ADEL participa de oficina promovida pela Rede de Tecnologia Social

A Rede de Tecnologia Social (RTS) prepara Espaço Aberto de Conhecimento, uma plataforma virtual que estará disponível no seu portal e cuja finalidade será disponibilizar um banco permanente de Tecnologias Sociais e novas ferramentas de colaboração e construção coletiva do conhecimento.

Tecnologia Social compreende produtos, técnicas ou metodologias, reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que devem representar efetivas soluções de transformação social.

No último dia 09 de março, a Rede de Tecnologia Social promoveu uma oficina com as organizações do Ceará que difundem e reaplicam Tecnologias Sociais, notadamente aquelas associadas à RTS. Na ocasião, a ADEL foi representada pelo seu Diretor Executivo, Wagner Gomes.

“O objetivo do encontro foi fazer o registro das primeiras Tecnologias Sociais que integrarão o Espaço Aberto, com vistas a disponibilizar este conhecimento à sociedade brasileira de forma simples, objetiva e sistematizada” afirma Bel Miranda da Secretaria Executiva da RTS.

A RTS reúne, organiza, articula e integra um conjunto de instituições com o propósito de contribuir para a promoção do desenvolvimento sustentável mediante a difusão e a reaplicação em escala de Tecnologias Sociais.

Representantes da ADEL visitam o CEDEJOR de Santa Catarina


O Programa Empreendedorismo do Jovem Rural – PEJR é uma tecnologia social voltada para jovens de 16 a 29 anos, desenvolvida pelo Instituto Sousa Cruz (ISC) em parceria com o Centro de Empreendedorismo do Jovem Rural (CEDEJOR) nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O programa dedica-se ao desenvolvimento integral da juventude do campo na busca de formas sustentáveis de geração de renda para a melhoria da qualidade de vida das comunidades rurais.

Entre os dias 01 e 05 de março, Wagner Gomes, diretor executivo da ADEL e Adriano Batista, diretor técnico, visitaram o CEDEJOR de Santa Catarina com o objetivo de conhecer a experiência da entidade, entender o funcionamento do programa no dia-a-dia, visitar os Agentes de Desenvolvimento Rural (ADR’s) e saber como eles estão depois de formados. O CEDEJOR de Santa Catarina passa por uma reestruturação orientada por professores da Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, que deseja expandir o programa para outros estados.

A visita dos representantes da ADEL é parte das etapas de expansão do PEJR para o Ceará. “A visita me impressionou bastante, as alternâncias funcionam no meio rural, as atividades são bem planejadas, os educadores são experientes, os jovens são motivados, envolvidos nas atividades, dispostos a compartilhar sonhos, experiências e a buscar a transformação da realidade local”, conta Adriano Batista. “Os que já passaram pelo programa estão fazendo a diferença. Tive a oportunidade de conversar com José Luiz e Evandro, ADR’s, e pude constatar que o programa surte resultados positivos tanto para o ADR como para a comunidade” ressalta Wagner Gomes.

Feira de Agricultura Familiar e meliponicultor de Apuiarés recebem visita da Consultora Externa da Comissão Europeia

Os feirantes da Feira da Agricultura Familiar de Apuiarés receberam no último dia 03 de março, a visita de Nathalie Frere, consultora externa da Comissão Europeia, que veio ao Ceará monitorar os projetos apoiados pela comissão. Estavam presentes Angela Kuester da Fundação Konrad Adenauer, Junior Barroso, Secretário de Agricultura de Apuiarés, Idavan Vieira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apuiarés (STTR) e Helano Luz, técnico da ADEL.

Na ocasião, Aurigele Barbosa, Gerente de Programa de Agroecologia da ADEL organizou a entrega dos certificados do Curso de Organização de Feiras Agroecológicas.

“A feira é uma oportunidade de valorizar nossos produtos e divulgar o que já aprendemos sobre agroecologia,” afirma a senhora Marilac, uma das feirantes da comunidade de Boa Vista, Apuiarés.

Após a visita à feira, o grupo se deslocou até a comunidade de Lagoa das Pedras para conhecer a experiência de meliponicultura desenvolvida por Everardo Moreira, jovem empreendedor do setor.
Apesar da boa produtividade, faltam equipamentos para beneficiamento do mel e aumento no atendimento de demandas maiores.

Apicultores e instituições parceiras discutem projetos de apicultura no município de Tejuçuoca

No dia 26 de fevereiro, os apicultores e apicultoras das comunidades de Malaquias e Riacho das Pedras, Tejuçuoca, estiveram reunidos para discutir sobre os novos projetos da cadeia produtiva da apicultura nas referidas comunidades. Na ocasião, relataram as dificuldades enfrentadas no setor. Segundo eles, falta assessoria técnica e estratégias para a comercialização do mel. Estavam presentes cerca de 20 apicultores e apicultoras, além da equipe da ADEL, Nonato Nunes, técnico, Anderson Vieira, gerente do Programa de Apicultura e Wagner Gomes, diretor executivo da agência, Carla e Joelice, tecnólogas da Prefeitura Municipal de Tejuçuoca e Jeânia Gomes agente de desenvolvimento do Banco do Nordeste.

São parceiros na execução dos projetos: ADEL, Banco do Nordeste e Prefeitura Municipal de Tejuçuoca.

Seminário de Agroecologia e Segurança Alimentar: fruto da parceria entre ADEL e Fundação Konrad Adenauer

A ADEL juntamente com a Fundação Konrad Adenauer, idealizadores da feira agroecológica, sentindo a necessidade de reorganizar o movimento das feiras, mobilizou produtores e feirantes agroecológicos para avaliar, discutir e planejar as atividades para o ano de 2010 no Seminário de Agroecologia e Segurança Alimentar.

O encontro aconteceu no dia 25 de fevereiro, na sede do Sindicato do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Apuiáres (STTRA) e contou a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente (SEDERMA). Estiveram presentes no seminário, Aurigele Barbosa, gerente do Programa Agroecologia e Adriano Batista, diretor técnico, ambos da ADEL.

ADEL e Fundação Konrad Adenauer assessoram planejamento da UAVRC

No dia 21 de fevereiro, aconteceu na comunidade rural de Irapuá, Pentecoste, o II Encontro de Planejamento Estratégico e Operacional da União das Associações do Vale do Rio Canindé – UAVRC. Esta organização é uma importante rede social composta por 13 entidades associativas que lutam por melhorias para as comunidades rurais do distrito de Matias, em Pentecoste, Ceará.

O planejamento das ações faz parte do Projeto Gestão e Organização Comunitária desenvolvido desde 2009, através da parceria entre ADEL, UAVRC, Fundação Konrad Adenauer e co-financiado pela União Européia. O projeto é coordenado pelo pedagogo Edilson da Costa. O encontro foi facilitado por Wagner Gomes, diretor executivo e por Adriano Batista diretor técnico, ambos da ADEL.

Na ocasião, foi realizada uma análise sobre a situação organizacional das associações comunitárias que atualmente compõem essa rede social, com destaque para o número de comunidades atendidas, números de associados, projetos desenvolvidos, números de beneficiados e a situação atual dos referidos projetos e suas principais demandas. No planejamento foram construídas metas, ações e definidas as atividades para o biênio 2010 e 2011.

ADEL fortalece a apicultura em Pentecoste com a aprovação de 02 projetos junto ao Banco do Nordeste

Os projetos intitulados “Colmeia: estruturação da cadeia produtiva do mel na comunidade de Três Lagoas em Pentecoste – Ceará” e “Apicultura Integrada e Sustentável no município de Pentecoste” foram aprovados pela ADEL junto ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB). O primeiro projeto será executado em parceria com a Associação dos Apicultores de Três Lagoas e o segundo com a Associação Comunitária dos Apicultores de Vila Nova – Serrota, conta com o apoio do Centro Vocacional Tecnológica (CVT), Fundação Konrad Adenauer e da Prefeitura Municipal de Pentecoste.

As principais ações dos projetos serão: capacitação dos apicultores em técnicas modernas de produção, beneficiamento, empreendedorismo, associativismo, organização, estruturação de cadeia produtiva, custo de produção e a construção de uma casa de processamento de mel na comunidade de Vila Nova Serrota.

“Esperamos que esta ação contribua para o aumento da produtividade e rentabilidade da apicultura nas comunidades atendidas por meio da organização e estruturação da cadeia produtiva do mel, gerando trabalho e elevando o nível de renda dos apicultores de Pentecoste” declara Anderson Vieira, zootecnista e coordenador dos projetos.

Inicia-se o Curso Formação de Jovens Empreendedores Rurais

Iniciou-se nos dias 20 e 21 de fevereiro, na Fazenda Experimental Vale do Curu da UFC, Pentecoste, o Curso Formação de Jovens Empreendedores Rurais que tem o objetivo de desenvolver o empreendedorismo socioeconômico de jovens através da qualificação em empreendedorismo na perspectiva da valorização, profissionalização dos jovens e melhoria da renda no meio rural

O primeiro dia do curso contou com a participação do diretor executivo da ADEL, Wagner Gomes, do diretor técnico Adriano Batista e do Secretário de Agricultura de Tejuçuoca, Sr. Paulo César. Na ocasião, o presidente da ADEL ressaltou a importância do trabalho da agência junto aos jovens da microrregião: “O jovem é importante como ator social nas comunidades, por isso, estamos promovendo essa formação com foco em empreendedorismo rural”

O módulo I teve como tema: Juventude e Participação Comunitária, foi orientado pelas facilitadoras Evilene Abreu e Aurenir Luz, com apoio de Aurigele Barbosa e Dilma Marinho, da ADEL. Os dois dias foram marcados por dinâmicas, debates em grupo e intensa participação dos jovens com relatos sobre suas experiências na comunidade. “O encontro foi muito produtivo, conheci pessoas legais e gostei muito da forma como nos apresentaram os conteúdos” avalia Romildo, jovem bolsista do Programa Municipal Bolsa Bode de Tejuçuoca.

Participaram do módulo I, 26 jovens dos municípios de Apuiarés, Pentecoste e Tejuçuoca, o curso é constituído de três módulos e faz parte do Programa Jovens Empreendedores Rurais desenvolvido pela ADEL em parceria com a Fundação Konrad Adenauer e co-financiado pela União Europeia.

ADEL lança VALENUTRI – minifábrica de ração, em Pentecoste



No último dia 06 de fevereiro, foi lançada em Pentecoste, a VALENUTRI – minifábrica de ração para ovinos, caprinos e bovinos. O evento contou com a presença dos presidentes das associações filiadas à Central das Organizações Associativas do Município de Pentecoste – COAMPE, do presidente do Conselho de Desenvolvimento Territorial dos Vales do Curu e Aracatiaçu – CDT e do secretário de agricultura de Apuiarés, Júnior Barroso. A VALENUTRI é resultado do projeto Estruturação da cadeia produtiva da caprinovinocultura, será acompanhada por um zootecnista e um agrônomo, técnicos da ADEL e conta com o apoio da COAMPE, BrazilFoundation e CDT . Através da oferta de ração balanceada a preço justo e do sistema de troca solidária, a VALENUTRI pretende facilitar o acesso dos criadores da microrregião a uma alimentação de qualidade para que se obtenha animais melhores terminados.

SEMANA DE CAPACITAÇÃO EM APICULTURA EM TRÊS LAGOAS – PENTECOSTE

Na semana de 01 a 05 de fevereiro, foi realizada a Capacitação de Manejo Básico em Apicultura para 22 apicultores da Associação dos Apicultores da Comunidade de Três Lagoas – ACAPI no município de Pentecoste.

Durante os encontros aconteceram aulas teóricas e práticas, nas aulas práticas foram feitas visitas a apiários dos próprios apicultores e captura de enxames na comunidade. A capacitação faz parte do projeto de Estruturação da cadeia produtiva do mel na comunidade Três Lagoas e foi ministrada pelo Centro de Vocação Tecnológico – CVT.

A ação é uma iniciativa da ADEL, financiada pelo Banco do Nordeste e conta com a parceria da Associação dos Apicultores da Comunidade de Três Lagoas – ACAPI, Prefeitura Municipal de Pentecoste, Fundação Konrad Adenauer, Ematerce e CVT.