Gestão Financeira para Empreendedores

Lilian Prado, Co-fundadora e Diretora Institucional da Acreditar, foi a convidada do Webinar Gestão Financeira promovido pela Adel. Foto: Alcione Ferreira

Na última quinta-feira, 16, a Agência de Desenvolvimento Econômico Local – Adel, realizou o Webinar Gestão Financeira em Tempos de Crise no seu canal no Youtube, com a participação de Lilian Prado, Co-fundadora e Diretora Institucional da Acreditar. A mediação foi realizada pela Co-fundadora e Diretora de Comunicação da Adel, Evilene Abreu.

A Acreditar é uma entidade sem fins lucrativos de Pernambuco, que utiliza o empreendedorismo, microcrédito produtivo e orientado, educação financeira, e igualdade de gênero para apoiar o sonho empreendedor das pessoas. A Acreditar amplia os mecanismos para que jovens, mulheres e outros empreendedores permaneçam e gerem riqueza na região, através dos próprios empreendimentos.

Com cenários de atuação bem semelhantes, o diálogo e o compartilhamento de experiência entre as duas organizações trouxeram contribuições significativas para jovens empreendedores que estão se reinventando diante a crise mundial ocasionada pela COVID-19. Assim como a Adel, a Acreditar está desenvolvendo diversas ações de apoio aos empreendedores como a Campanha de suporte a 300 negócios de Pernambuco no site Benfeitoria.

Gestão Financeira

A Gestão Financeira já é um desafio para muitos empreendedores no dia a dia, e no cenário atual se tornou mais difícil e essencial, onde muitos estão com as atividades paralisadas ou reduzidas. Para ajudar os jovens a repensar e reajustar seus negócios Lilian Prado compartilhou algumas dicas que podem ajudar a enfrentar esse momento de crise:

DICA 1: ANALISE SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA
A reserva de emergência é aquele recurso financeiro que você tem guardado, o que popularmente chamamos de poupança. Caso você tenha reserva de emergência, uma alternativa é usar de forma planejada, caso você esteja precisando nesse momento. Mas se o momento não exige o uso da reserva, guarde para um momento futuro. Se não tiver a reserva de emergência, você precisa organizar as contas para que consiga manter o negócio funcionando ou, pelo ou menos, se manter ativo.

DICA 2: FAÇA UM ORÇAMENTO DOS PRÓXIMOS MESES
Listar todas as despesas previstas nos próximos três (3) meses. Tente fazer uma separação do que é seu e do que é do seu negócio. Anote tudo com nome das despesas e valor, como aluguel, energia, água, telefone, fornecedores, fatura de cartão de crédito, empréstimos, salários, entre outros.

DICA 3: DEFINA PRIORIDADES
Depois de fazer a lista, você deve observar onde você pode fazer economias, onde você pode gastar menos, ou quais despesas você pode cortar do seu orçamento nesse momento. Ajuste suas despesas com essa situação de crise. Aqui você precisa saber qual o valor mínimo necessário para manter seu negócio ativo e/ou funcionando.

DICA 4: FIQUE ATENTO AS PROMOÇÕES DE FORNECEDORES
O momento agora é de economizar. Não é um momento de compras de estoque ou de matéria prima. Evite fazer despesas que não sejam extremamente necessárias para seu negócio.

DICA 5: NEGOCIE COM SEUS FORNECEDORES
Para reduzir suas despesas, você pode negociar prazos e descontos com seus fornecedores.

DICA 6: CUIDADO COM AS DÍVIDAS
Você pode entrar em contato com as operadoras do seu cartão de crédito e negociar sua fatura. Tenha cuidado e muita atenção com uso de cartão de crédito. Não deixe de pagar, pois essa será mais complicado para você e para seu negócio devido às altas taxas de juros. Você também pode negociar seus empréstimos, com prazos e/ou suspensão de pagamentos.

DICA 7: CONVERSE COM SEUS COLABORADORES
Caso você tenha colaboradores formais ou informais comunique a situação real do seu negócio. Dialoguem e pensem soluções para reinventar o negócio. Se for o caso, faça redução de horas ou dias trabalhados para manter o negócio e o emprego.

DICAS 8: AÇÕES DE GERAÇÃO DE RECEITAS NA CRISE
Esse é um momento de reinventar-se e ajustar seu negócio para aumentar o seu faturamento. Crie alternativas para vendas. Seja criativo para usar a tecnologia como aliada do seu negócio, divulgue seus produtos utilizando estratégias de marketing digital. Pense em promoções para escoar seus produtos. Pense em oferecer brindes para atrair seus clientes, realizar vendas antecipadas e disponibilizar serviços de entrega. Busque parcerias com outros empreendedores para realizar “vendas casadas”. Fortaleça a compra de produtos de pequenos empreendedores locais.

DICA 9: LEVANTAMENTO DAS CONTAS A RECEBER
E ainda, para ajudar na entrada de receitas, é o momento de fazer cobranças das contas a receber. Faça um levantamento e entre em contato para negociar as dívidas. Explique a situação e tente sensibilizar aquele cliente que possui um débito antigo.

DICA 10: ACESSO A CRÉDITO E AOS BENEFÍCIOS GOVERNAMENTAIS
Se todas essas dicas não forem suficientes, os empreendedores podem acessar empréstimos nas instituições bancárias, fundos e financiamentos. E ainda, organizar um sistema de financiamento coletivo, ou seja, de crowdfunding, para levantar investimentos para o negócio. Se você for MEI (Microempreendedor Individual) poderá solicitar o Auxílio Emergencial do Governo Federal, caso venha a contrair a COVID-19, você pode acessar o auxílio saúde.

A Adel segue com a produção de conteúdo e-learning que acontece por meio de plataformas virtuais com diversos especialistas falando sobre resiliência, educação financeira, empreendedorismo, inovação, economia criativa, diversidade, dentre outros temas. Amanhã, 23, às 19h, a Adel realiza seu segundo Webinar com o tema Empreendedorismo Social e Protagonismo de Jovens no seu canal no YouTube. O encontro virtual será com Helena Singer, membro do Conselho Consultivo da Adel. Helena é líder da Estratégia de Juventude da Ashoka para a América Latina, uma das organizações mais antigas e reconhecidas com atuação no campo do empreendedorismo social, e, mediação de Gláucio Gomes, Diretor de Desenvolvimento da Adel. Visite o canal da Adel YouTube e faça sua inscrição clicando aqui!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *