagem do telhado e com uma bomba d’água, denominada “trampolim”, tecnologia desenvolvida pelo Centro de Educação Popular e Formação Social (CEPFS), organização da Paraíba, parceira da Adel no projeto.

Visita a residência do Sr. Gilberto

Após este encontro, o ministro visitou duas famílias beneficiadas com o projeto em Canafístula, onde conheceu a cisterna construída na residência do Sr. Gilberto Bezerra e acompanhou o processo de construção de outra cisterna na casa do Sr. Idavan Luz. Na ocasião, Idavan apresentou o cordel escrito por ele, “O valor que a água tem”, que aborda a importância da água para a humanidade, e o Sr. Joaquim Teles, pedreiro, explicou como é feita a construção das cisternas, enfatizando os benefícios que elas trazem.

Sr. Joaquim Teles explica como é construída as cisternas  

No segundo dia, o ministro visitou os jovens do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) que estavam em formação e participou de uma reunião com lideranças da União das Associações do Vale do Rio Canindé (UAVRC) e famílias beneficiadas com o projeto.

Na pauta de discussões, o principal ponto foi o apoio da Embaixada da Suiça na implantação desta inovação na região, que será multiplicada nos próximos anos. As cisternas construídas pela Adel em parceria com o Banco do Nordeste e a Embaixada da Suiça é uma replicação da tecnologia do CEPFS que busca a acessibilidade das famílias a água de qualidade e a multiplicação de beneficiados, através da implantação de fundos rotativos.

Cisterna construída na casa de Sr. Gilberto  

Para Idavan, a cisterna que está sendo construída em sua residência tem grande valor. “O nosso reservatório de água hoje são estas garrafas, mas graças a Deus com a cisterna vamos puder ter um local apropriado e armazenar mais água, um dos líquidos mais preciosos”, enfatiza.

Atual reservatório de água da família do Sr. Idavan Luz

Adel realiza 2º módulo do curso Formação de Agentes de Convivência com o Semiárido

A Adel, através do projeto Convivência com o Semiárido, deu continuidade no dia 11 de maio, na Fazenda Experimental Vale do Curu (FEVC), em Pentecoste, o 2º módulo do curso Formação de Agentes de Convivência com o Semiárido.

O curso, que é composto por 6 módulos, conta com a participação de jovens empreendedores rurais, agricultores familiares, estudantes e técnicos das Secretarias de Agriculturas dos municípios de Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca.

Dessa vez o tema do encontro foi “Manejo e conservação da água e do solo” que foi ministrado pelo Eng. Agrônomo Francisco Antônio de Oliveira Lobato, mestre de Engenharia Agrícola e Fiscal Ambiental da Superintendência Estadual do Meio Ambiente – SEMACE.

O projeto Convivência com o Semiárido é realizado pela Adel em parceria com o Banco do Nordeste. E conta com o apoio da Universidade Federal do Ceará (UFC), da Prefeitura Municipal de General Sampaio, do Centro de Educação Popular e Formação Social (CEPFS), da União das Associações do Vale do Rio Canindé (UAVRC), do Núcleo de Psicologia Comunitária da UFC (NUCOM) e do IRATER.