Projeto da Adel é selecionado em edital nacional “LGBT+ Orgulho”

Diretora de Programas da Adel, Aurigele Alves

“Diversidade no Empreendedorismo de Jovens Rurais” é o nome do mais novo projeto da Adel selecionado em edital nacional LGBT + Orgulho do Itáu Unibanco em parceria com a consultoria Mais Diversidade. O anúncio foi feito hoje, 30/11, no Fórum Out & Equal Brasil, evento de maior referência mundial neste assunto, em São Paulo (SP).

O edital LGBT + Orgulho visa incentivar o desenvolvimento de iniciativas que auxiliem e estimulem a visibilidade, segurança e respeito às pessoas LGBT+. Dentre as 310 propostas apresentadas, o projeto da Adel ficou em segundo lugar e vai receber o apoio financeiro de R$ 50 mil para contribuir na inclusão socioprodutiva de jovens LGBT+ do Sertão do Ceará. O Projeto Casa das Negas, de Fortaleza, também foi finalista do edital. A Casa das Negas é um espaço de cultura e formação de mulheres negras LGBT+ na periferia da capital cearense.

Ontem, 29/11, a Diretora de Programas da instituição, Aurigele Alves, apresentou a proposta para uma banca formada por especialistas do Itaú, consultoria Mais Diversidade e representantes da comunidade LGBT+. Os critérios da seleção considerados foram aspectos como representatividade regional e atuação em conjunto com outros pilares da diversidade, como raça e etnia, gênero, pessoas com deficiência, idade, gerações e refugiados, assim como os de caráter cultural, educacional, esportivo ou social.

Representantes dos quatro projetos vencedores do Edital LGBT+ Orgulho

Toda a comunidade institucional da Adel está muito feliz pelo resultado e em contribuir para uma sociedade mais justa e inclusiva. “É um momento histórico na minha vida e da instituição. Ter a oportunidade de trabalhar com a comunidade LGBT+ é motivo de orgulho e gratidão. Conhecer também a diversidade de projetos lindos de todo país durante o Fórum Out & Equal Brasil nos anima ainda mais. Temos uma proposta valiosa para trabalhar em 2019 e que vai gerar oportunidades para que todxs possam empreender”, enfatiza Aurigele.

“Diversidade no Empreendedorismo de Jovens Rurais”

O Projeto “Diversidade no Empreendedorismo de Jovens Rurais” vai apoiar em 2019, 25 jovens LGBT+ de comunidades rurais dos municípios de Pentecoste, Apuiarés, Tejuçuoca, Paracuru e São Gonçalo do Amarante, no semiárido cearense, para que eles possam identificar oportunidades para empreender no território em que vivem.

Os jovens LGBT+ que vivem nestes municípios são bastante vulneráveis a preconceito e pressionados a migrar para centros urbanos. Com o Projeto, a Adel busca fomentar o desenvolvimento de empreendimentos de negócios e impacto socioambiental em meio rural, proporcionando aos jovens LGBT+ acesso a conhecimento, crédito, redes colaborativas e a tecnologias.

O Projeto faz parte das ações do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), desenvolvido pela instituição há nove anos. É a primeira iniciativa em prol da comunidade LGBT+.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *