Médio Curu será foco de rotas de aprendizagem

O diretor executivo Wagner Gomes e a coordenadora do Programa Jovem Empreendedor Rural Aurigele Alves da Adel, estiveram na última segunda-feira (29/04), às 16h, reunidos com o gerente do Instituto Souza Cruz, Luiz André, para discutir a proposta de implantação e execução do projeto Rota de Aprendizagem no Território do Médio Curu, Sertão do Ceará, a fim de integrar ações da Adel com as do Programa Semear – Gestão do Conhecimento em zonas semiáridas do Nordeste brasileiro.

Durante a reunião foi apresentada a metodologia “Rotas de Aprendizagem” desenvolvida pela organização Procasur, parceira técnica do Programa Semear. E construída uma agenda em comum de gestão do conhecimento para identificação de potencialidades nos municípios de Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca.

A Adel e o Instituto Souza Cruz firmaram o compromisso de elaborar e enviar, até meados de maio, o mapeamento das experiências relevantes para a construção de Rotas de Aprendizagem do Médio Curu para a aprovação do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA). A proposta é que a Rota de Aprendizagem aconteça em outubro deste ano, e contará com apoio do Instituo Souza Cruz.

Segundo Wagner, o propósito da metodologia é oportunizar um processo de fortalecimento das capacidades locais do território. “A nossa participação no programa Rotas de Aprendizagem é muito importante porque insere a Adel e o território do Médio Curu em uma rede de organizações internacionais que são referência no apoio a jovens rurais”, comenta.

SOBRE O PROGRAMA SEMEAR:

O Programa “Semear Conhecimento em zonas semiáridas do Nordeste do Brasil” atua em seis estados nordestinos (Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe), envolve instituições públicas e privadas, associações de pequenos agricultores, organizações não governamentais, núcleos acadêmicos e de pesquisa.

É executado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), em parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *