A ADEL recebe visita de técnicos da Embrapa Caprinos e Ovinos e técnicos de Cabo Verde

No dia 24 de junho de 2010, os técnicos da Embrapa Caprinos e Ovinos, Jorge Luís e Everardo Mendes, e os técnicos de Cabo Verde, Seliza Nancy e César Tiago, médico veterinários que fazem parte de um projeto internacional de cooperação técnica entre Brasil e Cabo Verde, visitaram o Centro de Terminação de Cordeiros (CTC) em Canafistula e a propriedade do Sr. Gilberto Costa.
Durante a visita eles conheceram como se dá o manejo dos animais no CTC e as técnicas de armazenamento de forragem utilizadas pelo produtor Sr. Gilberto, para alimentar os animais na época seca. Os visitantes participaram de uma reunião na sede da ADEL, em Pentecoste, onde o Diretor Executivo, Wagner Gomes fez uma apresentação da instituição.
O projeto internacional de cooperação técnica entre Brasil e Cabo Verde denominado “Desenvolvimento da caprino e ovinocultura de Cabo Verde” tem como metas o treinamento de técnicos no Brasil para implantar Unidades Demonstrativas de produção de caprinos e ovinos em Cabo Verde.
Segundo Jorge Luis o motivo da visita é “que não adianta só implantar as Unidades Demonstrativas, é preciso também ter um arranjo local forte, como boas parcerias e liderança local. Foi por isso que os levamos para conhecerem as experiências do Centro de terminação de Cordeiros em Canafístula, e, claro, a ADEL”.

ADEL e Instituto Souza Cruz fecham parceria com o BNB para execução do PEJR

Estiveram reunidos na última quarta-feira, dia 21 de julho, representantes da ADEL, Instituto Souza Cruz e Banco do Nordeste com o objetivo de formarem parceria entre as três instituições para a implantação do Programa Empreendedorismo do Jovem Rural – PEJR.
Na ocasião, estavam presentes o Diretor Executivo, Wagner Gomes e a Gerente de Projetos de Jovens, Aurenir Luz, ambos da ADEL, o Gerente do Instituto Souza Cruz, Luis André Soares, a Agente de Desenvolvimento, Jeânia Gomes e o Gerente Executivo de desenvolvimento territorial da superintendência estadual do BNB, Sr. Airton da Silveira.
O encontro iniciou-se com uma breve apresentação dos participantes e, em seguida, foi apresentado o PEJR; programa educacional de formação complementar destinado a jovens rurais de 16 a 29 anos dos municípios de Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca.
Durante o encontro foram discutidas também quais as oportunidades para os jovens após a formação. “É importante que os jovens tenham acesso a uma formação como o PEJR, antes de acessar os programas de crédito, como o PRONAF. Isso aumenta as possibilidades para o sucesso de seus empreendimentos, ressalta Jeânia Gomes, Agente de Desenvolvimento do Banco do Nordeste.
A parceria com o Banco do Nordeste é mais uma iniciativa de fortalecimento na execução do PEJR, que está, atualmente, na fase de formação da primeira turma do Médio Curu, através das inscrições dos jovens.

Inscrições abertas para o Programa Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR)

Atenção jovens da microrregião do Médio Curu!

Se você tem de 16 a 29 anos, concluiu o ensino médio, e tem interesse em tornar-se um empreendedor no campo, inscreva-se no Programa Empreendedorismo do Jovem Rural, desenvolvido pela Agência de Desenvolvimento Econômico Local (ADEL), em parceria com o Instituto Souza Cruz e Fundação Konrad Adenauer. 
As inscrições estão abertas até o dia 30 de julho na secretaria de agricultura e no sindicato dos trabalhadores rurais dos municípios de Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca. 

Realizado III Módulo do Curso Manejo Ecológico e Horticultura

Nos dias 09 e 10 de julho de 2010, a Fundação Konrad Adenaeur em parceria com a ADEL, realizou o III Módulo do Curso Manejo Ecológico e Horticultura, no Horto das Timbaúbas em Tejuçuoca.

O curso tem como objetivo ampliar os conhecimentos sobre manejo e promover a troca de experiências entre os produtores agroecológicos. Através dos módulos distribuídos em várias temáticas relacionada à agricultura natural e orgânica, são promovidos debates, discussões e também compartilhado as experiências com relação às técnicas e manejos utilizadas pelos produtores.

As atividades do módulo iniciaram com uma breve socialização dos módulos anteriores e das experiências feitas pelos produtores em suas propriedades, e com a troca de sementes entre os participantes. Em seguida os instrutores Polly Quemel e Narcisio Mota, distribuíram a nova cartilha do AFAM (Agricultura Familiar, Agroecologia e Mercado), sobre manejo de pragas e doenças.

Após receber a cartilha os produtores foram orientados sobre como utilizá-la e assistiram ao filme Agricultura Natural. Durante as aulas práticas, foram trabalhados a produção e aplicação de defensivos naturais. Assim, foram produzidos canteiros, realizado mudas de plantas, semeaduras e trocas de experiências no campo.

ADEL é uma das integrantes da Associação da Rede Cearense de Agroecologia (ARCA)

No dia 23 de junho de 2010, representantes de várias entidades, entre elas, ADEL, Fundação Konrad Adenauer, SESEMAR, NIC, juntamente com um grupo aproximado de 30 produtores agroecológicos fundaram a Associação da Rede Cearense de Agroecologia (ARCA).
A ARCA além de ser um meio de captar recursos para o setor agroecológico tem como objetivos trabalhar de forma mais homogenia e solidificar o movimento de certificação participativa no Ceará, que mesmo sendo realizado em seminários, encontros de formação dos produtores cadastrados, e intercâmbios com outras redes de certificação participativa, existia a necessidade de um espaço que integrasse todas as associações parceiras.

Após uma breve discussão sobre os princípios da ARCA, os participantes da reunião apresentaram uma proposta de estatuto, que logo foi aprovado, e delegaram os nomes da diretoria e conselho fiscal da ARCA a serem votados, na próxima reunião do grupo.