Adel recebe visita da Ashoka e do Instituto Sertão Vivo

A Adel recebeu na última terça-feira (29/10), em sua sede em Pentecoste, Deise Hajpek, Venture e Fellowship da Ashoka e Carlos Simão, diretor-presidente do Instituto Sertão Vivo, fellow da Rede Ashoka e idealizador do Projeto Pingo D’Água no município de Quixeramobim, sertão do Ceará.

A Ashoka é uma organização mundial, pioneira no campo da inovação social, trabalho e apoio aos empreendedores sociais. É uma das instituições parceiras da Adel, que tem impulsionado o fortalecimento das ações desenvolvidas no semiárido cearense.

Durante a visita eles se reuniram com a equipe da Adel e com jovens empreendedores rurais para compreender melhor como funciona o Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), tecnologia social da instituição. Após a reunião, Deise Hajpek e Carlos Simão visitaram os empreendimentos dos jovens Giliard Gama e Everardo Alves que trabalham com a produção de coco e meliponicultura, respectivamente.

“Ficamos todos impressionados como os jovens empreendedores têm produzido numa realidade onde muitos não conseguem enxergar nada, eles conseguem empreender e mudar uma realidade”, comenta Carlos Simão.

Adel recebe visita da Ashoka e do Instituto Sertão Vivo

A Adel recebeu na última terça-feira (29/10), em sua sede em Pentecoste, Deise Hajpek, Venture e Fellowship da Ashoka e Carlos Simão, diretor-presidente do Instituto Sertão Vivo, fellow da Rede Ashoka e idealizador do Projeto Pingo D’Água no município de Quixeramobim, sertão do Ceará.

A Ashoka é uma organização mundial, pioneira no campo da inovação social, trabalho e apoio aos empreendedores sociais. É uma das instituições parceiras da Adel, que tem impulsionado o fortalecimento das ações desenvolvidas no semiárido cearense.

Durante a visita eles se reuniram com a equipe da Adel e com jovens empreendedores rurais para compreender melhor como funciona o Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), tecnologia social da instituição. Após a reunião, Deise Hajpek e Carlos Simão visitaram os empreendimentos dos jovens Giliard Gama e Everardo Alves que trabalham com a produção de coco e meliponicultura, respectivamente.

“Ficamos todos impressionados como os jovens empreendedores têm produzido numa realidade onde muitos não conseguem enxergar nada, eles conseguem empreender e mudar uma realidade”, comenta Carlos Simão.

Adel realiza 4ª Semana de Formação do PJER

Entre os dias 14 a 17 de outubro, aconteceu no Centro de Formação, na comunidade rural de Cipó, Pentecoste/CE, as atividades da 4ª Sequência de Formação do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) .

Na 4ª Sequência da Formação Empreendedora foram discutidos os temas: Novas profissões rurais; Diagnóstico local das oportunidades de negócios; Aspectos legais dos negócios rurais; Redes, Cooperação e Arranjos Produtivos Locais (APLs).

Durante a semana, foram realizadas várias oficinas e rodas de conversas. Adriano Batista, coordenador de Protagonismo Estudantil da Secretaria de Educação do Estado (SEDUC) foi um dos colaboradores da turma, que trabalhou os temas: Redes, Cooperação e APLs.

Além das atividades internas no Centro de Formação, os jovens conheceram empreendimentos não agrícolas implantados no município de General Sampaio. Na ocasião, o Secretário do Meio Ambiente de General Sampaio, Cesar Almeida, e o Técnico agrícola, Gerardo Menezes, acompanharam os jovens na visita e trouxeram muitas colaborações para os projetos da turma.

Secretário do Meio Ambiente de General Sampaio, Cesar Almeida, contribuindo com a turma

“Aprendi esta semana várias coisas, tanto com os conteúdos trabalhados quanto nas visitas. Já estou quase apta a fazer o plano de negócio do meu empreendimento. Não vejo a hora”, afirma entusiasmada Gabriela Pinto dos Santos, uma das jovens da turma.

A Formação Empreendedora do PJER é realizada pela Adel em parceria com o Criança Esperança, o Programa Novos Rurais e o Fundo Itaú Excelência Social e conta com o apoio das Prefeituras Municipais de General Sampaio e Tejuçuoca, através das Secretarias de Agricultura.

Adel realiza 4ª Semana de Formação do PJER

Entre os dias 14 a 17 de outubro, aconteceu no Centro de Formação, na comunidade rural de Cipó, Pentecoste/CE, as atividades da 4ª Sequência de Formação do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) .

Na 4ª Sequência da Formação Empreendedora foram discutidos os temas: Novas profissões rurais; Diagnóstico local das oportunidades de negócios; Aspectos legais dos negócios rurais; Redes, Cooperação e Arranjos Produtivos Locais (APLs).

Durante a semana, foram realizadas várias oficinas e rodas de conversas. Adriano Batista, coordenador de Protagonismo Estudantil da Secretaria de Educação do Estado (SEDUC) foi um dos colaboradores da turma, que trabalhou os temas: Redes, Cooperação e APLs.

Além das atividades internas no Centro de Formação, os jovens conheceram empreendimentos não agrícolas implantados no município de General Sampaio. Na ocasião, o Secretário do Meio Ambiente de General Sampaio, Cesar Almeida, e o Técnico agrícola, Gerardo Menezes, acompanharam os jovens na visita e trouxeram muitas colaborações para os projetos da turma.

Secretário do Meio Ambiente de General Sampaio, Cesar Almeida, contribuindo com a turma

“Aprendi esta semana várias coisas, tanto com os conteúdos trabalhados quanto nas visitas. Já estou quase apta a fazer o plano de negócio do meu empreendimento. Não vejo a hora”, afirma entusiasmada Gabriela Pinto dos Santos, uma das jovens da turma.

A Formação Empreendedora do PJER é realizada pela Adel em parceria com o Criança Esperança, o Programa Novos Rurais e o Fundo Itaú Excelência Social e conta com o apoio das Prefeituras Municipais de General Sampaio e Tejuçuoca, através das Secretarias de Agricultura.

Comunidade de Vila Soares celebra a conquista do Centro Integrado de Tecnologias (Cit)

Na última sexta-feira (18/10), às 15h, aconteceu na comunidade de Vila Soares, em Apuiarés, a inauguração do Centro Integrado de Tecnologias (Cit), uma ação do Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais, realizado pela Adel.

A comunidade de Vila Soares, é a segunda em Apuiarés a receber um Cit, um espaço gerido pelos jovens da comunidade, que possibilita o acesso às Tecnologias de Informações e Comunicação (TIC’s) e contribui com a formação e o desenvolvimento local.

Equipe Adel e o coordenador do Nud – Edilardo Sales (à direita)

Além da implantação dos Centros o projeto motiva os jovens a participarem da “Rede de Jovens Empreendedores Rurais”, uma rede virtual lançada internacionalmente com o apoio do Changemakers da Ashoka, parceira da Adel.

Na plataforma, os jovens têm seus próprios perfis e trocam ideias com outros jovens e possíveis investidores dos seus empreendimentos. A maioria dos jovens que participam da rede implantaram ou sonham em ter seu próprio negócio rural.

Em Vila Soares, o Cit conta com o apoio do Núcleo de Desenvolvimento Local (Nud) empreendimento
social constituído em sua maioria por jovens da comunidade, que surgiu do interesse de alguns jovens de buscar soluções para problemas sociais existentes na comunidade e comunidades vizinhas.

Para o Coordenador do Nud Edilardo Sales, o Cit é um ambiente importante para a comunidade. “Os Cit’s são um espaço de troca de conhecimentos no meio rural, uma vez que traz a informação as nossas comunidades e poderemos divulgar os nossos empreendimentos”, enfatiza.

O Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais é apoiado pelo Programa Oi Novos Brasis do Instituto Oi Futuro. Ao todo, cinco Centros foram implantados nas comunidades rurais do Médio Curu.

Comunidade de Vila Soares celebra a conquista do Centro Integrado de Tecnologias (Cit)

Na última sexta-feira (18/10), às 15h, aconteceu na comunidade de Vila Soares, em Apuiarés, a inauguração do Centro Integrado de Tecnologias (Cit), uma ação do Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais, realizado pela Adel.

A comunidade de Vila Soares, é a segunda em Apuiarés a receber um Cit, um espaço gerido pelos jovens da comunidade, que possibilita o acesso às Tecnologias de Informações e Comunicação (TIC’s) e contribui com a formação e o desenvolvimento local.

Equipe Adel e o coordenador do Nud – Edilardo Sales (à direita)

Além da implantação dos Centros o projeto motiva os jovens a participarem da “Rede de Jovens Empreendedores Rurais”, uma rede virtual lançada internacionalmente com o apoio do Changemakers da Ashoka, parceira da Adel.

Na plataforma, os jovens têm seus próprios perfis e trocam ideias com outros jovens e possíveis investidores dos seus empreendimentos. A maioria dos jovens que participam da rede implantaram ou sonham em ter seu próprio negócio rural.

Em Vila Soares, o Cit conta com o apoio do Núcleo de Desenvolvimento Local (Nud) empreendimento
social constituído em sua maioria por jovens da comunidade, que surgiu do interesse de alguns jovens de buscar soluções para problemas sociais existentes na comunidade e comunidades vizinhas.

Para o Coordenador do Nud Edilardo Sales, o Cit é um ambiente importante para a comunidade. “Os Cit’s são um espaço de troca de conhecimentos no meio rural, uma vez que traz a informação as nossas comunidades e poderemos divulgar os nossos empreendimentos”, enfatiza.

O Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais é apoiado pelo Programa Oi Novos Brasis do Instituto Oi Futuro. Ao todo, cinco Centros foram implantados nas comunidades rurais do Médio Curu.

Equipe de responsabilidade social da Oi visita a Adel

Na última terça-feira (15/10), Filomena Brandão e Eugênia Cabral, da equipe de responsabilidade social da Oi visitaram a Adel. O objetivo da visita foi conhecer as ações do Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais desenvolvido pela Adel e apoiado pelo Programa Oi Novos Brasis do Instituto Oi Futuro.

Durante a visita, a equipe conheceu o primeiro Centro Integrado de Tecnologias (Cit), implantado pelo projeto, na comunidade de Sítio do Meio; a sede da Adel; e os jovens que estavam participando da Formação Empreendedora do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), no Centro de Formação, em Cipó, ambos no município de Pentecoste.

Reunião na sede da Adel (Wagner Gomes e Helano Luz Lopes – Adel; Eugênia Cabral e Filomena Brandão – Oi)

Participaram de uma reunião com a equipe da Adel, que apresentou as ações da instituição, em especial as atividades realizadas pelo Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais, e conheceram histórias de jovens empreendedores que participam do PJER.

Na ocasião, as jornalistas Filomena Brandão e Eugênia Cabral conversaram com os jovens da Formação Empreendedora do PJER, que expressaram os empreendimentos que desejam implantar na região e entrevistaram o jovem empreendedor rural Neto Ribeiro.

Visita aos jovens em formação – PJER

Neto é um dos coordenadores do Cit de Sítio do Meio e um dos primeiros jovens do PJER que está ampliando seu empreendimento de aves caipira. Na entrevista, Neto falou dos seus sonhos pessoais e para a comunidade. “Eu quero ampliar meu empreendimento e colaborar para que outros jovens da comunidade tenham mais oportunidades”, enfatiza.

Entrevista com Neto Ribeiro – Cit Sítio do Meio, Pentecoste

O Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais é uma ação do PJER, apoiado pelo Programa Oi Novos Brasis que tem como objetivo possibilitar aos jovens empreendedores rurais o acesso às Tecnologias de Informações e Comunicação (TIC’s).

Equipe de responsabilidade social da Oi visita a Adel

Na última terça-feira (15/10), Filomena Brandão e Eugênia Cabral, da equipe de responsabilidade social da Oi visitaram a Adel. O objetivo da visita foi conhecer as ações do Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais desenvolvido pela Adel e apoiado pelo Programa Oi Novos Brasis do Instituto Oi Futuro.

Durante a visita, a equipe conheceu o primeiro Centro Integrado de Tecnologias (Cit), implantado pelo projeto, na comunidade de Sítio do Meio; a sede da Adel; e os jovens que estavam participando da Formação Empreendedora do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), no Centro de Formação, em Cipó, ambos no município de Pentecoste.

Reunião na sede da Adel (Wagner Gomes e Helano Luz Lopes – Adel; Eugênia Cabral e Filomena Brandão – Oi)

Participaram de uma reunião com a equipe da Adel, que apresentou as ações da instituição, em especial as atividades realizadas pelo Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais, e conheceram histórias de jovens empreendedores que participam do PJER.

Na ocasião, as jornalistas Filomena Brandão e Eugênia Cabral conversaram com os jovens da Formação Empreendedora do PJER, que expressaram os empreendimentos que desejam implantar na região e entrevistaram o jovem empreendedor rural Neto Ribeiro.

Visita aos jovens em formação – PJER

Neto é um dos coordenadores do Cit de Sítio do Meio e um dos primeiros jovens do PJER que está ampliando seu empreendimento de aves caipira. Na entrevista, Neto falou dos seus sonhos pessoais e para a comunidade. “Eu quero ampliar meu empreendimento e colaborar para que outros jovens da comunidade tenham mais oportunidades”, enfatiza.

Entrevista com Neto Ribeiro – Cit Sítio do Meio, Pentecoste

O Projeto Rede de Jovens Empreendedores Rurais é uma ação do PJER, apoiado pelo Programa Oi Novos Brasis que tem como objetivo possibilitar aos jovens empreendedores rurais o acesso às Tecnologias de Informações e Comunicação (TIC’s).

PJER é finalista do Prêmio ODM Brasil

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), tecnologia social criada e desenvolvida pela Adel, que oportuniza o desenvolvimento de negócios rurais de jovens empreendedores rurais, é uma das iniciativas finalistas da 5ª Edição do Prêmio Objetivos do Milênio (ODM).

O Prêmio ODM Brasil tem como finalidade incentivar, valorizar e dar maior visibilidade a práticas que contribuam para os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Nos próximos meses, técnicos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e dos Ministérios irão visitar a Adel e conhecer mais de perto a experiência do programa.

Após as visitas técnicas e avaliação dos jurados serão selecionadas 30 iniciativas, cujo resultado será publicado em fevereiro de 2014.

Mais informações: http://www.odmbrasil.gov.br/

PJER é finalista do Prêmio ODM Brasil

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), tecnologia social criada e desenvolvida pela Adel, que oportuniza o desenvolvimento de negócios rurais de jovens empreendedores rurais, é uma das iniciativas finalistas da 5ª Edição do Prêmio Objetivos do Milênio (ODM).

O Prêmio ODM Brasil tem como finalidade incentivar, valorizar e dar maior visibilidade a práticas que contribuam para os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Nos próximos meses, técnicos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e dos Ministérios irão visitar a Adel e conhecer mais de perto a experiência do programa.

Após as visitas técnicas e avaliação dos jurados serão selecionadas 30 iniciativas, cujo resultado será publicado em fevereiro de 2014.

Mais informações: http://www.odmbrasil.gov.br/