Lançado Projeto Organização e Gestão Comunitária

No dia 21 de junho de 2009, na sede provisória da União das Associações do Vale do Rio Canindé (UAVRC), em Irapuá, foi lançado o Projeto Organização e Gestão Comunitária, com o apoio da UAVRC, Central das Organizações Associativas de Pentecoste (COAMP) e Programa de Educação em Células Cooperativas (PRECE). Em parceria com a Fundação Konrad Adenauer, o projeto será realizado pela ADEL, e tem como objetivo contribuir com o fortalecimento das associações comunitárias filiadas a UAVRC.

O projeto visa à construção de uma rede social para discussão e implementação de ações que promovam o desenvolvimento político, social e econômico das comunidades rurais do município de Pentecoste. O evento contou com a participação de lideranças de 11 comunidades, integrantes da ADEL, representantes do Núcleo de Psicologia Comunitária da UFC (NUCOM), COAMP, PRECE e Konrad Adenauer.

Na ocasião, Edilson Costa, coordenador do projeto, apresentou as metas, atividades e resultados que se esperam alcançar. Os principais são: fortalecimento das associações a partir da atuação em rede; associações sendo bem geridas em seus aspectos técnico, financeiro e administrativo de forma transparente e democrática; construção de uma rede de capital social e político capaz de promover o crescimento econômico e o desenvolvimento humano integrado de forma sustentável.

A execução do projeto se dará a partir de um levantamento das atividades sócio organizativas já existentes nas organizações, mediante visitas às comunidades rurais para conhecer os potenciais humanos presentes. Em cada associação serão realizados cursos de capacitação, entrevistas, exposições dialogadas, oficinas e reuniões. Angela Küster, representante da Fundação Konrad Adenauer, acredita que o projeto terá bons resultados: “o encontro em Irapuá foi bom, teve muita participação em pleno domingo”.

ADEL recebe a visita do analista de projetos da BrazilFoundation

No dia 20 de junho de 2009, a diretoria da ADEL, juntamente com as entidades parceiras, Instituto SeSeMar e COAMP, receberam a visita do analista de projetos da BrazilFoundation, Gláucio Gomes.


O encontro foi bastante proveitoso para os presentes, pois se discutiu a importância da Organização da Cadeia Produtiva da Caprinovinocultura no Médio Curu, analisando o perfil da região para o desenvolvimento desta cadeia e as possibilidades da execução do projeto intitulado “Estruturação e Difusão da cadeia produtiva da caprinovinocultura de corte”, enviado para o edital da BrazilFoundation 2009.

Após a reunião na sede da COAMP em Pentecoste, Gláucio Gomes, visitou a propriedade do agricultor Gilberto Bezerra, em Canafístula, que é um dos nove produtores participantes da Célula Social Produtiva de caprinovinocultura de corte.

Em 2008, a BrazilFoundation apoiou o projeto Célula Social Produtiva, uma experiência que trabalha junto aos agricultores locais, visando elevar a produtividade.

ADEL recebe a visita do analista de projetos da BrazilFoundation

No dia 20 de junho de 2009, a diretoria da ADEL, juntamente com as entidades parceiras, Instituto SeSeMar e COAMP, receberam a visita do analista de projetos da BrazilFoundation, Gláucio Gomes.


O encontro foi bastante proveitoso para os presentes, pois se discutiu a importância da Organização da Cadeia Produtiva da Caprinovinocultura no Médio Curu, analisando o perfil da região para o desenvolvimento desta cadeia e as possibilidades da execução do projeto intitulado “Estruturação e Difusão da cadeia produtiva da caprinovinocultura de corte”, enviado para o edital da BrazilFoundation 2009.

Após a reunião na sede da COAMP em Pentecoste, Gláucio Gomes, visitou a propriedade do agricultor Gilberto Bezerra, em Canafístula, que é um dos nove produtores participantes da Célula Social Produtiva de caprinovinocultura de corte.

Em 2008, a BrazilFoundation apoiou o projeto Célula Social Produtiva, uma experiência que trabalha junto aos agricultores locais, visando elevar a produtividade.

Feira da Agricultura Familiar Agroecológica de Apuiarés

No dia 12 de junho de 2009, teve inicio o 1º módulo do projeto Feira da Agricultura Familiar Agroecológica de Apuiarés. O curso é fruto de uma parceria da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL) com a Fundação Konrad Adenauer, União Européia, Instituto SeSeMar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apuiarés, Federação das Associações de Apuiarés e Prefeitura Municipal.

O projeto objetiva construir, coletivamente, uma feira da Agricultura Familiar, dentro dos princípios e práticas da agroecologia, junto aos agricultores e agricultoras familiares do município. Inicialmente, 20 pessoas estão participando do curso, e após a conclusão dos módulos irão atuar como feirantes agroecológicos.

O projeto é composto por seis módulos e acontece duas vezes por mês, até agosto de 2009, com aulas teóricas e práticas, realizando intercâmbio com outras experiências no território do Curu e Aracatiaçu.

Feira da Agricultura Familiar Agroecológica de Apuiarés

No dia 12 de junho de 2009, teve inicio o 1º módulo do projeto Feira da Agricultura Familiar Agroecológica de Apuiarés. O curso é fruto de uma parceria da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL) com a Fundação Konrad Adenauer, União Européia, Instituto SeSeMar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apuiarés, Federação das Associações de Apuiarés e Prefeitura Municipal.

O projeto objetiva construir, coletivamente, uma feira da Agricultura Familiar, dentro dos princípios e práticas da agroecologia, junto aos agricultores e agricultoras familiares do município. Inicialmente, 20 pessoas estão participando do curso, e após a conclusão dos módulos irão atuar como feirantes agroecológicos.

O projeto é composto por seis módulos e acontece duas vezes por mês, até agosto de 2009, com aulas teóricas e práticas, realizando intercâmbio com outras experiências no território do Curu e Aracatiaçu.

Concluído Curso de Agentes Multiplicadores em Agroecologia


Em maio, foi concluído o Curso de Agentes Multiplicadores em Agroecologia no Médio Curu, que teve como resultado a formação de 27 participantes (agricultores e técnicos agrícolas) e a reativação da Horta Comunitária na comunidade de Irapuá, distante 20 quilômetros da sede do município.

Em Irapuá havia um projeto de horta desativado, com a realização do curso, os multiplicadores decidiram organizar a horta utilizando manejo agroecológico. Através de mutirão com alguns agricultores da comunidade, foi levantada a cerca, limpado o terreno e construído os canteiros, que estão sendo acompanhados por agentes multiplicadores, que moram na comunidade e por técnicos da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL).

O curso que teve início em novembro de 2008 trouxe para os agricultores a importância da agroecologia bem como, uma alerta para os cuidados com a própria vida e o meio ambiente. Alguns agricultores já se conscientizaram sobre os danos causados pelo uso dos agrotóxicos e abandonaram esta prática.

Planejamento Estratégico 2009

Em janeiro, os integrantes da ADEL participaram do Encontro de Planejamento Anual, no Centro de Pesquisa Ictiológico do DNOCS em Pentecoste/CE, com o objetivo de avaliar o ano de 2008 e planejar as ações para 2009.

Com o desejo de continuar realizando parcerias, projetos e atividades na Microrregião do Médio Curu, o grupo discutiu e reformulou estratégias de atuação para este ano.

O encontro iniciou-se com uma vídeo-palestra de Daniel Godri – “Motivação”, seguido de um debate sobre a importância do trabalho em equipe, persistência e capacidade que temos para buscar o crescimento e desenvolvimento do grupo e do lugar onde estamos inseridos.

Durante o dia, realizaram-se várias atividades, pequenos grupos se reuniram para avaliar as atividades realizadas nas áreas de caprinovinocultura, hortifruticultura, apicultura, bovinos de leite e jovens empreendedores. Esse momento foi importante para a ADEL, pois o grupo avaliou suas atividades e definiu as metas para 2009.

Projeto da ADEL é um dos finalistas de edital da BrazilFoundation

Em dezembro de 2008, a ADEL enviou o projeto intitulado de Estruturação e Difusão da cadeia produtiva da caprinovinocultura de corte para o edital da BrazilFoundation.

A BrazilFoundation é uma organização não-governamental que apóia iniciativas de organizações da sociedade civil brasileira que propõem soluções criativas e diferenciadas para os desafios enfrentados por comunidades em todo o Brasil.

O projeto Estruturação e Difusão da cadeia produtiva da caprinovinocultura de corte irá beneficiar 180 produtores e pretende contribuir para o aumento da produtividade e rentabilidade da caprinovinocultura de corte através da organização e estruturação da cadeia produtiva, gerando trabalho e elevando o nível de renda de pequenos produtores rurais. As principais ações do projeto são: ampliação do número de produtores de caprinos e ovinos assessorados pela ADEL; implantação de uma mini-fábrica de produção de ração; elaboração de um plano de negócio da cadeia e inserção dos produtores nos programas de comercialização do Ministério do Desenvolvimento Social como Compra Direta e Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB).

O projeto concorreu com 896 projetos de todo o Brasil e, ficou entre os 50 finalistas. A segunda etapa da seleção acontecerá em junho, com a visita do analista de projeto da BrazilFoundation, Gláucio Gomes.

Difusão de Tecnologia de Convivência com o Semiárido


A Agência de Desenvolvimento Econômico Local, ADEL, organização social que atua na microrregião do Médio Curu do Ceará, está executando nos municípios de Pentecoste e Tejuçuoca dois projetos de incentivo a caprinovinocultura.

Os projetos são frutos de uma parceria entre a ADEL, BNB, Prefeituras Municipais de Pentecoste e Tejuçuoca, Associação Comunitária dos Agricultores de Canafistula, União das Associações do Vale do Rio Canindé e Associação dos Criadores de Tejuçuoca.

A finalidade dos projetos é elevar a produtividade e rentabilidade da caprinovinocultura nos municípios através da produção e conservação de alimento (silagem e feno) para o período seco.

Cinqüenta produtores de 26 comunidades de Pentecoste e Tejuçuoca serão beneficiados diretamente com assistência técnica periódica, capacitação em técnicas de produção e conservação de forragem, sementes de milho e sorgo, máquina e implementos para preparo do solo e colheita da forragem.

O custo total do projeto é de R$ 165.000,00 (cento e sessenta e cinco mil reais). Desse montante 85% é proveniente do BNB, 2% da Prefeitura de Tejuçuoca, 4% da Prefeitura de Pentecoste e 9% da ADEL.

O engenheiro agrônomo e coordenador técnico do projeto, Helano Luz, estima uma área plantada de milho e sorgo equivalente a 100 hectares e uma produção de 20,1 milhões de kg de matéria verde ensilada, utilizada para suplementar um rebanho de 1.849 cabeças, durante 08 meses de seca.

Espera-se como resultado desses projetos a elevação da produção e da renda dos produtores envolvidos; o desempenho técnico, gerencial e econômico das unidades produtivas; difusão e emprego das técnicas de ensilagem e fenação pelos pequenos produtores e estimulo a organização da cadeia produtiva de ovinos e caprinos na região.

Jovens Empreendedores Rurais

Em 2007, o projeto Jovens Empreendedores Rurais beneficiou 16 jovens das comunidades de Riacho do Paulo, Alto dos Caetanos e Lagoa das Pedras, todas no município de Apuiarés. Este ano o projeto triplicou o número de jovens participantes e também o número de comunidades, expandindo para o município de Pentecoste.

O projeto é uma iniciativa da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL) que objetiva desenvolver o empreendedorismo socioeconômico em jovens de 14 a 24 anos dos municípios de Apuiarés e Pentecoste, através da qualificação em empreendedorismo, cooperativismo e associativismo, na perspectiva da valorização e profissionalização dos jovens e melhoria da renda no meio rural.

No dia 21 de março, aconteceu no Centro de Pesquisas Ictiológicas de Pentecoste, o 1º Encontro dos Jovens que irão participar do projeto em 2009, foi um momento de interação e planejamento, em que os jovens tiveram a oportunidade de conhecer e compartilhar suas idéias e experiências de vida.

O evento contou com a participação de 56 jovens dos municípios de Pentecoste e Apuiarés, técnicos da ADEL, integrantes do Nucom e de representantes do programa Geração Mudamundo da Ashoka Empreendedores Sociais.

Durante o dia, os jovens participaram de estudo sobre empreendedorismo e de oficinas sobre elaboração de projetos. O grupo foi acompanhado por uma equipe da ADEL que esclareceu as dúvidas dos jovens.

E nos dias 04 e 05 de abril, acontecerão mais um encontro com estes jovens, para conclusão dos planos de ação.