ADEL e AFAM realizam Fórum Cearense de Agroecologia

Promover a articulação de diversas iniciativas, entidades e agricultores familiares com o fim de fortalecer as práticas técnico-profissionais por meio da troca de experiências e o intercâmbio de forma permanente é o objetivo central do Fórum Cearense de Agroecologia, que será realizado nos próximos dias 27 e 28, no Centro de Ciências Agrárias (CCA), da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza.

De agosto a outubro deste ano foram realizados três fóruns territoriais de Agroecologia, no Sertão Central, Vale do Curu e Aracatiaçu e Maciço de Baturité, com o objetivo de construir o Fórum Estadual inicialmente a partir das regiões onde atua o Projeto Agricultura Familiar, Agroecologia e Mercado (AFAM), coordenado pela Fundação Konrad Adenauer com cofinanciamento da União Européia, em parceria com o Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará (CCA/UFC) e as organizações não governamentais (ONGs) Núcleo de Iniciativas Comunitárias (NIC), Instituto Sesemar e Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL). O evento conta com o apoio da Associação Científica de Estudos Agrários (ACEG), do Banco do Nordeste (BNB) e do Instituto Agropolos.

Nos três fóruns territoriais foram discutidas as estratégias para o fortalecimento da agricultura familiar agroecológica e o desenvolvimento rural sustentável; e nos encontros da Juventude Rural, os jovens estavam inseridos nas discussões estratégicas sobre Agroecologia e desenvolvendo estratégias com enfoque no empreendedorismo solidário com jovens. Os resultados dos três eventos serão apresentados e colocados em discussão no Fórum Estadual para o encaminhamento das propostas. Esta articulação estará aberta para representantes de outros territórios que desejem se integrar no Fórum Cearense de Agroecologia.

Inscrições: agroecologia@agroecologia.inf.br
Mais informações:
Projeto AFAM – (85) 3261.8478
Angela Küster – coordenadora geral (85) 91890964
Jaime Ferré Martí – coordenador técnico (85) 91890959

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *