Jovens realizam atividades em prol da Campanha Outubro Rosa

No período de 26 a 30 de outubro, a Adel realizou as atividades do 4º módulo do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do Programa Jovem Empreendedor Rural.

Durante toda esta semana foram muitas as atividades realizadas, a formação se aproxima da reta final e os jovens se dedicam ao máximo para concluir toda a programação.

Apesar de tantas atividades estes jovens se mobilizaram e realizaram um momento de conscientização sobre A Campanha “Outubro Rosa”.

Vitória Rodrigues e Hélica Sales, jovens atendidas pelo programa.

Realizaram uma apresentação com dinâmicas, vídeos aulas e confecção do símbolo da campanha, onde toda a turma participou e pode conhecer mais sobre esta causa tão importante que tem mobilizado todo o país.

Francisco Bruno, jovem atendido pelo programa.

O “Outubro Rosa” é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Esta campanha acontece com mais intensidade no mês de outubro e tem como símbolo o laço cor de rosa.

Rayane Andrade e Jaqueline Soares, jovens atendidas pelo programa.

“É muito importante nos conscientizarmos sobre esta causa, aprender mais sobre ela e passar isso para o próximo, qualquer mulher e qualquer homem que ama uma, estão sujeitos a passar pela a tristeza que é ter uma doença como essa. Nossa turma aprendeu que quem se ama e ama, cuida”. Enfatiza Jaqueline Soares, jovem atendida pelo programa.

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é desenvolvido pela Adel com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Jovens do território participam da VI Jornada Nacional do Jovem Rural

Cerca de 300 jovens de áreas rurais de todas as regiões do Brasil estiveram reunidos, de 19 a 22 de outubro, na VI Jornada Nacional do Jovem Rural, em Nova Friburgo (RJ). Do Ceará, 27 jovens do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) desenvolvido pela Adel estiveram no evento.

Organizado pela Rede Jovem Rural e liderada pelo Instituto Souza Cruz, o encontro reuniu jovens e educadores ligados a 14 organizações que trabalham com jovens rurais. Este ano o tema abordado na jornada foi Cultura e Cidadania nos Territórios Rurais.

Composta por oficinas, apresentações culturais, feira de produtos regionais e visitas às experiências rurais da região o evento discutiu o espaço rural como um lugar de cultura e arte. Os painéis e todas as atividades da jornada priorizaram o fortalecimento do jovem no campo, compreendendo que é necessário a existência de políticas públicas para essa juventude que quer ter acesso a renda, mas também a educação, a arte e a cultura.

Grupo cultural de Nova Friburgo (RJ).

Durante a programação, os jovens realizaram rodas de conversas e de músicas regionais. A cada dia eles expressavam suas culturas e interagiam entre si. Para o gerente do Instituto Souza Cruz, Allan Grabarz, a maioria dos jovens se tornam lideranças locais após participar da jornada. “Cada um tem a responsabilidade de voltar para sua cidade e apresentar o que aprendeu. Eles adquirem autonomia para criar”, contou.

O evento motivou os jovens a seguir os seus projetos de vida. Ao conhecerem jovens de várias regiões que acreditam que o meio rural é um lugar de muitas oportunidades, eles percebem que não estão sozinhos. Segundo Heitor Vieira, jovem integrante da Adel, a jornada lhe impulsionou a continuar atuando em sua comunidade. “A VI jornada foi um incentivo muito grande na minha vida, amadureci mais, tanto como pessoa quanto membro da minha comunidade. Me sinto renovado, cheio de expectativas e totalmente disposto a enfrentar desafios com muita coragem e como jovem rural”, afirma.

Heitor Vieira, Elizeu Matos, Joy Bruno, Raquel Soares, Lea Soares, Gaby Santos, Bergson Batista, Francisca Maria e Luis Siqueira, jovens da Caravana Adel/Ceará na festa de confraternização da jornada, (da esquerda para a direita).

A VI Jornada teve a produção da Baluarte Cultura e patrocínio do Governo do Rio de Janeiro, da Secretaria de Estado de Cultura e da Souza Cruz. Todo o material utilizado na cenografia do evento era sustentável, com a aplicação de tintas orgânicas, madeiras de demolição e tecidos reaproveitados.

Mais informações sobre o evento: http://www.jovemrural.com.br/index.php/category/jornada-nacional-do-jovem-rural/

Fundo Veredas amplia o número de jovens beneficiados

Quatorze jovens egressos do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) foram beneficiados com crédito do Fundo Veredas, estratégia da Adel para apoiar empreendimentos de jovens rurais no semiárido cearense.

A Adel acredita que o apoio financeiro aos jovens após participarem do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios é fundamental para ampliação ou implementação dos negócios. Sem nenhum recurso financeiro o jovem fica impossibilitado de iniciar seu empreendimento.

Desse modo, por meio do Fundo Veredas, os jovens tem acesso aos recursos financeiros necessários e são assessorados pela equipe da Adel. Nesta etapa, são identificadas as oportunidades de ampliação da renda dos jovens e acontece o intercâmbio entre as experiências dos participantes do Programa.

Helano Luz, diretor financeiro da Adel e Luciana Aguiar, jovem beneficiada pelo programa. 

A assessoria da Adel aos jovens acontece antes e após o acesso ao crédito. Os quatorze jovens que receberam crédito por exemplo, tiveram apoio na elaboração de seus planos de negócios. Através do plano eles analisaram as oportunidades do mercado e decidiram em qual área empreender. Nesta análise, os jovens concluíram que as áreas de serviços, agrícola e comércio são potenciais em seus municípios. Onze jovens investirão na área de serviços, três na agrícola e um no comércio.

“O recebimento do crédito é o ponto de partida da realização de um sonho que há seis meses venho planejando. A formação nos direciona na escolha e na sistematização de ideias para abrir o negócio, e a linha de crédito ajuda na concretização destes planos. Estou muito feliz e ansiosa pra começar a colocar tudo em prática”, relata Ana Maria, jovem beneficiada que implementará um mercearia na sua comunidade.

Benedito Barbosa, jovem beneficiado pelo programa que implantará um negócio na área de avicultura.
O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é desenvolvido pela Adel com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Jovem cria oficina metalúrgica

Patrícia Rocha da Silva, 27 anos, natural de São Gonçalo do Amarante/Ceará, filha do pedreiro e agricultor, Joaquim Lima e da dona de casa, Selma da Rocha, aprendeu desde muito cedo o valor do trabalho.

Aos quatorze anos, apenas com o fundamental completo, ela começou a prestar serviços domésticos em casas de famílias da comunidade para ajudar sua família. Mesmo com o pai trabalhando como pedreiro para complementar a renda, ela conta que na época não existia muitas demandas, pois a maioria das casas eram de taipe e barro.

“Como não tinha muito serviço na área, meu pai se dedicava mais a agricultura, mas devido algumas estiagens também teve que parar e se virá como podia, foi a partir disso que passei trabalhar e ajudar em casa”.

Durante cinco anos Patrícia se dedicou ao trabalho e ajudar sua mãe nas atividades domésticas. Sem grandes expectativas diante da realidade que vivia, conheceu Antônio Adelmo Araújo, 26 anos, com quem teve seus dois filhos Tâmia Émile e Ector Brayam, e decidiu morar na comunidade de São Luís do Curu, onde vivem até hoje.

Com os filhos ainda pequenos, Patrícia passou a cuidar das crianças e da própria casa. Adelmo começou a ajudar seu irmão em uma pequena oficina na restauração de portões e materiais de metal, alimentando um desejo de ter no futuro um pequeno negócio.

As dificuldades financeiras adiavam a realização do sonho compartilhado pelo casal. Certo dia, a caminho do colégio dos filhos, Patrícia ouviu a divulgação do curso realizado pelo Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) da Adel e não hesitou em buscar informações e fazer sua inscrição. De imediato, ela viu que o PJER era uma oportunidade de investir no sonho da sua família.

O casal Patrícia e Adelmo na oficina metalúrgica

Em 2014, ela participou do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do PJER, e após a formação, acessou uma linha de crédito do Fundo Veredas, uma estratégia da Adel para apoiar a abertura e o desenvolvimento de empreendimentos de jovens empreendedores rurais, e investiu em uma oficina metalúrgica com o seu companheiro.

Eles criaram a Metal do Vale há quatro meses e funcionam em um ponto comercial alugado em São Luís do Curu. Segundo Patrícia, todos os dias surgem demanda de serviços e a experiência de Adelmo juntamente com o seu conhecimento de gestão fortalece o empreendimento. Com este sonho realizado, Patrícia quer seguir novos passos, o primeiro é voltar a estudar, concluir o ensino básico e fazer um curso técnico na área.

“Foi um grande aprendizado tudo o que passei durante a formação da Adel, o conteúdo nos repassado não é só técnico, é muito humano também, os nossos professores são maravilhosos, e tudo isso mudou minha vida. Comecei a enxergar oportunidades que não via antes, e hoje juntamente com minha família estou colhendo os frutos do conhecimento, da dedicação e da fé de sempre acreditar em nossos sonhos”.

Patrícia Rocha é uma das jovens beneficiadas pelo Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) desenvolvido pela Adel, patrocinado pela Petrobras, e apoiado pela Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Programa da Adel é apoiado pelo Fundo Socioambiental Caixa

Na última sexta-feira (18/09), a Adel assinou um acordo financeiro com a Caixa Econômica Federal para desenvolver o Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) no Território do Vale do Curu. O PJER foi um dos 10 projetos selecionados na Chamada Pública 001/2014 do Fundo Socioambiental – Projetos Premiados ODM Brasil.

A proposta da Adel visa contribuir para inclusão socioprodutiva e permanência no campo dos jovens do Território do Vale do Curu, semiárido cearense, para que sejam atores de transformações sociais e econômicas positivas na agricultura familiar e promotores do desenvolvimento local sustentável e o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

Em 2014 a Adel foi uma das 30 organizações vencedores da 5ª edição do Prêmio ODM Brasil com o Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), o que nos credenciou a concorrer ao Edital da Fundo Socioambiental Caixa.

“Estamos bem felizes com a parceria com a Caixa, com certeza irá oportunizar o desenvolvimento de negócios de jovens empreendedores rurais no semiárido cearense”. Enfatiza Wagner Gomes, diretor executivo da Adel.

Jovens do Programa Jovem Empreendedor Rural visitam a Expoece

Os jovens do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) visitaram no dia 16 de setembro a 61ª edição da Expoece – Exposição Agropecuária Industrial do Ceará, em Fortaleza.

O objetivo da visita foi conhecer a Feira de Produtos Agropecuários e discutir sobre a comercialização de produtos de empreendedores e agricultores familiares. Embora os jovens ainda estejam cursando o segundo módulo do Curso, o tema comercialização já é pauta do módulo que acontece entre os dias 14 e 18 de setembro.

Ao fazerem o diagnóstico local das oportunidades de negócios para empreender, os jovens são motivados a pensar como se dará o processo de comercialização da produção. Alguns jovens do Programa Jovem Empreendedor (PJER) que concluíram o Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios já estavam na Feira expondo seus produtos.

Raíssa Duarte, jovem do PJER, compartilhando a experiência de participar da Feira

Raíssa Duarte e Vitor Esteves, juntamente com outros jovens do PJER comercializaram seus produtos na Expoece e continuam participando da Feira Agropecuária que acontece no Parque Governador Cesar Cals semanalmente. 

A visita à Feira foi uma das atividades da semana que possibilitou aos jovens conhecer como funciona os espaços de comercialização. “Foi muito importante a visita de estudo a Expoece, pois temáticas que aprendemos durante o curso se concretizam quando conhecemos experiências como essa”, afirmou Luzardo Abreu, jovem participante do Curso.
Vitor Esteves, Raíssa Duarte e Neto Ribeiro (da esquerda para direita) com a turma do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios
O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é desenvolvido pela Adel com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Adel recebe visita do Instituto Oi Futuro

Entre os dias 24 e 25/08, a Adel recebeu a visita de Flavia Vianna, Coordenadora da área de sustentabilidade do Instituto Oi Futuro. O objetivo da visita era conhecer as atividades dos projetos desenvolvidos pela Adel em parceria com Instituto Oi Futuro.

Sra. Patrícia, mãe de jovem atendido pela Adel; Sandra Macedo, Petrobras e Flavia Vianna, Instituto Oi Futuro. (Da esquerda pra direita)
 O roteiro da visita iniciou na segunda feira na aula inaugural do Programa Jovem Empreendedor Rural, onde Flávia falou da importância dos jovens participarem de projetos como este e do apoio do Instituto Oi Futuro para execução deles. Em seguida conheceu a sede da Adel em Pentecoste e por fim conheceu os empreendimentos de jovens atendidos pelo programa.

Propriedade de Gilderson Junior, primeiro a esquerda.
Gilderson Junior, jovem formado pelo PJER em 2014 foi um dos jovens que recebeu a visita de Flávia, apresentado seu negócio de Suinocultura. “É muito gratificante mostrar para parceiros da Adel como Instituto Oi Futuro o resultado da sua ajuda na nossa formação, tudo isso me deixa mais empolgado em saber que outras pessoas saberão da minha iniciativa de empreender”, enfatiza.
CIT da comunidade de Vila Soares – Apuiarés.

CIT da comunidade de Sítio do Meio – Pentecoste.

CIT da comunidade de Lagoa das Pedras – Apuiarés.

Na terça feira foram visitados os Centro Integrados de Tecnologias (CITs) das comunidades de Lagoa das Pedras e Vila Soares – Apuiarés e Sítio do Meio – Pentecoste. O CIT é um projeto desenvolvido pela Adel com o apoio do Instituto Oi Futuro que possibilita aos jovens o acesso às Tecnologias de Informações e Comunicação (TIC’s).

“A importância de apoiar projetos como estes é muito significativo, pois ajuda construir uma mudança de paradigma que envolve o espaço cidade – campo. De ver no meio rural uma alternativa ao desenvolvimento sustentável com planejamento e qualidade de vida. É assim que os jovens empreendedores da Adel tem se posicionado frente aos seus planos de vida e negócios”. Afirma Flavia Vianna, Coordenadora da área de sustentabilidade do Instituto Oi Futuro.

Através dos seus programas, o Instituto Oi Futuro apóia projetos desenvolvidos por organizações sociais de todo o país, que visam a melhoria da qualidade de vida, a promoção da diversidade, a acessibilidade e a inclusão social.

Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios inicia atividades

Trinta jovens de 16 a 32 anos fazem parte da 3ª turma do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios desenvolvido pelo Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), no município de São Gonçalo do Amarante, Ceará.

O Curso iniciou no dia 24 de agosto, no Centro de Formação do Jovem Rural na comunidade de Sororoca, em São Gonçalo do Amarante. Na ocasião, a equipe da Adel, os pais e parceiros desejaram boas vindas aos jovens.

Sandra Macedo, gestora do projeto na Petrobras; Flávia Vianna, do Instituto Oi Futuro, e a Sra. Patrícia, representando os pais dos jovens selecionados, juntamente com Helano Luz Lopes, diretor financeiro da Adel, participaram da mesa de abertura do curso.

Aurigele Alves, gerente programa da Adel; Sandra Macedo, gestora do projeto na Petrobras; Sra. Patrícia, representando os pais dos jovens selecionados; Flávia Vianna, Instituto Oi Futuro e Helano Luz, diretor financeiro da Adel. (Da esquerda para a direita).

O Curso tem duração de quatro meses e inclui oficinas de associativismo, cooperativismo, protagonismo, liderança, empreendedorismo, administração rural, gestão, técnicas produtivas, comercialização, negócios rurais, microfinanças, agregação de valor, cadeias produtivas, sustentabilidade ambiental, governança, participação em redes, arranjos produtivos locais (APLs) e plano de negócio.

Para o diretor financeiro da Adel, Helano Luz Lopes, a finalidade do curso é apresentar aos jovens conhecimentos e ferramentas para que eles possam empreender. “Nós acreditamos no potencial que os jovens têm de empreender e nos comprometemos com os jovens, pais e parceiros a contribuir com a formação de novos empreendedores no território. Além do acesso ao conhecimento, os jovens terão apoio financeiro para implantar os seus negócios e assessoria técnica e gerencial da Adel”, ressaltou.

Helano Luz Lopes, Diretor Financeiro da Adel, cumprimentando os jovens, pais e parceiros

As atividades do curso intercalam entre semanas presenciais no Centro de Formação e o período vivencial dos jovens em suas Unidades Familiares. A metodologia do programa insere o jovem no centro da aprendizagem, possibilitando que os mesmos construam a partir da sua realidade soluções criativas para desenvolver o seu território.

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é desenvolvido pela Adel com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Jovens do Programa Jovem Empreendedor Rural recebem primeira visita

 

Entre os dias 18 e 21/08, os assessores de formação da Adel visitaram as famílias dos jovens selecionados para o Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER).



A visita às famílias é considerada uma das atividades fundamentais para o desenvolvimento do Programa. Além de fortalecer o comprometimento da organização com a família dos jovens, é uma oportunidade para juntos apoiar as iniciativas empreendedoras.


O acompanhamento da família na formação dá aos jovens motivações para colocar em prática suas ideias. Alguns até empreendem na mesma área que os pais, decidindo implantar um negócio na mesma área que já atuam, fortalecendo a sucessão familiar.



O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é desenvolvido pela Adel com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Jovens selecionados para o Programa Jovem Empreendedor Rural

Entre os dias 11 e 14/08, a Adel realizou a seleção dos jovens que irão participar da nova turma do Programa Jovem Empreendedor Rural.

 Cerca de 60 jovens do município de São Gonçalo do Amarante participaram da seleção, destes, somente 35 foram selecionados para participar do Programa, que tem como atividade inicial, o curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios.  

O curso tem uma carga horária de 720 horas aulas, cumpridas ao longo de 04 meses de formação. Patrocinado pela Petrobras este projeto já beneficiou mais de 60 jovens do município de São Gonçalo do Amarante. Após a formação o jovem continua recebendo a assessoria técnica gerencial e total apoio na implantação dos seus Planos de Negócios elaborados ao longo do processo formativo.

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é desenvolvido pela Adel com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Confira a lista completa dos jovens selecionadoshttps://goo.gl/VT89C6