Jovem de Pentecoste acredita na vida no campo

O jovem agricultor familiar, Francisco Neto, 28 anos, é um exemplo de quem acredita que do campo pode tirar seu sustento e viver com qualidade. Há um ano, ele decidiu deixar a sua vida em Fortaleza e assumir o trabalho na propriedade da família, na comunidade rural Sitio do Meio, em Pentecoste, onde vive com a avó e irmãos. Um dos motivos para a decisão foi a sua participação no Programa Empreendedorismo do Jovem Rural da Adel em parceria com o Instituto Souza Cruz e Fundação Konrad Adenauer.

O PEJR é um programa de formação complementar a educação formal, direcionado a jovens agricultores familiares do Médio Curu Cearense. Com uma prática formativa inovadora nos seus valores e no projeto pedagógico, estimulando a crítica, a reflexão, a criatividade, a ética e a cidadania, o programa prepara o jovem para exercer um papel estratégico de Agente de Desenvolvimento Rural.
Após nove meses de participação no PEJR, Francisco Neto afirma que para se desenvolver no meio rural é necessário oportunidades. “O PEJR está sendo uma ótima ferramenta em meu processo de evolução, me desafiando a superar as dificuldades econômicas e climáticas da minha região”, afirma ele.

A primeira turma do PEJR no Médio Curu, atualmente se encontra na fase final. Francisco Neto e os demais jovens da turma estão participando de estágios, elaborando projetos produtivos e atuando em suas comunidades.
2 respostas
  1. teste
    teste says:

    Neto é um empreendedor, pois não ficou esperando que os outros resolvessem seus problemas.

    Um empreendedor é uma pessoa que gosta de começar coisas novas, iniciá-las. A iniciativa, enfim, é a capacidade daquele que, tendo um problema qualquer, age: arregaça as mangas e parte para a solução.
    Parabéns!!!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *