Adel realiza oficina de Empreendedorismo na V Festa do mel em Riacho do Paulo

Nos dias 26 e 27 de agosto, aconteceu a V Festa do Mel, na comunidade de Riacho do Paulo, em Apuiarés. A programação do evento incluiu oficinas, torneio de futebol, maratona do apicultor, desfile da rainha do mel e um show cultural.
Adriano Batista, diretor técnico da Adel, ministrou a oficina de Empreendedorismo, com a finalidade de apresentar técnicas empreendedoras que possibilitem o desenvolvimento da economia local, já que um dos principais desafios da associação é a comercialização. “A festa do mel existe há cinco anos e a cada ano a produção tem evoluído, porém a comercialização é um entrave, com esta oficina espero ter contribuído com a organização da cadeia produtiva”, afirma Adriano.
A realização anual do evento tem como propósito dá visibilidade a atividade apícola na comunidade. Segundo a presidente da associação, a Sra. Alzirene Gomes, o evento é importante para a consolidação da cadeia produtiva da apicultura no município de Apuiarés. “A festa do mel é um espaço privilegiado para fomentar a discussão e o debate das questões referente ao fortalecimento da apicultura e assim, viabilizar meios para fortalecer a Agricultura Familiar e incentivar o desenvolvimento de comunidades rurais como Riacho do Paulo”, enfatiza Alzirene.
A festa do mel é realizada desde 2007 pela Associação dos Apicultores da comunidade de Riacho de Paulo, em parceria com Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel), Prefeitura Municipal de Apuiarés, Banco do Nordeste, Câmara Municipal de Apuiarés, Cetra e Faap.

Adel realiza oficina de Empreendedorismo na V Festa do mel em Riacho do Paulo

Nos dias 26 e 27 de agosto, aconteceu a V Festa do Mel, na comunidade de
Riacho do Paulo, em Apuiarés. A programação do evento incluiu oficinas, torneio
de futebol, maratona do apicultor, desfile da rainha do mel e um show cultural.
Adriano Batista, diretor técnico da Adel, ministrou a oficina de Empreendedorismo,
com a finalidade de apresentar técnicas empreendedoras que possibilitem o desenvolvimento
da economia local, já que um dos principais desafios da associação é a
comercialização. “A festa do mel existe há cinco anos e a cada ano a produção
tem evoluído, porém a comercialização é um entrave, com esta oficina espero ter
contribuído com a organização da cadeia produtiva”, afirma Adriano.
A realização anual do evento tem como propósito dá visibilidade a
atividade apícola na comunidade. Segundo a presidente da associação, a Sra.
Alzirene Gomes, o evento é importante para a consolidação da cadeia produtiva da
apicultura no município de Apuiarés. “A festa do mel é um espaço privilegiado
para fomentar a discussão e o debate das questões referente ao fortalecimento
da apicultura e assim, viabilizar meios para fortalecer a Agricultura Familiar e
incentivar o desenvolvimento de comunidades rurais como Riacho do Paulo”,
enfatiza Alzirene.
A festa do mel é realizada desde 2007 pela Associação dos Apicultores da
comunidade de Riacho de Paulo, em parceria com Agência de Desenvolvimento
Econômico Local (Adel), Prefeitura Municipal de Apuiarés, Banco do Nordeste,
Câmara Municipal de Apuiarés, Cetra e Faap.

Jovem ADR apresenta cordel sobre a Cultura do Nordeste na IV Jornada do Jovem Rural

Na noite de quarta-feira (24/08), o jovem Maílson Bezerra, Agente de Desenvolvimento Rural (ADR), residente no município de Apuiarés apresentou para cerca de 400 participantes da IV Jornada do Jovem Rural, no município de Domingos Martins (ES), o cordel Cultura do Nordeste de sua autoria.
Mailson Bezerra foi formado pela primeira turma do Programa Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR), desenvolvido no Ceará pela Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) em parceria com o Instituto Souza Cruz e Fundação Konrad Adenauer.
Em sua apresentação, o jovem cearense fez uma amostra da diversidade cultural do estado, personalidades e costumes da região. Veja! 
A cultura do Nordeste
Não é brincadeira não
Nós gostamos do reizado
E da festa de São João
Comemos o mugunzá
E torresmo com baião
Tem a buchada de bode
E a cachaça com limão.
É a terra do cangaço
Terra de gente valente
Valente por que brigamos
Contra a injustiça existente
Que vive de maltratar
O nosso povo inocente.
Terra da índia guerreira
Nunca esqueço este tema
Mulher dos lábios de mel
Nossa índia Iracema
Nas mãos de José de Alencar
Sua história virou poema.
Nosso padim Padre Cícero
Nosso santo milagreiro
Pra esse povo sofredor
Ele foi um mensageiro
Que veio a terra dizer
Que Jesus é brasileiro.
Terra da caatinga
Terra do cerrado
Pra tanta gente de longe
Nosso clima tem mostrado
Que é forte e resistente
Igual toda essa gente
Que na vida só tem lutado.
Lutado contra a seca
Nossa inimiga forte
Tem gente que pensa assim
Tem gente que acha sorte
Morar nesse chão de bravos
Em vez de mudar pro Norte.
O nosso Luiz Gonzaga
Famoso rei do baião
Típica canção nossa
Que era da região
Mais que fez tanto sucesso
Que pra todos eu confesso
É a melhor da nação.
As coisas do Ceará
São de beleza incomum
Pode o mundo todo andar
Que jamais vai encontrar
Outro lugar em comum.

Jovem ADR apresenta cordel sobre a Cultura do Nordeste na IV Jornada do Jovem Rural

Na noite de
quarta-feira (24/08), o
jovem Maílson Bezerra, Agente de Desenvolvimento Rural (ADR), residente no
município de Apuiarés apresentou para cerca de 400 participantes da IV Jornada
do Jovem Rural, no município de Domingos Martins (ES), o cordel Cultura do
Nordeste de sua autoria.
Mailson Bezerra foi formado pela primeira turma do Programa Empreendedorismo do
Jovem Rural (PEJR), desenvolvido no Ceará pela Agência de Desenvolvimento
Econômico Local (Adel) em parceria com o Instituto Souza Cruz e Fundação Konrad
Adenauer.
Em sua apresentação, o
jovem cearense fez uma amostra da diversidade cultural do estado,
personalidades e costumes da região. Veja! 
A
cultura do Nordeste
Não
é brincadeira não
Nós
gostamos do reizado
E
da festa de São João
Comemos
o mugunzá
E
torresmo com baião
Tem
a buchada de bode
E
a cachaça com limão.
É
a terra do cangaço
Terra
de gente valente
Valente
por que brigamos
Contra
a injustiça existente
Que
vive de maltratar
O
nosso povo inocente.
Terra
da índia guerreira
Nunca
esqueço este tema
Mulher
dos lábios de mel
Nossa
índia Iracema
Nas
mãos de José de Alencar
Sua
história virou poema.
Nosso
padim Padre Cícero
Nosso
santo milagreiro
Pra
esse povo sofredor
Ele
foi um mensageiro
Que
veio a terra dizer
Que
Jesus é brasileiro.
Terra
da caatinga
Terra
do cerrado
Pra
tanta gente de longe
Nosso
clima tem mostrado
Que
é forte e resistente
Igual
toda essa gente
Que
na vida só tem lutado.
Lutado
contra a seca
Nossa
inimiga forte
Tem
gente que pensa assim
Tem
gente que acha sorte
Morar
nesse chão de bravos
Em
vez de mudar pro Norte.
O
nosso Luiz Gonzaga
Famoso
rei do baião
Típica
canção nossa
Que
era da região
Mais
que fez tanto sucesso
Que
pra todos eu confesso
É
a melhor da nação.
As
coisas do Ceará
São
de beleza incomum
Pode
o mundo todo andar
Que
jamais vai encontrar
Outro
lugar em comum.

Jovens da Adel participam da IV Jornada do Jovem Rural em Domingos Martins (ES)

Entre os dias 23 a 26 de agosto, vinte jovens da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) participaram da IV Jornada do Jovem Rural em Domingos Martins (ES), e discutiram com outros jovens de outras regiões brasileiras o tema “Por uma agricultura familiar, profissional e inovadora”. 
Durante uma semana os jovens participaram de oficinas, painéis, minicursos, grupos de trabalho, feira de produtos regionais e atividades culturais. A cerimônia de abertura iniciou com a apresentação “Amazonas – Folclore, Danças e Ritual”, seguida da mesa de abertura composta por prefeitos da região, autoridades locais e representantes da Rede Jovem Rural, promotora do evento.
Após a cerimônia de abertura aconteceu o painel: Um Projeto de Campo para o Brasil e a Feira de Produtos Regionais, onde os jovens participantes apresentaram seus trabalhos, alimentos, produtos beneficiados, mudas, sementes, artesanato, CD com músicas regionais, peças de vestuário, artesanato e outros resultados do trabalho desenvolvido no meio rural.
Na sequência, os jovens participaram de oficinas com os seguintes temas: Agregação de Valor no Campo; Atividades Rurais Não-Agrícolas; Atuação da Juventude nos Territórios Rurais; Cadeias Produtivas na Agricultura Familiar; Comunicação e Cultura no Campo; Movimentos Sociais do Campo; Formação Profissional no Campo; Nova Lei de Ater; Permacultura e Agroecologia; Políticas Públicas de Agricultura Familiar; Políticas Públicas de Juventude; Práticas Empreendedoras no Campo e Tecnologia da Informação no Meio Rural.
Fez parte da programação a visita às experiências de agroturismo na serra capixaba. Os participantes foram divididos em grupos e visitaram 14 empreendimentos da região, entre os municípios de Domingos Martins, Marechal Floriano e Venda Nova do Imigrante. Artesanato, agroindústrias, floricultura e projetos ambientais foram algumas das experiências que os jovens conheceram.
Jocileide Chaves, jovem participante da Adel, visitou o Orquidário Florabela, em Marechal Floriano, e diz que foi uma experiência interessante. “Tive a oportunidade de conhecer a reserva orquidófila cultivada pela família e suas diversas formas de cultivo. Foi muito interessante, conheci a história do fundador do Orquidário, Sr. Érico de Freitas Machado, cearense, que desde 1959 iniciou este trabalho na serra capixaba”, afirma ela.
Durante a IV Jornada do Jovem Rural foi lançado a revista Conexões Rurais, que apresenta 10 boas práticas identificadas pelas organizações que receberam jovens no III Intercâmbio da Juventude Rural Brasileira, promovido pela Rede Jovem Rural.Também foram realizadas cinco conferências livres de juventude, onde foi discutida a educação e profissionalização do campo e a participação da juventude rural. 

No último dia, os jovens visitaram o Convento da Penha, construído em 1558, em Vila Velha, uma das mais belas construções do Brasil Colonial, e um dos principais cartões postais do Espírito Santo. A cerimônia de encerramento aconteceu às 14h, no Clube Ítalo-Brasileiro, na Ilha do Boi, em Vitória (ES), onde foi lido o documento de resoluções da jornada.

Jovens da Adel participam da IV Jornada do Jovem Rural em Domingos Martins (ES)

Entre
os dias 23 a 26 de agosto, vinte jovens da Agência de Desenvolvimento Econômico
Local (Adel) participaram da IV Jornada do Jovem Rural em Domingos Martins
(ES), e discutiram com outros jovens de outras regiões brasileiras o tema “Por
uma agricultura familiar, profissional e inovadora”. 
Durante
uma semana os jovens participaram de oficinas, painéis, minicursos, grupos de
trabalho, feira de produtos regionais e atividades culturais. A cerimônia de
abertura iniciou com a apresentação “Amazonas – Folclore, Danças e Ritual”, seguida
da mesa de abertura composta por prefeitos da região, autoridades locais e
representantes da Rede Jovem Rural, promotora do evento.
Após
a cerimônia de abertura aconteceu o painel: Um Projeto de Campo para o Brasil e
a Feira de Produtos Regionais, onde os jovens participantes apresentaram seus
trabalhos, alimentos, produtos beneficiados, mudas, sementes, artesanato, CD
com músicas regionais, peças de vestuário, artesanato e outros resultados do
trabalho desenvolvido no meio rural.
Na
sequência, os jovens participaram de oficinas com os seguintes temas: Agregação
de Valor no Campo; Atividades Rurais Não-Agrícolas; Atuação da Juventude nos
Territórios Rurais; Cadeias Produtivas na Agricultura Familiar; Comunicação e
Cultura no Campo; Movimentos Sociais do Campo; Formação Profissional no Campo; Nova
Lei de Ater; Permacultura e Agroecologia; Políticas Públicas de Agricultura
Familiar; Políticas Públicas de Juventude; Práticas Empreendedoras no Campo e Tecnologia
da Informação no Meio Rural.
Fez
parte da programação a visita às experiências de agroturismo na serra capixaba.
Os participantes foram divididos em grupos e visitaram 14 empreendimentos da
região, entre os municípios de Domingos Martins, Marechal Floriano e Venda Nova
do Imigrante. Artesanato, agroindústrias, floricultura e projetos ambientais foram
algumas das experiências que os jovens conheceram.
Jocileide
Chaves, jovem participante da Adel, visitou o Orquidário Florabela, em Marechal
Floriano, e diz que foi uma experiência interessante. “Tive a oportunidade de
conhecer a reserva orquidófila cultivada pela família e suas diversas formas de
cultivo. Foi muito interessante, conheci a história do fundador do Orquidário,
Sr. Érico de Freitas Machado, cearense, que desde 1959 iniciou este trabalho na
serra capixaba”, afirma ela.
Durante
a IV Jornada do Jovem Rural foi lançado a revista Conexões Rurais, que apresenta
10 boas práticas identificadas pelas organizações que receberam jovens no III
Intercâmbio da Juventude Rural Brasileira, promovido pela Rede Jovem Rural.Também
foram realizadas cinco conferências livres de juventude, onde foi discutida a educação
e profissionalização do campo e a participação da juventude rural. 

No último dia, os jovens visitaram o Convento da Penha, construído em 1558, em Vila Velha, uma
das mais belas construções do Brasil Colonial, e um dos principais cartões
postais do Espírito Santo. A cerimônia de encerramento aconteceu às 14h, no Clube
Ítalo-Brasileiro, na Ilha do Boi, em Vitória (ES), onde foi lido o documento de resoluções da jornada.

Adel é selecionada em edital da UN-Habitat

O projeto Empreendedorismo Juvenil e Agricultura Urbana Sustentável da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) foi um dos selecionados pelo Fundo de Juventude do Programa das Nações Unidas de Assentamentos Humanos (UN-HABITAT) e Agência das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos. Foram, aproximadamente, 6 mil projetos de todos os países do mundo, destes, 59 projetos de 43 países foram selecionados.

O projeto será desenvolvido junto aos jovens dos bairros de Vila Nova, Ombreira, XV de Novembro e Pedreira no município de Pentecoste. “O nosso objetivo é promover a inclusão socioprodutiva de jovensurbanos de baixa renda e vulneráveis de Pentecoste, enfatizando o empreendedorismo como uma alternativa qualificada para a criação de emprego e renda” fala Wagner Gomes, diretor executivo da Adel. 

“Em longo prazo, pretendemos criar oportunidades de empregopara os jovens em áreas urbanas das cidades do interior e redução do êxododa nossa juventude”, acrescenta Wagner.

Veja a lista completa das entidades selecionadas: http://www.globalyouthdesk.org/2011_Grantees/2011_Grantees.html

Adel é selecionada em edital da UN-Habitat

O projeto Empreendedorismo Juvenil e Agricultura Urbana Sustentável da
Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) foi um dos selecionados pelo Fundo
de Juventude do Programa das Nações Unidas de Assentamentos Humanos (UN-HABITAT) e Agência das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos. Foram,
aproximadamente, 6 mil projetos de todos os países do mundo, destes, 59
projetos de 43 países foram selecionados.

O projeto será
desenvolvido junto aos jovens dos bairros de Vila Nova, Ombreira, XV de Novembro
e Pedreira no município de Pentecoste. “O nosso objetivo é promover a inclusão socioprodutiva de jovens
urbanos de baixa renda e vulneráveis de Pentecoste, enfatizando o
empreendedorismo como uma alternativa qualificada para a criação de emprego e renda” fala Wagner Gomes, diretor executivo da Adel. 

“Em longo
prazo, pretendemos criar oportunidades de emprego
para os jovens em áreas urbanas das cidades do interior e redução do êxodo
da nossa juventude”, acrescenta Wagner.

Veja a lista completa das entidades selecionadas: http://www.globalyouthdesk.org/2011_Grantees/2011_Grantees.html

Adel apoiará a 5ª Feira do Mel em Riacho do Paulo

Inicia na próxima sexta-feira (26), e se estende até o sábado (27), a 5ª Festa do Mel da comunidade de Riacho do Paulo no município de Apuiarés. Entre os produtos diferenciados a população irá encontrar mel in natura, favo de mel e derivados como bolos, sabonetes, xampu, etc. 
A Festa do Mel é um evento que acontece anualmente na comunidade, e objetiva consolidar a cadeia produtiva dos produtos apícola num processo de constituição de um espaço privilegiado para o fomento, a discussão e o debate das questões referentes ao fortalecimento da apicultura e assim viabilizar meios para o fortalecimento da Agricultura Familiar e o incentivo ao Desenvolvimento Regional.
O evento conta com a parceria da Adel, Prefeitura de Apuiarés, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apuiarés, Câmera dos Vereadores, Cetra e Federação das Associações de Apuiarés (FAAP).

Adel apoiará a 5ª Feira do Mel em Riacho do Paulo

Inicia na
próxima sexta-feira (26), e se estende até o sábado (27), a 5ª Festa do Mel da
comunidade de Riacho do Paulo no município de Apuiarés. Entre os produtos
diferenciados a população irá encontrar mel in natura, favo de mel e derivados
como bolos, sabonetes, xampu, etc. 
A Festa do Mel é um evento que
acontece anualmente na comunidade, e objetiva consolidar a cadeia produtiva dos
produtos apícola num processo de constituição de um espaço privilegiado para o
fomento, a discussão e o debate das questões referentes ao fortalecimento da
apicultura e assim viabilizar meios para o fortalecimento da Agricultura
Familiar e o incentivo ao Desenvolvimento Regional.
O evento conta com a parceria da Adel,
Prefeitura de Apuiarés, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apuiarés, Câmera
dos Vereadores, Cetra e Federação das Associações de Apuiarés (FAAP).