Fazendo arte e empreendendo no Sertão

Evileno expondo seu trabalho na Feira de Empreendedorismo e Protagonismo Social (2017)

Os jovens beneficiados pelo Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) desenvolvido pela Adel vem nos últimos anos elaborando diversos projetos de negócio para implantar em suas comunidades. O mais recente empreendimento criado é no campo artístico e foi instalado na comunidade Rio Novo, distrito de Serrote, composto por cerca de 2500 habitantes e distante cerca de 30 km do município de São Gonçalo do Amarante.

Evileno Sousa, 23, ainda criança ajudava seu pai, Evandro Sousa, 45, em trabalhos manuais na oficina que funciona na própria casa da família, voltada principalmente para conserto e manutenção de bicicletas. Na adolescência, ele desenvolveu a paixão por produção de miniaturas de carros antigos. Junto com o pai começou a reciclar os materiais que sobravam dos trabalhos realizados na oficina, transformando o que iria para o lixo em lindas miniaturas de carros, ônibus e motos, além de outros brinquedos produzidos para familiares e amigos.

Evileno e seu pai, Evandro

Quando ingressou no Programa Jovem Empreendedor Rural em 2015, Evileno logo apresentou como proposta de Negócio investir em um projeto coletivo com o pai. Ele acessou crédito do Fundo Veredas para investir na infraestrutura da oficina.

Entretanto, a paixão pelas miniaturas de brinquedos e a preocupação com os impactos sociais e ambientais do lixo gerado pela oficina foram propulsores para tornar a fabricação de brinquedos reciclados o foco principal do empreendimento. Além do material reaproveitado da oficina, eles passaram a reutilizar materiais doados pelos vizinhos, como peças de mdf que sobram de móveis e materiais plásticos.

INTERARTE

 

Em 2017, após assessoria em design promovida pela Adel ele repensou todo o projeto de negócio e criou sua própria marca, a Interarte. Empreendimento especializado na produção de brinquedos artesanais.

A produção é totalmente artesanal. Inicia com o desenho dos projetos dos brinquedos pelo próprio jovem que em seguida confecciona junto com o pai as miniaturas de carros. Aquelas mais elaboradas levam em torno de uma semana para ficarem prontos.

Evileno conta que gosta do que faz e planeja fortalecer sua marca para trabalhar somente com a produção de brinquedos. Atualmente, ele realiza outros serviços paralelos para complementar a renda, mas com o fortalecimento da marca pretende trabalhar apenas com o que realmente acredita ter aptidão.

Com o pai, planeja assim que possível, abrir um canal no YouTube e começar a divulgar o que faz em diversas mídias, com o intuito de expor todo o processo de criação, desde a rotina de produção aos eventos que participam. Ambos fazem parte de um grupo de artesãos que se reúnem nos finais de semana para realizarem feiras em São Gonçalo do Amarante, onde expõe e vende os produtos.

Em 2017, o INTERARTE expôs seus produtos na Feira de Empreendedorismo e Protagonismo Social, realizada em Pentecoste, e na Mostra Jovem Empreendedor Rural, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza.

Evileno é um dos exemplos dos muitos jovens empreendedores rurais que estão dando uma nova cara ao sertão. Ele acredita que através da arte é possível contribuir com o desenvolvimento da sua comunidade e na redução de danos ambientais.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *