Fundo Veredas recebe projetos de jovens empreendedores rurais

Nos dias 16 e 17 de fevereiro, o Fundo Veredas, estratégia da Adel que compõe o Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) recebe novos projetos de negócios de jovens empreendedores rurais para serem apoiados neste semestre.

A equipe do Fundo Veredas estará na quinta-feira (16) em São Gonçalo do Amarante, atendendo jovens do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) e na sexta-feira (17), na sede da Adel, os demais jovens do território que buscam apoio financeiro para ampliar ou implantar seu Projeto de Negócio.

Segundo Raquel Ferreira, Coordenadora de Projeto da Adel, a expectativa é que neste semestre aproximadamente 22 jovens egressos do Curso Empreendedorismo e Gestão e Negócios acessem o Fundo Veredas.

“Nossa perspectiva é que todos esses jovens (egressos do Curso) estejam com seus projetos bem elaborados e preparados para seguir todas as etapas do processo: inscrição, aval de vizinhança/análise do projeto de negócio”, ressalta Raquel.

Turma de jovens 2016.2 do Curso Empreendedorismo e Gestão de Negócios

Após apresentação dos Projetos de Negócios, acontece a reunião da comissão de avaliação de crédito, a pactuação com o jovem, contratação e liberação de crédito.

Cada etapa é fundamental para o desenvolvimento do Fundo Veredas e para o jovem. A Adel busca ao longo destas etapas auxiliar os jovens no planejamento do negócio e o apoio das famílias e da comunidade.

Sobre o Fundo Veredas

O Fundo Veredas é uma estratégia da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) e integra um dos componentes do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER). Ele foi criado em 2012 para apoiar a abertura e o desenvolvimento de empreendimentos de jovens empreendedores rurais no Semiárido cearense.

Atualmente, mais de 200 jovens com idade entre 18 e 32 anos e com residência no território foram beneficiados com os recursos do Fundo Veredas. No total, foram concedidos até 2016, R$ 481.079,99 em créditos aos jovens.

A perspectiva é que novos jovens empreendedores rurais acessem o crédito e possam contribuir com o desenvolvimento econômico local de suas comunidades.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *