Projeto da ADEL é aprovado na BrazilFoundation

Em dezembro de 2008, a ADEL enviou o projeto intitulado de Estruturação e Difusão da cadeia produtiva da caprinovinocultura de corte para o edital da BrazilFoundation.

A BrazilFoundation é uma organização não-governamental que apóia iniciativas de organizações da sociedade civil brasileira que propõem soluções criativas e diferenciadas para os desafios enfrentados por comunidades em todo o Brasil.

O projeto Estruturação e Difusão da cadeia produtiva da caprinovinocultura de corte irá beneficiar 180 produtores e pretende contribuir para o aumento da produtividade e rentabilidade da caprinovinocultura de corte através da organização e estruturação da cadeia produtiva, gerando trabalho e elevando o nível de renda de pequenos produtores rurais. As principais ações do projeto são: ampliação do número de produtores de caprinos e ovinos assessorados pela ADEL e implantação de uma mini-fábrica de produção de ração.

O projeto concorreu com 896 projetos de todo o Brasil e, ficou entre os 25 projetos aprovados. Do Ceará foram 04 projetos aprovados.

Para ver os projetos aprovados, acesse: http://brazilfoundation.org/download/Projetos_2009.pdf

Capacitação em tecnologia de produtos defumados de carne caprina e ovina

Produtores, filhos e cônjuges de produtores de Tejuçuoca participarão do curso sobre “Fabricação de Produtos Derivados da Carne Caprina e Ovina”. O curso terá uma carga horária de 32 horas e será realizado no Parque de Exposição do TEJUBODE em Tejuçuoca-CE no período de 21/07 a 24/07. A proposta é apresentar técnicas de processamento com a carne caprina e ovina, agregando valor na elaboração de cortes especiais, embutidos e defumados.

O curso terá conteúdo teórico e prático. Na parte teórica serão abordados temas como “Relação higiene e qualidade, “O manipulador de alimentos e suas responsabilidades”, “Legislação sanitária e saúde pública”, “Tecnologia em processamento de embutidos”, “Tecnologia em elaboração de cortes especiais em carne caprina” e “Tecnologia de produtos defumados”. Já o conteúdo prático ensinará a produzir lingüiça frescal caprina, lingüiça calabresa caprina, defumados de cortes especiais e derivados da carne caprina, almôndegas e hamburguer de carne caprina, cortes especiais de caprinos, desossa e salga de caprino adulto em forma de manta, além da embalagem e rotulagem dos produtos fabricados.

Também serão apresentados alguns pratos da culinária caprina e ovina, como espetinhos de carne caprina, pernil assado, almôndegas de bode com macaxeira e paçoca de bode.

A capacitação utiliza uma metodologia com aulas expositivas, apresentação dos produtos aos participantes, aulas práticas, seminários sobre tecnologia de processamento da carne caprina, demonstração e degustação de pratos especiais.

O curso será promovido pela Associação dos Criadores de Tejuçuoca em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil, Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL), Prefeitura Municipal de Tejuçuoca, Secretaria de Agricultura de Tejuçuoca e EMARTECE.

Para saber mais entre em contato com a ADEL:
Email: adelmediocuru@yahoo.com.br
Tel: (085) 91247403

Capacitação em tecnologia de produtos defumados de carne caprina e ovina

Produtores, filhos e cônjuges de produtores de Tejuçuoca participarão do curso sobre “Fabricação de Produtos Derivados da Carne Caprina e Ovina”. O curso terá uma carga horária de 32 horas e será realizado no Parque de Exposição do TEJUBODE em Tejuçuoca-CE no período de 21/07 a 24/07. A proposta é apresentar técnicas de processamento com a carne caprina e ovina, agregando valor na elaboração de cortes especiais, embutidos e defumados.

O curso terá conteúdo teórico e prático. Na parte teórica serão abordados temas como “Relação higiene e qualidade, “O manipulador de alimentos e suas responsabilidades”, “Legislação sanitária e saúde pública”, “Tecnologia em processamento de embutidos”, “Tecnologia em elaboração de cortes especiais em carne caprina” e “Tecnologia de produtos defumados”. Já o conteúdo prático ensinará a produzir lingüiça frescal caprina, lingüiça calabresa caprina, defumados de cortes especiais e derivados da carne caprina, almôndegas e hamburguer de carne caprina, cortes especiais de caprinos, desossa e salga de caprino adulto em forma de manta, além da embalagem e rotulagem dos produtos fabricados.

Também serão apresentados alguns pratos da culinária caprina e ovina, como espetinhos de carne caprina, pernil assado, almôndegas de bode com macaxeira e paçoca de bode.

A capacitação utiliza uma metodologia com aulas expositivas, apresentação dos produtos aos participantes, aulas práticas, seminários sobre tecnologia de processamento da carne caprina, demonstração e degustação de pratos especiais.

O curso será promovido pela Associação dos Criadores de Tejuçuoca em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil, Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL), Prefeitura Municipal de Tejuçuoca, Secretaria de Agricultura de Tejuçuoca e EMARTECE.

Para saber mais entre em contato com a ADEL:
Email: adelmediocuru@yahoo.com.br
Tel: (085) 91247403

II Módulo do Projeto Feira da Agricultura Familiar e Agroecológica de Apuiarés

No último dia 03 de julho de 2009, aconteceu o II Módulo do Projeto Feira da Agricultura Familiar e Agroecológica de Apuiarés na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apuiarés e teve como tema: Planejamento da Produção Local.

O encontro contou com a participação de 15 agricultores (as) familiares, técnicos da ADEL, do Instituto SeSeMar e Secretaria de Agricultura de Apuiarés. As atividades foram coordenadas pela agrônoma Polly Quemel da Fundação Konrad Adenauer (Projeto AFAM).

O projeto é fruto de uma parceria da ADEL com a Fundação Konrad Adenauer (Projeto AFAM), União Européia, Instituto SeSeMar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apuiarés, Federação das Associações de Apuiarés e Prefeitura Municipal de Apuiarés.

As próximas atividades do projeto acontecerão nos dias 24 e 29 de julho de 2009. No primeiro dia, os produtores discutirão o seguinte tema: Técnicas de venda e gestão em grupo e será coordenado pelos facilitadores Narciso (Fundação Korand Adenauer) e Ribamar (Instituto SeSeMar). Já no dia 29 o grupo de agricultores e agricultoras de Apuiarés visitarão à Feira Agroecológica de Trairí. Com esta atividade os produtores terão a oportunidade de conhecer o dia-a-dia de uma feira de produtores agroecológicos.

II Módulo do Projeto Feira da Agricultura Familiar e Agroecológica de Apuiarés

No último dia 03 de julho de 2009, aconteceu o II Módulo do Projeto Feira da Agricultura Familiar e Agroecológica de Apuiarés na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apuiarés e teve como tema: Planejamento da Produção Local.

O encontro contou com a participação de 15 agricultores (as) familiares, técnicos da ADEL, do Instituto SeSeMar e Secretaria de Agricultura de Apuiarés. As atividades foram coordenadas pela agrônoma Polly Quemel da Fundação Konrad Adenauer (Projeto AFAM).

O projeto é fruto de uma parceria da ADEL com a Fundação Konrad Adenauer (Projeto AFAM), União Européia, Instituto SeSeMar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apuiarés, Federação das Associações de Apuiarés e Prefeitura Municipal de Apuiarés.

As próximas atividades do projeto acontecerão nos dias 24 e 29 de julho de 2009. No primeiro dia, os produtores discutirão o seguinte tema: Técnicas de venda e gestão em grupo e será coordenado pelos facilitadores Narciso (Fundação Korand Adenauer) e Ribamar (Instituto SeSeMar). Já no dia 29 o grupo de agricultores e agricultoras de Apuiarés visitarão à Feira Agroecológica de Trairí. Com esta atividade os produtores terão a oportunidade de conhecer o dia-a-dia de uma feira de produtores agroecológicos.

Formação do Conselho de Desenvolvimento da Microrregião do Médio Curu

No último dia 30 de junho de 2009, a ADEL participou da nova formação do Conselho de Desenvolvimento do Microterritório do Médio Curu. Também estiveram presentes, as Secretarias de Agricultura de Apuiarés e Tejuçuoca, os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Pentecoste, Apuiarés e General Sampaio, a Câmara Municipal de Apuiarés, Federação das Associações de Apuiarés e o Conselho de Meio Ambiente de Apuiarés.

Na ocasião, discutiu-se a nova formação do Território da Cidadania da qual a microrregião participa denominado Território dos Vales do Curu e Aracatiaçu. Também foi construída a seguinte agenda:
– 08/07/2009: Reunião do Conselho de Desenvolvimento Territorial de Tejuçuoca;
– 09/07/2009: Reunião do Conselho de Desenvolvimento Territorial de Apuiarés
– 17/07/2009: Reunião do Conselho de Desenvolvimento Territorial de Pentecoste
– 21/07/2009: Seminário de formação do Conselho de Desenvolvimento Territorial da microrregião do Médio Curu.

O Território da Cidadania é um programa do Governo Federal, lançado em 2008, com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e universalizar programas básicos de cidadania por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável. A participação social e a integração de ações entre governo federal, estados, municípios e sociedade civil organizada são fundamentais para a construção dessa estratégia.

O Território da Cidadania Vales do Curu e Aracatiaçu abrange uma área de 12.143,70 km² e é composto por 18 municípios: Amontada, Apuiarés, General Sampaio, Irauçuba, Itapagé, Itapipoca, Itarema, Miraíma, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama. A população total do território é de 536.385 habitantes, dos quais 252.978 vivem na área rural, o que corresponde a 47,16% do total, possuem 22.229 agricultores familiares, 3.301 famílias assentadas, 2 comunidades quilombolas e 2 terras indígenas, o IDH médio é de 0,63.

Formação do Conselho de Desenvolvimento da Microrregião do Médio Curu

No último dia 30 de junho de 2009, a ADEL participou da nova formação do Conselho de Desenvolvimento do Microterritório do Médio Curu. Também estiveram presentes, as Secretarias de Agricultura de Apuiarés e Tejuçuoca, os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Pentecoste, Apuiarés e General Sampaio, a Câmara Municipal de Apuiarés, Federação das Associações de Apuiarés e o Conselho de Meio Ambiente de Apuiarés.

Na ocasião, discutiu-se a nova formação do Território da Cidadania da qual a microrregião participa denominado Território dos Vales do Curu e Aracatiaçu. Também foi construída a seguinte agenda:
– 08/07/2009: Reunião do Conselho de Desenvolvimento Territorial de Tejuçuoca;
– 09/07/2009: Reunião do Conselho de Desenvolvimento Territorial de Apuiarés
– 17/07/2009: Reunião do Conselho de Desenvolvimento Territorial de Pentecoste
– 21/07/2009: Seminário de formação do Conselho de Desenvolvimento Territorial da microrregião do Médio Curu.

O Território da Cidadania é um programa do Governo Federal, lançado em 2008, com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e universalizar programas básicos de cidadania por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável. A participação social e a integração de ações entre governo federal, estados, municípios e sociedade civil organizada são fundamentais para a construção dessa estratégia.

O Território da Cidadania Vales do Curu e Aracatiaçu abrange uma área de 12.143,70 km² e é composto por 18 municípios: Amontada, Apuiarés, General Sampaio, Irauçuba, Itapagé, Itapipoca, Itarema, Miraíma, Paracuru, Paraipaba, Pentecoste, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tejuçuoca, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama. A população total do território é de 536.385 habitantes, dos quais 252.978 vivem na área rural, o que corresponde a 47,16% do total, possuem 22.229 agricultores familiares, 3.301 famílias assentadas, 2 comunidades quilombolas e 2 terras indígenas, o IDH médio é de 0,63.

Lançado Projeto Organização e Gestão Comunitária

No dia 21 de junho de 2009, na sede provisória da União das Associações do Vale do Rio Canindé (UAVRC), em Irapuá, foi lançado o Projeto Organização e Gestão Comunitária, com o apoio da UAVRC, Central das Organizações Associativas de Pentecoste (COAMP) e Programa de Educação em Células Cooperativas (PRECE). Em parceria com a Fundação Konrad Adenauer, o projeto será realizado pela ADEL, e tem como objetivo contribuir com o fortalecimento das associações comunitárias filiadas a UAVRC.

O projeto visa à construção de uma rede social para discussão e implementação de ações que promovam o desenvolvimento político, social e econômico das comunidades rurais do município de Pentecoste. O evento contou com a participação de lideranças de 11 comunidades, integrantes da ADEL, representantes do Núcleo de Psicologia Comunitária da UFC (NUCOM), COAMP, PRECE e Konrad Adenauer.

Na ocasião, Edilson Costa, coordenador do projeto, apresentou as metas, atividades e resultados que se esperam alcançar. Os principais são: fortalecimento das associações a partir da atuação em rede; associações sendo bem geridas em seus aspectos técnico, financeiro e administrativo de forma transparente e democrática; construção de uma rede de capital social e político capaz de promover o crescimento econômico e o desenvolvimento humano integrado de forma sustentável.

A execução do projeto se dará a partir de um levantamento das atividades sócio organizativas já existentes nas organizações, mediante visitas às comunidades rurais para conhecer os potenciais humanos presentes. Em cada associação serão realizados cursos de capacitação, entrevistas, exposições dialogadas, oficinas e reuniões. Angela Küster, representante da Fundação Konrad Adenauer, acredita que o projeto terá bons resultados: “o encontro em Irapuá foi bom, teve muita participação em pleno domingo”.

Lançado Projeto Organização e Gestão Comunitária

No dia 21 de junho de 2009, na sede provisória da União das Associações do Vale do Rio Canindé (UAVRC), em Irapuá, foi lançado o Projeto Organização e Gestão Comunitária, com o apoio da UAVRC, Central das Organizações Associativas de Pentecoste (COAMP) e Programa de Educação em Células Cooperativas (PRECE). Em parceria com a Fundação Konrad Adenauer, o projeto será realizado pela ADEL, e tem como objetivo contribuir com o fortalecimento das associações comunitárias filiadas a UAVRC.

O projeto visa à construção de uma rede social para discussão e implementação de ações que promovam o desenvolvimento político, social e econômico das comunidades rurais do município de Pentecoste. O evento contou com a participação de lideranças de 11 comunidades, integrantes da ADEL, representantes do Núcleo de Psicologia Comunitária da UFC (NUCOM), COAMP, PRECE e Konrad Adenauer.

Na ocasião, Edilson Costa, coordenador do projeto, apresentou as metas, atividades e resultados que se esperam alcançar. Os principais são: fortalecimento das associações a partir da atuação em rede; associações sendo bem geridas em seus aspectos técnico, financeiro e administrativo de forma transparente e democrática; construção de uma rede de capital social e político capaz de promover o crescimento econômico e o desenvolvimento humano integrado de forma sustentável.

A execução do projeto se dará a partir de um levantamento das atividades sócio organizativas já existentes nas organizações, mediante visitas às comunidades rurais para conhecer os potenciais humanos presentes. Em cada associação serão realizados cursos de capacitação, entrevistas, exposições dialogadas, oficinas e reuniões. Angela Küster, representante da Fundação Konrad Adenauer, acredita que o projeto terá bons resultados: “o encontro em Irapuá foi bom, teve muita participação em pleno domingo”.

ADEL recebe a visita do analista de projetos da BrazilFoundation

No dia 20 de junho de 2009, a diretoria da ADEL, juntamente com as entidades parceiras, Instituto SeSeMar e COAMP, receberam a visita do analista de projetos da BrazilFoundation, Gláucio Gomes.


O encontro foi bastante proveitoso para os presentes, pois se discutiu a importância da Organização da Cadeia Produtiva da Caprinovinocultura no Médio Curu, analisando o perfil da região para o desenvolvimento desta cadeia e as possibilidades da execução do projeto intitulado “Estruturação e Difusão da cadeia produtiva da caprinovinocultura de corte”, enviado para o edital da BrazilFoundation 2009.

Após a reunião na sede da COAMP em Pentecoste, Gláucio Gomes, visitou a propriedade do agricultor Gilberto Bezerra, em Canafístula, que é um dos nove produtores participantes da Célula Social Produtiva de caprinovinocultura de corte.

Em 2008, a BrazilFoundation apoiou o projeto Célula Social Produtiva, uma experiência que trabalha junto aos agricultores locais, visando elevar a produtividade.