Cearense está entre os finalistas do Prêmio Empreendedor Social de Futuro

O economista Wagner Gomes, 28 anos, um dos idealizadores da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL), organização social, com sede no município de Pentecoste (CE), está entre os quatro finalistas do Prêmio Empreendedor Social do Futuro, realizado pelo jornal Folha de S.Paulo e Fundação Schwab. A ADEL, idealizada por filhos de agricultores que chegaram à universidade, é um exemplo de bom resultado quando se aposta em educação e formação de capital social.

Wagner nasceu na comunidade rural Monte Alverne, município de Apuiarés/CE, filho de agricultor. Como outros jovens da região, teve a oportunidade de participar de um programa educacional de preparação para o vestibular que estimula a aprendizagem cooperativa, o PRECE (Programa de Educação em Células Cooperativas). Ingressou no  curso de Economia da Universidade Federal do Ceará em 2004 e antes da formatura fundou a ADEL com outros jovens que também tiveram a oportunidade de cursar o Ensino Superior e tinham o desejo de contribuir com o desenvolvimento de suas comunidades de origem.

A ADEL é um empreendimento social, sem fins lucrativos que articula saberes, vocações e oportunidades, visando o desenvolvimento econômico e social de comunidades cearenses. Enfatiza o fortalecimento e a sustentabilidade das atividades econômicas e a cooperação entre os grupos e empreendimentos produtivos e sociais. Após três anos de atuação da ADEL nos municípios do Médio Curu, Apuiarés, Pentecoste, General Sampaio e Tejuçuoca, são perceptíveis as mudanças nos métodos de produção e cooperação dos produtores, o aumento da participação de jovens nas associações e cooperativas, e o efeito intergeracional.
Esses bons resultados são reconhecidos pelas entidades dos municípios onde atua, e até nacionalmente. Em março, deste ano, a agência, recebeu o Prêmio Rosani Cunha de Desenvolvimento Sustentável, iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que tem como objetivo dar visibilidade e recompensar boas práticas desenvolvidas nas áreas de assistência social, transferência de renda e segurança alimentar e nutricional.

Produtor beneficiado com o trabalho da ADEL, o Sr. Gilberto, residente na comunidade de Canafístula, em Apuiarés, considera que depois que a ADEL passou a trabalhar com eles, a comunidade teve a oportunidade de mostrar o que tem e o que precisa. Para eles, a entidade levou “aquela esperança, de que junto com a ADEL vamos desenvolver mais um novo projeto, mas é aquele projeto que vai atender a comunidade”.

A entidade idealizada por Wagner tem estimulado nova geração de universitários a trabalhar pelas comunidades. Luciano Pereira, 28 anos, estudante do 7º semestre do curso de agronomia na Universidade Federal do Ceará (UFC) é um deles. No início do ano, como voluntário da ADEL, teve a oportunidade de dar assessoria técnica aos produtores aos finais de semana. Considera a Agência um laboratório de aprendizagem. onde pode aprender na prática algumas técnicas estudadas na universidade, como  manejo e reprodução. “Eu além de compartilhar, nos finais de semana, o que sei, aprendo muito com os produtores, pois nós temos a teoria e pouca prática, já eles têm o conhecimento empírico e muita prática”, disse.
Os vencedores do Prêmio Empreendedor Social de Futuro serão divulgados dia 25, às 19h, em cerimônia restrita no Masp (Museu de Arte de São Paulo).
Foto: Tamires Kopp
Com informações da Assessoria de imprensa da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL) – Contatos: Maria Evilene de Sousa Abreu – (fone: 85 92172864/87825045)
Fonte: Agência da Boa Notícia – (fone: 85 3224 5509 / 85 3224 5509 -Jornalista Responsável: Carmina Dias 00629JP / Estagiário de Jornalismo: Leandro Porto
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *