CEO da Reserva participa do evento de lançamento do projeto Ubuntu da Adel

Ontem a Adel realizou o lançamento do projeto Ubuntu no Centro de Formação em Sororoca, São Gonçalo do Amarante.

O evento contou com mais de 65 pessoas, entre jovens, pais, parceiros, lideranças comunitárias, e do nosso convidado especial Rony Meisler, da Reserva.

 Rony Meisler,CEO da Reserva, é um empreendedor nato que fundou uma das marcas que mais tem ganhado espaço e credibilidade no seu segmento. Rony nos contou sua trajetória incrível debaixo de um típico cajueiro do nosso centro, enfatizando pontos inspiradores para todos os convidados ali presentes.

“Eu já tive a honra de contar a história da Reserva para muita gente bacana e em lugares nos quais jamais sequer sonhei estar, mas desta vez tive mais que um dia especial da minha carreira. A Adel e a Reserva uniram forças para lançar o Projeto Ubuntu, só o projeto já seria emoção demais para o meu coração, o que eu jamais poderia imaginar era que eu contaria a nossa história empreendedora para esses jovens no meio do sertão e embaixo de um cajueiro, dei exemplo para quem poderia me dar aula de vida. Um dos grandes dias da minha vida”. Enfatiza Rony Meisler, CEO da Reserva.
Rony Meisler,CEO da Reserva e Wagner Gomes, diretor executivo da Adel.
O Ubuntu é um projeto de empreendedorismo social que tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento institucional e sustentável das organizações de base dos municípios de Pentecoste, Apuiarés, Tejuçuoca, General Sampaio, Paramoti, São Luís do Curu, São Gonçalo do Amarante e Caucaia.

A proposta do projeto é mapear as organizações, formar os jovens e apoiá-los na execução de suas ações nas organizações sociais. A formação dos jovens intercala períodos de formação presencial, em regime de imersão, com períodos de formação comunitária. Durante a formação comunitária, os jovens estudam e interagem com as suas comunidades, com outros jovens locais e com os dirigentes das organizações sob orientação da equipe da Adel.

O Grupo Reserva é um dos parceiros da Adel na implantação do projeto Ubuntu e desde a campanha Rebeldes com Causa tem colaborado com o trabalho da instituição. Além da Reserva, a Manos Unidas e os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio apoiam esta iniciativa.

Lançamento Projeto Ubuntu

A Adel lança na próxima quinta-feira (06/08), às 15h, no Centro de Formação em Sororoca, São Gonçalo do Amarante, o projeto Ubuntu para jovens com idade entre 18 e 32 anos, dispostos a colaborar com o desenvolvimento das suas comunidades.

O Ubuntu é um projeto de empreendedorismo social que tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento institucional e sustentável das organizações de base dos municípios de Pentecoste, Apuiarés, Tejuçuoca, General Sampaio, Paramoti, São Luís do Curu, São Gonçalo do Amarante e Caucaia.

A proposta do projeto é mapear as organizações, formar os jovens e apoiá-los na execução de suas ações nas organizações sociais. A formação dos jovens intercala períodos de formação presencial, em regime de imersão, com períodos de formação comunitária. Durante a formação comunitária, os jovens estudam e interagem com as suas comunidades, com outros jovens locais e com os dirigentes das organizações sob orientação da equipe da Adel.

Para a equipe da Adel, o Ubuntu vai fortalecer ainda mais o trabalho da organização. “Este projeto é mais uma ação que fortalece o Programa Jovem Empreendedor Rural e que traz como foco o empreendedorismo social. Nosso desafio é agregar cada vez mais a juventude empreendedora do território e fortalecermos uma rede do bem, pois juntos somos capazes de contribuir com o desenvolvimento econômico e social do território”, ressalta Wagner Gomes, Diretor Executivo da Adel.

Rony Meisler, CEO da Reserva, uma das empresas mais inovadoras da América Latina, que lançou em 2014 a campanha de responsabilidade social Rebeldes com Causa, ministrará uma palestra para os jovens no lançamento do projeto.

O Grupo Reserva é um dos parceiros da Adel na implantação do projeto Ubuntu e desde a campanha Rebeldes com Causa tem colaborado com o trabalho da instituição. Além da Reserva, a Manos Unidas e os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio apoiam esta iniciativa.