Série destaca impactos positivos da Meliponicultura

No início de outubro, dia 3, foi comemorado o Dia Nacional das Abelhas e em alusão à data, a Adel, com a colaboração do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN) e da Eco Nordeste Agência de Conteúdo, realizam a série Práticas Sustentáveis na Caatinga: a meliponicultura como propulsora do desenvolvimento local, uma oportunidade para lembrar a importância desta espécie fundamental para a própria sobrevivência humana, bem como destacar ações com meliponicultores no Nordeste e a preservação dos ecossistemas, principalmente o bioma Caatinga.

Com a realização da série, as organizações buscam produzir conteúdo sobre a meliponicultura e discutir sua importância para o desenvolvimento local, destacando-a como uma atividade sustentável, que auxilia na preservação das espécies vegetais e no equilíbrio biológico nos diferentes biomas brasileiros. A criação de abelhas sem ferrão é uma atividade altamente adaptada às comunidades tradicionais.

Serão seis episódios com a presença de pesquisadores, produtores e organizações sociais que trabalham com esta cadeia produtiva. A série será transmitida no canal do YouTube da Adel (https://www.youtube.com/c/AdelBR). O primeiro episódio será nesta quinta, 8, às 19h (https://youtu.be/63HPUtcdI8Q). Adriano Batista, Diretor Executivo da Adel; Rodrigo Noleto, Coordenador do Programa Amazônia do ISPN e Everardo Alves, Meliponicultor da Rede Néctar do Sertão, dialogam sobre como a meliponicultura é propulsora do desenvolvimento local, suas potencialidades e oportunidades. O encontro virtual será mediado por Maristela Crispim, Jornalista idealizadora da Eco Nordeste.

Toda quinta-feira, às 19, será trabalhada uma temática dentro do tema geral da série: 15/10 – Webinar Como criar abelhas nativas? A regularização de meliponários e a escolha das espécies; 22/10 – Webinar Boas práticas de manejo da meliponicultura; 29/10 – Webinar Beneficiamento e comercialização de mel de abelha sem ferrão; 05/11 – Webinar Inovação e sustentabilidade na meliponicultura; 12/11 – Webinar A importância dos Arranjos Produtivos Locais na meliponicultura.

Neste ano de diversos registros de queimadas e destruição da natureza, a Adel, que atua no Nordeste brasileiro com o objetivo de estimular o crescimento de jovens de comunidades rurais e agricultores/as familiares, continua com o trabalho de apoio a produtores de mel das abelhas nativas, por meio de assessorias e possibilitando conhecimento sobre a temática, incluindo a elaboração de conteúdo online. A meliponicultura, além de movimentar a economia local, também é sustentável, pois ajuda a preservar as abelhas e o meio ambiente com o serviço de polinização prestado às plantas nativas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *