Jovens do Médio Curu no Seminário de Lideranças em Glória de Goitá (PE)

Entre os dias 22 e 25 de novembro, 24 jovens dos municípios do Médio Curu participarão do Seminário de Liderança do Programa Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR), no município de Glória do Goitá (PE). 
O Seminário promoverá um encontro entre os jovens egressos das primeiras turmas do programa no Nordeste, implementada no Ceará pela Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) e na Bahia pelo Movimento de Organização Comunitária (MOC).
Promovido pelo Instituto Souza Cruz, o Seminário acontecerá na sede do Serviço de Tecnologia Alternativa (Serta), terá como objetivo capacitar os participantes em habilidades de liderança e trabalho em equipe, além de reforçar a formação do programa e estimular o protagonismo nos diferentes territórios rurais onde atuam.
Durante o Seminário os jovens participarão de dinâmicas, atividades culturais e visitarão à ONG Acreditar, fundada por jovens da região pernambucana, e especializada na organização de pequenos empreendimentos e concessão de microcrédito orientado. O seminário contará ainda com a participação de Juan Moreno e Andrea Esquivel, representantes chilenos do Procasur/FIDA, que ministrarão palestra sobre as experiências de empreendedorismo de jovens rurais da América Latina.
Segundo Adriano Batista, Diretor Técnico da Adel, a participação dos jovens no Seminário irá contribuir para solidificação do trabalho da juventude no Médio Curu. “Conhecer outras experiências e fazer esse intercâmbio de ideias é fundamental, pois os jovens vão ouvir os depoimentos de outros jovens que assim como eles, estão implementando seus projetos produtivos, mesmo com dificuldades”, enfatiza ele.

Jovens do Médio Curu no Seminário de Lideranças em Glória de Goitá (PE)

Entre os
dias 22 e 25 de novembro, 24 jovens dos municípios do Médio Curu participarão
do Seminário de Liderança do Programa Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR),
no município de Glória do Goitá (PE). 
O Seminário promoverá
um encontro entre os jovens egressos das primeiras turmas do programa no
Nordeste, implementada no Ceará pela Agência de Desenvolvimento Econômico Local
(Adel) e na Bahia pelo Movimento de Organização Comunitária (MOC).
Promovido
pelo Instituto Souza Cruz, o Seminário acontecerá na sede do Serviço de
Tecnologia Alternativa (Serta), terá como objetivo capacitar os participantes
em habilidades de liderança e trabalho em equipe, além de reforçar a formação
do programa e estimular o protagonismo nos diferentes territórios rurais onde
atuam.
Durante o
Seminário os jovens participarão de dinâmicas, atividades culturais e visitarão
à ONG Acreditar, fundada por jovens da região pernambucana, e especializada na
organização de pequenos empreendimentos e concessão de microcrédito orientado.
O seminário contará ainda com a participação de Juan Moreno e Andrea Esquivel,
representantes chilenos do Procasur/FIDA, que ministrarão palestra sobre as
experiências de empreendedorismo de jovens rurais da América Latina.
Segundo Adriano
Batista, Diretor Técnico da Adel, a participação dos jovens no Seminário irá
contribuir para solidificação do trabalho da juventude no Médio Curu. “Conhecer
outras experiências e fazer esse intercâmbio de ideias é fundamental, pois os
jovens vão ouvir os depoimentos de outros jovens que assim como eles, estão
implementando seus projetos produtivos, mesmo com dificuldades”, enfatiza ele.

Conheça o spot do Programa Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR)

Durante o mês de novembro e dezembro o spot de divulgação do Programa Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR) produzido por Evilene Abreu da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel), em parceria com o estúdio Memorial do PRECE (85 9212 9665), será veiculado nas Rádios dos municípios do Médio Curu (Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca). O spot foi gravado na voz de Orismar Barroso, com gravação e edição de Hélio Sousa, ambos integrantes da equipe do estúdio Memorial do PRECE, através da parceria e apoio ao trabalho da Adel.
Escute aqui a gravação: http://youtu.be/kP_-hW8m2GE
As inscrições para 2ª turma do programa no Médio Curu estão abertas!
Saiba como participar em: : http://adel-ce.blogspot.com/2011/10/inscricoes-abertas-para-2-turma-do-pejr.html

Conheça o spot do Programa Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR)

Durante o mês de novembro e dezembro o spot de divulgação do Programa Empreendedorismo do Jovem Rural (PEJR) produzido por Evilene Abreu da Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel), em parceria com o estúdio Memorial do PRECE (85 9212 9665), será veiculado nas Rádios dos municípios do Médio Curu (Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca). O spot foi gravado na voz de Orismar Barroso, com gravação e edição de Hélio Sousa, ambos integrantes da equipe do estúdio Memorial do PRECE, através da parceria e apoio ao trabalho da Adel.
Escute aqui a gravação: http://youtu.be/kP_-hW8m2GE
As inscrições para 2ª turma do programa no Médio Curu estão abertas!
Saiba como participar em: : http://adel-ce.blogspot.com/2011/10/inscricoes-abertas-para-2-turma-do-pejr.html

Noni se torna fonte de renda para agricultor familiar do município de Apuiarés

Noni, a planta que tudo cura, segundo a crença popular, está se tornando uma fonte de renda para agricultor familiar de Apuiarés.

A Morinda citrifolia, ou Noni como é comumente conhecida é uma planta asiática que segundo os pesquisadores pode atingir 75% de eficiência na cura de 27 enfermidades. Os frutos e as mudas desta planta são facilmente encontrados todas as quartas-feira na Feira da Agricultura Familiar e Agroecológica de Apuiarés e nos mercados públicos de Fortaleza. Com a aparência de graviola é consumida em forma de suco ou garrafada.

Há 01(um) ano o agricultor Raimundo Bezerra Viana (55), trabalha com a planta e ressalta que o fruto tem boa saída, “hoje não consigo atender a toda demanda”. “Atualmente, tenho 300 pés de Noni e pretendo plantar mais 700 até o fim do ano”, ressalta o Sr. Raimundo Viana.

A agricultora Maria Mirtes da Silva Pinto (51) tomou o suco da planta e afirma ter tido grande melhora no seu problema de dores pelo corpo. “Eu recomendo pra qualquer pessoa, além da minha saúde, minha disposição e astral melhorou”, relata Mirtes.


Pouco conhecido ainda no Brasil, o Noni atualmente é bastante consumido nos Estados Unidos, no Japão, na China, na Índia, na Austrália e em grande parte da Europa.

A fruta vem sendo usada para fins medicinais, ela é indicada para curar e prevenir doenças ou como complemento de terapias. O Noni dá suporte ao sistema imunológico, melhora o bem estar, melhora a digestão, reduz inflamações e é um antioxidante efetivo. Francisco Leal, coordenador do Núcleo de Plantas Aromáticas e Medicinais da UFPI, informou que pacientes que sofrem de diversas enfermidades como alergias, artrite, hipertensão, obesidade e até câncer, tomam suco de Noni e são acompanhados pelos pesquisadores. “Temos visto a recomendação para diversos tipos de doenças” disse Francisco. Para ele, a melhora nos pacientes com câncer se deve ao fato do Noni elevar a imunidade, que é muito baixa em pacientes com a doença.

Apesar dos benefícios, o uso do fruto Noni não é reconhecido pela Anvisa, já que não possui um histórico de consumo no Brasil e não há segurança de uso. Controvérsias à parte, quem já usou a planta recomenda, mas o seu uso não dispensa a necessidade do acompanhamento médico.

Contatos:
Raimundo Bezerra Viana
Fazenda São José, S/N, Apuiarés – Ceará
Telefone: (85) 91488152/ 92401684

Noni se torna fonte de renda para agricultor familiar do município de Apuiarés

Noni,
a planta que tudo cura, segundo a crença popular, está se tornando uma fonte de
renda para agricultor familiar de Apuiarés.
A
Morinda citrifolia, ou Noni como é
comumente conhecida é uma planta asiática que segundo os pesquisadores pode
atingir 75% de eficiência na cura de 27 enfermidades. Os frutos e as mudas
desta planta são facilmente encontrados todas as quartas-feira na Feira da Agricultura Familiar e Agroecológica de
Apuiarés e nos mercados públicos de Fortaleza. Com a aparência de graviola é
consumida em forma de suco ou garrafada.

01(um) ano o agricultor Raimundo Bezerra Viana (55), trabalha com a planta e
ressalta que o fruto tem boa saída, “hoje não consigo atender a toda demanda”. “Atualmente,
tenho 300 pés de Noni e pretendo plantar mais 700 até o fim do ano”, ressalta o
Sr. Raimundo Viana.
A
agricultora Maria Mirtes da Silva Pinto (51) tomou o suco da planta e afirma
ter tido grande melhora no seu problema de dores pelo corpo. “Eu recomendo pra
qualquer pessoa, além da minha saúde, minha disposição e astral melhorou”,
relata Mirtes.

Pouco
conhecido ainda no Brasil, o Noni atualmente é bastante consumido nos Estados
Unidos, no Japão, na China, na Índia, na Austrália e em grande parte da Europa.

A
fruta vem sendo usada para fins medicinais, ela é indicada para curar e
prevenir doenças ou como complemento de terapias. O Noni dá suporte ao sistema
imunológico, melhora o bem estar, melhora a digestão, reduz inflamações e é um
antioxidante efetivo. Francisco Leal, coordenador do Núcleo de Plantas Aromáticas
e Medicinais da UFPI, informou que pacientes que sofrem de diversas
enfermidades como alergias, artrite, hipertensão, obesidade e até câncer, tomam
suco de Noni e são acompanhados pelos pesquisadores. “Temos visto a
recomendação para diversos tipos de doenças” disse Francisco. Para ele, a
melhora nos pacientes com câncer se deve ao fato do Noni elevar a imunidade,
que é muito baixa em pacientes com a doença.
Apesar
dos benefícios, o uso do fruto Noni não é reconhecido pela Anvisa, já que não
possui um histórico de consumo no Brasil e não há segurança de uso.
Controvérsias à parte, quem já usou a planta recomenda, mas o seu uso não
dispensa a necessidade do acompanhamento médico.
Contatos:
Raimundo
Bezerra Viana
Fazenda
São José, S/N, Apuiarés – Ceará
Telefone:
(85) 91488152/ 92401684