Inicia-se o Curso Formação de Jovens Empreendedores Rurais

Iniciou-se nos dias 20 e 21 de fevereiro, na Fazenda Experimental Vale do Curu da UFC, Pentecoste, o Curso Formação de Jovens Empreendedores Rurais que tem o objetivo de desenvolver o empreendedorismo socioeconômico de jovens através da qualificação em empreendedorismo na perspectiva da valorização, profissionalização dos jovens e melhoria da renda no meio rural

O primeiro dia do curso contou com a participação do diretor executivo da ADEL, Wagner Gomes, do diretor técnico Adriano Batista e do Secretário de Agricultura de Tejuçuoca, Sr. Paulo César. Na ocasião, o presidente da ADEL ressaltou a importância do trabalho da agência junto aos jovens da microrregião: “O jovem é importante como ator social nas comunidades, por isso, estamos promovendo essa formação com foco em empreendedorismo rural”

O módulo I teve como tema: Juventude e Participação Comunitária, foi orientado pelas facilitadoras Evilene Abreu e Aurenir Luz, com apoio de Aurigele Barbosa e Dilma Marinho, da ADEL. Os dois dias foram marcados por dinâmicas, debates em grupo e intensa participação dos jovens com relatos sobre suas experiências na comunidade. “O encontro foi muito produtivo, conheci pessoas legais e gostei muito da forma como nos apresentaram os conteúdos” avalia Romildo, jovem bolsista do Programa Municipal Bolsa Bode de Tejuçuoca.

Participaram do módulo I, 26 jovens dos municípios de Apuiarés, Pentecoste e Tejuçuoca, o curso é constituído de três módulos e faz parte do Programa Jovens Empreendedores Rurais desenvolvido pela ADEL em parceria com a Fundação Konrad Adenauer e co-financiado pela União Europeia.

ADEL lança VALENUTRI – minifábrica de ração, em Pentecoste



No último dia 06 de fevereiro, foi lançada em Pentecoste, a VALENUTRI – minifábrica de ração para ovinos, caprinos e bovinos. O evento contou com a presença dos presidentes das associações filiadas à Central das Organizações Associativas do Município de Pentecoste – COAMPE, do presidente do Conselho de Desenvolvimento Territorial dos Vales do Curu e Aracatiaçu – CDT e do secretário de agricultura de Apuiarés, Júnior Barroso. A VALENUTRI é resultado do projeto Estruturação da cadeia produtiva da caprinovinocultura, será acompanhada por um zootecnista e um agrônomo, técnicos da ADEL e conta com o apoio da COAMPE, BrazilFoundation e CDT . Através da oferta de ração balanceada a preço justo e do sistema de troca solidária, a VALENUTRI pretende facilitar o acesso dos criadores da microrregião a uma alimentação de qualidade para que se obtenha animais melhores terminados.

SEMANA DE CAPACITAÇÃO EM APICULTURA EM TRÊS LAGOAS – PENTECOSTE

Na semana de 01 a 05 de fevereiro, foi realizada a Capacitação de Manejo Básico em Apicultura para 22 apicultores da Associação dos Apicultores da Comunidade de Três Lagoas – ACAPI no município de Pentecoste.

Durante os encontros aconteceram aulas teóricas e práticas, nas aulas práticas foram feitas visitas a apiários dos próprios apicultores e captura de enxames na comunidade. A capacitação faz parte do projeto de Estruturação da cadeia produtiva do mel na comunidade Três Lagoas e foi ministrada pelo Centro de Vocação Tecnológico – CVT.

A ação é uma iniciativa da ADEL, financiada pelo Banco do Nordeste e conta com a parceria da Associação dos Apicultores da Comunidade de Três Lagoas – ACAPI, Prefeitura Municipal de Pentecoste, Fundação Konrad Adenauer, Ematerce e CVT.

Ismael Ferreira, diretor executivo da APAEB compartilha experiência exitosa da associação baiana

No último dia 30 de janeiro, aconteceu na localidade de Cipó, Pentecoste/CE, a palestra do diretor executivo da APAEB (Associação de Desenvolvimento Sustentável e Solidário da Região Sisaleira), Sr. Ismael Ferreira que veio compartilhar sua experiência sobre economia solidária na produção de sisal no município de Valente – Bahia, para os presidentes das associações filiadas à UAVRC (União das Associações do Vale do Rio Canindé), integrantes da ADEL, precistas e comunidade local.

A APAEB existe há 30 anos e é referência na organização econômica e social gerando atualmente, mais de 500 empregos diretos e movimentando milhões de reais na economia local, em forma de salários e compra de matéria-prima dos agricultores, a APAEB Valente luta pelo desenvolvimento sustentável da região sisaleira, mantendo o homem no campo em condições dignas de vida.

“Somente a junção da educação e da economia solidária produz um desenvolvimento igualitário”, ressalta Ismael Ferreira. Após a palestra, formou se uma mesa de debate com a participação do Sr. Bartolomeu Cavalcante, Coordenador do Desenvolvimento Territorial e Combate à Pobreza Rural da SDA, Maurício Holanda – Secretário Adjunto de Educação do Estado do Ceará, Alberto Teixeira da Escola de Formação de Governantes e Wagner Gomes, diretor executivo da ADEL.

Na ocasião, foram discutidas questões sobre desenvolvimento econômico, social e político das regiões semiáridas e a plateia participou com perguntas para os integrantes da mesa e o palestrante do dia. Além disso, foi lançada a reportagem sobre o PRECE na Revista NE vinte e um, cujo representante Sr. Francisco Bezerra esteve presente.

No período da tarde, ainda com o Sr. Ismael, o grupo se reuniu para mais esclarecimentos sobre a experiência da instituição baiana.

ADEL participa do lançamento do projeto Bolsa Bode em Tejuçuoca-CE


A Prefeitura Municipal de Tejuçuoca lançou, no ultimo dia 12, um projeto que visa a melhoria do rebanho de caprinos e ovinos na região, é o Bolsa Bode. São 20 jovens do município que foram selecionados por meio de uma série de fatores, entre eles fazer parte do mundo rural e ter capacidade e desejo de crescer na atividade.

Durante o período de um ano, eles receberão uma bolsa de R$ 100, dez caprinos ou ovinos, além de um reprodutor, e ainda o primeiro ano de assistência técnica direta. Dessa forma, os jovens serão avaliados e terão chance de começar seu primeiro negócio.

“A intenção é preparar os jovens dessas famílias para se tornarem produtores da caprinovinocultura e ainda garantir a compra do leite e da carne para complementar a merenda escolar do município”, disse o prefeito Edilardo Eufrásio da Cruz.

“Tem que fazer os cursos de capacitação, tem que construir um cercado, manter os animais vacinados, num ambiente limpo, plantar capim para a alimentação. Quem não cumprir, perde”, explica o prefeito. Segundo ele, serão investidos R$ 200 mil para a implantação do projeto, que deve ter parcerias com o governo federal e estadual.

Na ocasião, estiveram presentes representantes de várias entidades parceiras da Prefeitura Municipal de Tejuçuoca, entre elas, a ADEL, representada na ocasião pelo seu diretor executivo, Wagner Gomes.

ADEL: realizações de 2009 e perspectivas para 2010

Para dar início a mais um ano de trabalho, a ADEL faz uma análise de suas ações até agora e prepara-se para 2010 com novas diretrizes e planos. Juntamente com parceiros e beneficiários, a expectativa é que o resultado seja satisfatório. Atuação e parceiras
Em 2009, foram realizadas importantes parcerias que esperamos serem fortalecidas em 2010. A assessoria esteve presente com palestras, dia de campo e cursos, além das visitas técnicas nas comunidades, junto aos produtores. Os espaços de comercialização foram ampliados através das feiras e eventos como a Festa do Mel em Riacho do Paulo, Apuiarés. Além dos municípios já atendidos, Umirim também será contemplado com um projeto na área de ovinocaprinocultura. Mudanças institucionais No dia 14 de novembro de 2009, ocorreu a eleição da nova diretoria que assume suas funções a partir deste mês de janeiro e é composta pelos diretores: Wagner Gomes, Diretor Executivo – Adriano Batista Alves, Diretor Técnico – Mirlânia Bezerra, Diretora Financeira e Evilene Abreu, Diretora de Comunicação e Marketing. Para o Conselho Fiscal foram eleitos Hélio Pires, Ana Carla Firmiano e Cristiano de Sousa. Novas perspectivas
Em 2010, a ADEL continuará a atuar nas áreas de ovinocaprinocultura, apicultura, agroecologia e jovens empreendedores, além disso, estará cada vez mais perto de seus beneficiários com a abertura de um escritório em Pentecoste, sede da agência. “É importante estarmos cada vez mais perto dos produtores, afinal o sucesso de nossas ações é fruto de uma grande parceria entre o trabalho de quem está no campo e a orientação dos técnicos da ADEL,” ressalta Wagner Gomes, diretor executivo da agência.

Reportagem sobre a ADEL no Boletim Jovens em Campo – Instituto Souza Cruz

O Boletim Jovens em Campo do Instituto Sousa Cruz traz em sua edição de n° 15, uma reportagem sobre a atuação da ADEL. Sob o título “Desenvolvimento Sustentável no Médio Curu” o texto fala sobre as áreas de abragência, os recursos humanos envolvidos e destaca a capacidade de transformação da agência naquela região.

Além das informações, a imagem que ilustra a reportagem mostra a atividade apícola, uma das atividades desenvolvidas pela ADEL. A frase que encerra a matéria faz um breve resumo do trabalho já realizado pela ADEL. “Em pouco mais de três anos de atividades, estamos conseguindo mudar a realidade local, criando novas oportunidades para jovens, agricultores e as comunidades dos municípios”, complementa Wagner, diretor executivo da agência.

Para acessar o boletim, acesse o site: http://www.institutosouzacruz.org.br/

ADEL implanta mini-fabrica de Ração em Pentecoste


A Agência de Desenvolvimento Econômico Local com apoio da Central das Organizações Associativas de Pentecoste, do Conselho de Desenvolvimento Territorial dos Vales do Curu e Aracatiaçu e da BrazilFoundation implantou no município de Pentecoste uma mini-fabrica de produção de ração.

A mini-fábrica faz parte do projeto Estruturação da Cadeia Produtiva de Caprinos e Ovinos na microrregião do Médio Curu apoiado pela BrazilFoundation, Banco do Nordeste do Brasil (Programa Nordeste Territorial) e Prefeituras de Pentecoste, Tejuçuoca e Umirim.

A mini-fabrica de ração é uma tecnologia social que permitirá o fortalecimento da agricultura familiar na região. A tecnologia fortalecerá o setor de processamento, com a introdução de equipamentos e processo que possibilitam a inserção de pequenos produtores e associações comunitárias com a compra de milho e a oferta de uma ração de qualidade.

Já estão sendo fabricadas rações para bovinos de leite, caprinos e ovinos. Em breve acontecerá a inauguração da mini-fábrica e a venda dos produtos. Para Anderson Vieira, Zootecnista e coordenador do projeto, “a mini-fábrica de ração irá gerar produtos que trarão benefícios no tocante ao crescimento e desenvolvimento dos animais, aumentando sua qualidade e produtividade, gerando uma maior renda para os produtores e desenvolvimento da região”.

ADEL E BRAVO YOUTH FOUNDATION FIRMAM PARCERIA

A Bravo Youth Foundation (BRAVO) é uma organização não governamental que investe e apóia em programas de educação dirigidos a crianças e jovens. Os investimentos estão voltados, prioritariamente, a ações desenvolvidas em áreas rurais do sertão nordestino. A Bravo está sediada em Los Angeles, Califórnia, e é representada no Brasil pela Rummos Assessoria Pesquisa e Avaliação, entidade sediada no Rio de Janeiro e parceira da ADEL desde sua fundação em 2007.

A Bravo Youth Foundation tem como missão investir em programas sociais educativos que possam contribuir para o desenvolvimento pessoal, social e cultural dos jovens no sertão brasileiro.

Ao investir em iniciativas que melhorem a qualidade da educação oferecida no Sertão brasileiro, a Bravo Youth Foundation espera ajudar a formar uma nova geração de jovens conscientes, conscientes de seu papel como agentes de transformação social.

A Fundação também acredita que o crescimento pessoal e cultural dos jovens é fundamental para o desenvolvimento social e econômico de suas comunidades por isso investe nas ações da ADEL.

A BRAVO lançou uma campanha nos EUA com o seguinte tema: “O Sertão brasileiro tem muitos desafios, mas também oportunidades valiosas para o desenvolvimento.”

Para saber mais sobre a Bravo Youth Foundation, acesse: www.bravofoundation.org

ADEL e AFAM realizam Fórum Cearense de Agroecologia

Promover a articulação de diversas iniciativas, entidades e agricultores familiares com o fim de fortalecer as práticas técnico-profissionais por meio da troca de experiências e o intercâmbio de forma permanente é o objetivo central do Fórum Cearense de Agroecologia, que será realizado nos próximos dias 27 e 28, no Centro de Ciências Agrárias (CCA), da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza.

De agosto a outubro deste ano foram realizados três fóruns territoriais de Agroecologia, no Sertão Central, Vale do Curu e Aracatiaçu e Maciço de Baturité, com o objetivo de construir o Fórum Estadual inicialmente a partir das regiões onde atua o Projeto Agricultura Familiar, Agroecologia e Mercado (AFAM), coordenado pela Fundação Konrad Adenauer com cofinanciamento da União Européia, em parceria com o Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará (CCA/UFC) e as organizações não governamentais (ONGs) Núcleo de Iniciativas Comunitárias (NIC), Instituto Sesemar e Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL). O evento conta com o apoio da Associação Científica de Estudos Agrários (ACEG), do Banco do Nordeste (BNB) e do Instituto Agropolos.

Nos três fóruns territoriais foram discutidas as estratégias para o fortalecimento da agricultura familiar agroecológica e o desenvolvimento rural sustentável; e nos encontros da Juventude Rural, os jovens estavam inseridos nas discussões estratégicas sobre Agroecologia e desenvolvendo estratégias com enfoque no empreendedorismo solidário com jovens. Os resultados dos três eventos serão apresentados e colocados em discussão no Fórum Estadual para o encaminhamento das propostas. Esta articulação estará aberta para representantes de outros territórios que desejem se integrar no Fórum Cearense de Agroecologia.

Inscrições: agroecologia@agroecologia.inf.br
Mais informações:
Projeto AFAM – (85) 3261.8478
Angela Küster – coordenadora geral (85) 91890964
Jaime Ferré Martí – coordenador técnico (85) 91890959