Jovens participam de Workshop de Inovação e visitam o Banco Palmas

Na semana de formação do 5º módulo do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do Programa Jovem Empreendedor Rural, no período de 16 a 20 de novembro, os jovens participaram do Workshop de Inovação Social e Inovação Sustentável e visitaram o Banco Palmas.

Ambas as atividades aconteceram no dia 19 de novembro, em Fortaleza. Durante a manhã os jovens acompanhados da equipe da Adel, visitaram a sede do Banco Palmas, o primeiro banco comunitário do país, criado em 1998, no Conjunto Palmeira, periferia de Fortaleza.

A visita foi uma oportunidade dos jovens conhecerem as estratégias do Banco Palmas e os empreendimentos criados no próprio bairro, a partir do apoio do Palmas.  Eles ouviram da equipe do Banco do Palmas como eles trabalham na prática com os temas que eles estudam no curso – inovação; gerenciamento de riscos; logística de comercialização e boas práticas de produção.

Jovens conhecendo a história do Banco Palmas

Após a visita no Banco Palmas, os jovens seguiram para o Seminário o Workshop de Inovação Social e Inovação Sustentável na Faculdade de Economia, da Universidade Federal do Ceará (UFC). Wagner Gomes, da Adel, foi um dos palestrantes do Workshop e apresentou o caso da Adel.

Além do caso da Adel, aconteceu duas palestras sobre Inovação Social e Inovação Sustentável, com os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Dra. Tania Nunes Silva e Dr. Eugenio Ávila Predrozo, respectivamente.

A experiência do Banco Palmas também foi compartilhada no Workshop, juntamente com o Instituto Tecnológico e Vocacional Avançado – Iteva e Selletiva, que atua na área de tecnologias. O Iteva é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP situado em Aquiraz/CE, que desenvolve programas e projetos de produção científica, difusão tecnológica e capacitação técnica.

Participantes do Workshop

O Workshop de Inovação Social e Inovação Sustentável foi organizado pelo InoS, grupo de pesquisa em inovação e sustentabilidade, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria (PPAC) da UFC e coordenado pelo Prof. José Carlos Lázaro.


Durante a apresentação do Caso da Adel, Neto Ribeiro, monitor educacional do PJER e um dos primeiros jovens beneficiados pela Adel compartilhou sua experiência. 
Neto Ribeiro, Adel e Wagner Gomes, Adel.

Para Neto, as atividades realizadas com jovens neste dia foram muito importante. “Experiências como essa, incentiva o desenvolvimento das capacidades empreendedoras dos jovens. Eles se empoderam de conhecimentos práticos através das palestras inspiradores assistidas no Workshop e aplicam em suas comunidades”, enfatizou.

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é desenvolvido pela Adel com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *