Seminário reúne pais, padrinhos e parceiros do PEJR

No
dia 24 de agosto aconteceu no auditório do Centro de Pesquisas Ictiológicas do
DNOCS, em Pentecoste, o II Seminário de Pais, Padrinhos e Parceiros do Programa
de Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR), organizado pelos educadores e jovens
do programa.
O
seminário teve como objetivo apresentar a trajetória dos jovens ao longo deste
ano de formação e salientar a importância do papel dos pais, padrinhos e
parceiros no processo formativo dos jovens da região, a fim de assumirem uma
responsabilidade conjunta com a Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel)
e Instituto Souza Cruz, realizadores do PEJR no Médio Curu.
Estiveram
presentes além dos pais e padrinhos dos jovens, os secretários de educação e de
agricultura do município de Tejuçuoca, Francisco Carlos e Anastácio Santos,
respectivamente; a coordenadora regional de juventude da FETRAECE, Iris Maria;
o coordenador do Centro Vocacional Tecnológico, Fernando Antônio; representante
do DNOCS, Arlindo Vasconcelos; e os representantes dos Sindicatos dos Trabalhadores
e Trabalhadoras Rurais de Apuiarés, Tejuçuoca e Pentecoste.
Durante
o seminário os jovens apresentaram o que estudaram e aprenderam durante as dez
sequências de estudo. Em seguida, os participantes esclareceram dúvidas e
falaram da importância do PEJR na região.
Para
o Sr.Antônio Floriano, pai do jovem Marcos Antônio e presidente da Associação
do Assentamento Chaparral em Tejuçuoca, a participação do filho no PEJR tem
sido muito importante para a família. “Esse é um momento muito importante na
nossa vida, de poder vê a evolução do meu filho e vê ele com um novo olhar para
onde nós vivemos. Antes desse programa ele não tinha ânimo, não participava, não
se interessava por nada que tínhamos no assentamento e hoje a cada nova sequência
que ele vem, leva sempre muitos conhecimentos novos que me transmite e assim
essa formação tem contribuído até para melhorar minha relação com ele,”
afirma Sr.Antônio.
Segundo
a coordenadora regional de juventude da FETRAECE, Iris Maria, o país está
vivendo um momento ímpar na história, em que a juventude está despertando para
reivindicar por seus direitos. “Fico muito feliz de poder ver um programa tão
funcional, tão completo como o que a Adel vem desenvolvendo aqui no médio Curu.
Quem dera existisse outras Adel espalhada ao menos no restante do território,
no Ceará, certamente conseguiríamos dar um grande salto no que se refere ao
desenvolvimento do campo” enfatiza.
O evento encerrou com os agradecimentos da equipe da Adel a todos os presentes, e um coffe break com a participação dos jovens, pais, padrinhos e parceiros do programa, que se comprometeram a colaborar ainda mais com a formação da juventude no Médio Curu.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *