Difusão de Tecnologia de Convivência com o Semiárido


A Agência de Desenvolvimento Econômico Local, ADEL, organização social que atua na microrregião do Médio Curu do Ceará, está executando nos municípios de Pentecoste e Tejuçuoca dois projetos de incentivo a caprinovinocultura.

Os projetos são frutos de uma parceria entre a ADEL, BNB, Prefeituras Municipais de Pentecoste e Tejuçuoca, Associação Comunitária dos Agricultores de Canafistula, União das Associações do Vale do Rio Canindé e Associação dos Criadores de Tejuçuoca.

A finalidade dos projetos é elevar a produtividade e rentabilidade da caprinovinocultura nos municípios através da produção e conservação de alimento (silagem e feno) para o período seco.

Cinqüenta produtores de 26 comunidades de Pentecoste e Tejuçuoca serão beneficiados diretamente com assistência técnica periódica, capacitação em técnicas de produção e conservação de forragem, sementes de milho e sorgo, máquina e implementos para preparo do solo e colheita da forragem.

O custo total do projeto é de R$ 165.000,00 (cento e sessenta e cinco mil reais). Desse montante 85% é proveniente do BNB, 2% da Prefeitura de Tejuçuoca, 4% da Prefeitura de Pentecoste e 9% da ADEL.

O engenheiro agrônomo e coordenador técnico do projeto, Helano Luz, estima uma área plantada de milho e sorgo equivalente a 100 hectares e uma produção de 20,1 milhões de kg de matéria verde ensilada, utilizada para suplementar um rebanho de 1.849 cabeças, durante 08 meses de seca.

Espera-se como resultado desses projetos a elevação da produção e da renda dos produtores envolvidos; o desempenho técnico, gerencial e econômico das unidades produtivas; difusão e emprego das técnicas de ensilagem e fenação pelos pequenos produtores e estimulo a organização da cadeia produtiva de ovinos e caprinos na região.

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *