III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural

No período de 18 a 21 de junho, 35 jovens dos municípios de Apuiarés, Pentecoste, General Sampaio e Tejuçuoca do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), desenvolvido pela Adel, participaram do III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural, uma viagem de estudos no território do Vale do Curu e Aracatiaçu (CE).

O objetivo do intercâmbio foi proporcionar a troca de experiências e dar aos jovens do PJER a oportunidade de conhecer outras realidades, técnicas agrícolas e tecnologias alternativas, que poderão ser aplicadas em seus futuros empreendimentos.

Durante quatro dias, os jovens conheceram diversas iniciativas produtivas de fruticultura, permacultura, jardinagem, ovinocultura, turismo rural, entre outras. Eles também visitaram o Assentamento Macéio, em Itapipoca, onde conheceram a história do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), e o Complexo Portuário do Pecém, em São Gonçalo do Amarante, que viabiliza a operação de atividades portuárias e industriais integradas no Estado.

Para os jovens esta atividade foi muito enriquecedora. Ao relatarem a experiência vivida eles apresentam o quanto foi importante o momento. A maioria nunca tinha participado de experiências deste tipo e não conheciam as riquezas naturais existentes no território.

Um dos educadores do Programa, Elionardo Oliveira, descreve a importância desta atividade para a formação dos jovens. “É incontestável a importância desta atividade, pois vai além das fronteiras geográficas, possibilita aos jovens se perceber no lugar do outro, e imaginar como será seu empreendimento no futuro. Que dificuldades terão que superar e que resultados estarão apresentando nos próximos anos”, afirma.

Visita ao assentamento de Maceió

A jovem Lea Soares, de Pentecoste, também relata como foi à experiência. “O Intercâmbio foi muito bom, conheci pessoas que lutam por seus direitos e simplesmente é admirável. Agradeço a todos que proporcionaram esta experiência, principalmente as pessoas que nos receberam durante o intercâmbio”, enfatiza.
O III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural foi realizado pela Adel, com o apoio do Criança Esperança, Instituto Oi Futuro e o Fundo Itaú Excelência Social.

III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural

No período de 18 a 21 de junho, 35 jovens dos municípios de Apuiarés, Pentecoste, General Sampaio e Tejuçuoca do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), desenvolvido pela Adel, participaram do III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural, uma viagem de estudos no território do Vale do Curu e Aracatiaçu (CE).

O objetivo do intercâmbio foi proporcionar a troca de experiências e dar aos jovens do PJER a oportunidade de conhecer outras realidades, técnicas agrícolas e tecnologias alternativas, que poderão ser aplicadas em seus futuros empreendimentos.

Durante quatro dias, os jovens conheceram diversas iniciativas produtivas de fruticultura, permacultura, jardinagem, ovinocultura, turismo rural, entre outras. Eles também visitaram o Assentamento Macéio, em Itapipoca, onde conheceram a história do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), e o Complexo Portuário do Pecém, em São Gonçalo do Amarante, que viabiliza a operação de atividades portuárias e industriais integradas no Estado.

Para os jovens esta atividade foi muito enriquecedora. Ao relatarem a experiência vivida eles apresentam o quanto foi importante o momento. A maioria nunca tinha participado de experiências deste tipo e não conheciam as riquezas naturais existentes no território.

Um dos educadores do Programa, Elionardo Oliveira, descreve a importância desta atividade para a formação dos jovens. “É incontestável a importância desta atividade, pois vai além das fronteiras geográficas, possibilita aos jovens se perceber no lugar do outro, e imaginar como será seu empreendimento no futuro. Que dificuldades terão que superar e que resultados estarão apresentando nos próximos anos”, afirma.

Visita ao assentamento de Maceió

A jovem Lea Soares, de Pentecoste, também relata como foi à experiência. “O Intercâmbio foi muito bom, conheci pessoas que lutam por seus direitos e simplesmente é admirável. Agradeço a todos que proporcionaram esta experiência, principalmente as pessoas que nos receberam durante o intercâmbio”, enfatiza.
O III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural foi realizado pela Adel, com o apoio do Criança Esperança, Instituto Oi Futuro e o Fundo Itaú Excelência Social.

PJER abre inscrições para nova turma

A Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) abriu nesta quarta-feira (19) as inscrições para nova turma do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER).

O Programa visa criar oportunidades para os jovens empreendedores de comunidades do território do Médio Curu (Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca), semiárido cearense. O PJER consiste na aliança entre 04 (quatro) componentes: acesso a conhecimento, crédito orientado, apoio no fortalecimento organizativo e acesso a tecnologias de informação e comunicação.

O primeiro componente engloba a Formação Empreendedora, para qual serão selecionados 35 jovens. A formação utiliza a pedagogia da alternância que intercala uma semana no Centro de Formação e duas semanas com a família. Após a formação o jovem pode dá continuidade a sua participação no Programa participando das atividades dos demais eixos.

Podem participar da seleção jovens de 16 a 29 anos que tenham interesse em empreender no meio rural e residam nos municípios do Médio Curu. As inscrições estão abertas até o dia 05 de julho na sede da Adel em Pentecoste (Rua Francisco Nunes, nº 532, Acampamento); nas Secretarias de Agricultura e Sindicatos de Trabalhadores Rurais do seu município.

A Formação Empreendedora conta com o apoio do Criança Esperança, do Programa Novos Rurais e do Fundo Itaú Excelência Social.

PJER abre inscrições para nova turma

A Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) abriu nesta quarta-feira (19) as inscrições para nova turma do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER).

O Programa visa criar oportunidades para os jovens empreendedores de comunidades do território do Médio Curu (Apuiarés, General Sampaio, Pentecoste e Tejuçuoca), semiárido cearense.
O PJER consiste na aliança entre 04 (quatro) componentes: acesso a conhecimento, crédito orientado, apoio no fortalecimento organizativo e acesso a tecnologias de informação e comunicação.

O primeiro componente engloba a Formação Empreendedora, para qual serão selecionados 35 jovens. A formação utiliza a pedagogia da alternância que intercala uma semana no Centro de Formação e duas semanas com a família. Após a formação o jovem pode dá continuidade a sua participação no Programa participando das atividades dos demais eixos.

Podem participar da seleção jovens de 16 a 29 anos que tenham interesse em empreender no meio rural e residam nos municípios do Médio Curu. As inscrições estão abertas até o dia 05 de julho na sede da Adel em Pentecoste (Rua Francisco Nunes, nº 532, Acampamento); nas Secretarias de Agricultura e Sindicatos de Trabalhadores Rurais do seu município.

A Formação Empreendedora conta com o apoio do Criança Esperança, do Programa Novos Rurais e do Fundo Itaú Excelência Social.

Adel realiza III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural

No dia 18 de junho, iniciou-se o III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural, uma oportunidade para os jovens trocarem experiências, conhecerem outras realidades, outras técnicas agrícolas e tecnologias alternativas, que podem serem aplicadas em seus empreendimentos produtivos.

O Intercâmbio faz parte das atividades da Rede de Jovens Empreendedores Rurais do Médio Curu, e proporcionará a 35 jovens dos municípios de Apuiarés, Pentecoste, General Sampaio e Tejuçuoca, a oportunidade de conhecer algumas práticas desenvolvidas por empreendedores no território do Vale do Curu e Aracatiaçu.

Durante quatro dias, os jovens irão conhecer diversos empreendimentos produtivos de fruticultura, permacultura, jardinagem, ovinocultura, turismo rural, entre outras áreas. Eles também visitarão o Assentamento Macéio, em Itapipoca, onde terão a oportunidade de conhecer a história do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), e o Complexo Portuário do Pecém, em São Gonçalo do Amarante, que viabiliza a operação de atividades portuárias e industriais integradas no Estado.

Segundo a coordenadora do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), Aurigele Alves, o intercâmbio é uma atividade que a Adel promove todos os anos com os jovens em formação com o intuito de ampliar a visão da turma para as oportunidades existentes no Território. “É uma maneira de apresentar aos jovens experiências empreendedoras exitosas no Território, para que eles conheçam os relatos e os empreendimentos implantados, e a partir destes levem consigo algumas técnicas para seus projetos em desenvolvimento”, afirma.

O III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural é realizado pela Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel), com o apoio do Criança Esperança, Instituto Oi Futuro e o Fundo Itaú Excelência Social.

Adel realiza III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural

No dia 18 de junho, iniciou-se o III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural, uma oportunidade para os jovens trocarem experiências, conhecerem outras realidades, outras técnicas agrícolas e tecnologias alternativas, que podem serem aplicadas em seus empreendimentos produtivos.

O Intercâmbio faz parte das atividades da Rede de Jovens Empreendedores Rurais do Médio Curu, e proporcionará a 35 jovens dos municípios de Apuiarés, Pentecoste, General Sampaio e Tejuçuoca, a oportunidade de conhecer algumas práticas desenvolvidas por empreendedores no território do Vale do Curu e Aracatiaçu.

Durante quatro dias, os jovens irão conhecer diversos empreendimentos produtivos de fruticultura, permacultura, jardinagem, ovinocultura, turismo rural, entre outras áreas. Eles também visitarão o Assentamento Macéio, em Itapipoca, onde terão a oportunidade de conhecer a história do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), e o Complexo Portuário do Pecém, em São Gonçalo do Amarante, que viabiliza a operação de atividades portuárias e industriais integradas no Estado.

Segundo a coordenadora do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), Aurigele Alves, o intercâmbio é uma atividade que a Adel promove todos os anos com os jovens em formação com o intuito de ampliar a visão da turma para as oportunidades existentes no Território. “É uma maneira de apresentar aos jovens experiências empreendedoras exitosas no Território, para que eles conheçam os relatos e os empreendimentos implantados, e a partir destes levem consigo algumas técnicas para seus projetos em desenvolvimento”, afirma.

O III Intercâmbio do Jovem Empreendedor Rural é realizado pela Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel), com o apoio do Criança Esperança, Instituto Oi Futuro e o Fundo Itaú Excelência Social.

Novos Rurais realiza sua última formação

Do dia 3 ao dia 7 de junho, aconteceu no Centro de Formação, em Cipó (Pentecoste/CE), as últimas atividades do Novos Rurais, programa realizado pela Adel no Ceará, em parceria com o Instituto Souza Cruz.

Nas últimas três semanas de estudo, os jovens estudaram temas relacionados aos seus planos de negócios. Foram três módulos no total. No primeiro módulo foi estudado o tema: “Novo Rural como ambiente – Agricultura familiar como suporte para empreendimentos de jovens rurais”. Uma temática importante para compreensão do meio familiar e rural em que a juventude vive.

No segundo módulo foi trabalhado o tema: “Empreendimentos de Jovens Rurais, Cenários, Possibilidades e Oportunidades”, onde os jovens assimilaram conhecimentos a cerca das viabilidades e oportunidades para o seu negócio.

No último e terceiro módulo foi discutido o tema: “Jovem Rural que planeja e elabora projetos: Da ideia ao empreendimento”, onde os mesmos escreveram o Plano de Negócios dos seus empreendimentos. Atividade realizada a partir dos planos de estudos e conhecimentos adquiridos durante o estudo dos outros módulos da apostila do Novos Rurais.

Segundo Jaqueline Sousa Alves, que participa da turma atual e sonha em implantar na sua comunidade um restaurante de comidas típicas, a apostilha tem sido muito importante para a compreensão e planejamento do empreendimento que deseja implantar. “ É muito rico o conteúdo dessa apostilha, pude ver e aprender como se elabora passo a passo um Plano de Negócio, acredito que futuramente irei ganhar o meu próprio dinheiro a partir de tudo isso que aprendi ”, afirma.

O Programa Novos Rurais é uma metodologia desenvolvida pelo Instituto Souza Cruz que tem como objetivo fomentar estratégias de diversificação produtiva e comercial entre os jovens que vivem no campo, e funciona em duas etapas. A primeira tem como foco a formação e a segunda etapa apoia a implantação das Unidades Demonstrativas dos jovens.

Novos Rurais realiza sua última formação

Do dia 3 ao dia 7 de junho, aconteceu no Centro de Formação, em Cipó (Pentecoste/CE), as últimas atividades do Novos Rurais, programa realizado pela Adel no Ceará, em parceria com o Instituto Souza Cruz.

Nas últimas três semanas de estudo, os jovens estudaram temas relacionados aos seus planos de negócios. Foram três módulos no total. No primeiro módulo foi estudado o tema: “Novo Rural como ambiente – Agricultura familiar como suporte para empreendimentos de jovens rurais”. Uma temática importante para compreensão do meio familiar e rural em que a juventude vive.

No segundo módulo foi trabalhado o tema: “Empreendimentos de Jovens Rurais, Cenários, Possibilidades e Oportunidades”, onde os jovens assimilaram conhecimentos a cerca das viabilidades e oportunidades para o seu negócio.

No último e terceiro módulo foi discutido o tema: “Jovem Rural que planeja e elabora projetos: Da ideia ao empreendimento”, onde os mesmos escreveram o Plano de Negócios dos seus empreendimentos. Atividade realizada a partir dos planos de estudos e conhecimentos adquiridos durante o estudo dos outros módulos da apostila do Novos Rurais.

Segundo Jaqueline Sousa Alves, que participa da turma atual e sonha em implantar na sua comunidade um restaurante de comidas típicas, a apostilha tem sido muito importante para a compreensão e planejamento do empreendimento que deseja implantar. “ É muito rico o conteúdo dessa apostilha, pude ver e aprender como se elabora passo a passo um Plano de Negócio, acredito que futuramente irei ganhar o meu próprio dinheiro a partir de tudo isso que aprendi ”, afirma.

O Programa Novos Rurais é uma metodologia desenvolvida pelo Instituto Souza Cruz que tem como objetivo fomentar estratégias de diversificação produtiva e comercial entre os jovens que vivem no campo, e funciona em duas etapas. A primeira tem como foco a formação e a segunda etapa apoia a implantação das Unidades Demonstrativas dos jovens.

Penúltima Sequência da Formação Empreendedora da Turma 2013.1

Entre os dias 03 a 07 de junho, aconteceu a Penúltima Sequência da Formação Empreendedora do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) da Turma 2013.1. O PJER é desenvolvido pela Adel e visa criar oportunidades para jovens rurais com idade entre 16 e 29 anos.

Na 5ª Sequência da Formação Empreendedora foram discutidos os temas: gestão dos negócios rurais; acesso a mercados e estudo das viabilidades; e contabilidade do negócio rural. O principal foco da semana foi aplicar os conteúdos estudados na elaboração e descrição dos Planos de Negócios dos empreendimentos de cada jovem. 
Os Planos de Negócios serão finalizados na próxima sequência, última semana da Formação Empreendedora da Turma 2013.1. Durante a avaliação os jovens manifestaram o quanto tem sido importante participar do programa.

Para Valdones Delmiro, jovem que reside no município de Tejuçuoca, a participação no PJER lhe trouxe muitas oportunidades. “Um sonho, uma vida, não imaginava em seis meses passar por tantas experiências maravilhosas, tive muitos aprendizados, tudo isso em pouco tempo. O PJER é uma oportunidade única, que abre muitos caminhos”, declara. 
Nesta Sequência, também aconteceu o Desafio Empreendedor onde os jovens executaram provas físicas e lógicas, e a escolha de dois representantes da turma que irão participar da 5ª Jornada do Jovem Rural que acontecerá nos dias 27 a 30 de agosto de 2013, em Bocaiúva do Sul (PR). 
A Formação Empreendedora do PJER é realizada pela Adel em parceria com o Criança Esperança, o Programa Novos Rurais e o Fundo Itaú Excelência Social. Conta com o apoio das Prefeituras Municipais de General Sampaio e Tejuçuoca, através das Secretarias de Agricultura.

Penúltima Sequência da Formação Empreendedora da Turma 2013.1

Entre os dias 03 a 07 de junho, aconteceu a Penúltima Sequência da Formação Empreendedora do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) da Turma 2013.1. O PJER é desenvolvido pela Adel e visa criar oportunidades para jovens rurais com idade entre 16 e 29 anos.

Na 5ª Sequência da Formação Empreendedora foram discutidos os temas: gestão dos negócios rurais; acesso a mercados e estudo das viabilidades; e contabilidade do negócio rural. O principal foco da semana foi aplicar os conteúdos estudados na elaboração e descrição dos Planos de Negócios dos empreendimentos de cada jovem. 
Os Planos de Negócios serão finalizados na próxima sequência, última semana da Formação Empreendedora da Turma 2013.1. Durante a avaliação os jovens manifestaram o quanto tem sido importante participar do programa.

Para Valdones Delmiro, jovem que reside no município de Tejuçuoca, a participação no PJER lhe trouxe muitas oportunidades. “Um sonho, uma vida, não imaginava em seis meses passar por tantas experiências maravilhosas, tive muitos aprendizados, tudo isso em pouco tempo. O PJER é uma oportunidade única, que abre muitos caminhos”, declara. 
Nesta Sequência, também aconteceu o Desafio Empreendedor onde os jovens executaram provas físicas e lógicas, e a escolha de dois representantes da turma que irão participar da 5ª Jornada do Jovem Rural que acontecerá nos dias 27 a 30 de agosto de 2013, em Bocaiúva do Sul (PR). 
A Formação Empreendedora do PJER é realizada pela Adel em parceria com o Criança Esperança, o Programa Novos Rurais e o Fundo Itaú Excelência Social. Conta com o apoio das Prefeituras Municipais de General Sampaio e Tejuçuoca, através das Secretarias de Agricultura.