3º Módulo Formação Empreendedora em São Gonçalo do Amarante

Entre os dias 16 e 20 de junho, a Adel realizou na comunidade de Sororoca, em São Gonçalo do Amarante o 3º Módulo da Formação Empreendedora do Programa Território Empreendedor, desenvolvido em parceria com a BrazilFoundation e Acreditar.

Durante a semana foram trabalhadas as seguintes temáticas: Introdução ao Marketing; Estudo de Mercado; Estratégias de Comercialização; Desenvolvimento de Produtos e Análise de Casos de Sucesso. As temáticas foram abordadas pela equipe de assessores de formação em parceria com os colaboradores externos, que através de aulas expositivas e dialogadas debateram com os jovens como aplicar em seus empreendimentos as ferramentas e expertises vistas na formação.

Neste módulo, os jovens tiveram como colaboradores externos: Evilene Abreu, sócio-fundadora e assessora de comunicação da Adel; Renato Bezerra, Administrador de Empresas; e os jovens Neto Ribeiro, Giliard Gama e Raquel Soares, ambos são empreendedores no município de Pentecoste e participaram do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), desenvolvido pela Adel no Médio Curu.

Os jovens Neto Ribeiro, Giliard Gama e Raquel Soares representam a nova cara do sertão e inspiram outros jovens a empreender no meio rural. Eles venceram os desafios e implantaram os empreendimentos planejados durante a Formação Empreendedora, ministrada pela Adel.

Neto, além de ter seu empreendimento de aves caipira é articulador da Rede de Jovem Empreendedor Rural. Giliard trabalha com cultivo de coco e recentemente recebeu o 1º Prêmio “A Nova Cara do Sertão”. Raquel foi uma das finalistas do 1º Prêmio “A Nova Cara do Sertão”, e atua no ramo de manicure e unhas decoradas.

Após conhecer as histórias de vida dos jovens empreendedores de Pentecoste, cada jovem foi motivado a escrever durante o período vivencial, um esboço do plano de negócio simplificado do seu empreendimento para apresentar no próximo módulo da Formação Empreendedora.

A Formação Empreendedora é uma ação do Programa Território Empreendedor. Faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP que busca criar um ecossistema de empreendedorismo socioeconômico na região do Complexo Siderúrgico do Pécem.

3º Módulo Formação Empreendedora em São Gonçalo do Amarante

Entre os dias 16 e 20 de junho, a Adel realizou na comunidade de Sororoca, em São Gonçalo do Amarante o 3º Módulo da Formação Empreendedora do Programa Território Empreendedor, desenvolvido em parceria com a BrazilFoundation e Acreditar.

Durante a semana foram trabalhadas as seguintes temáticas: Introdução ao Marketing; Estudo de Mercado; Estratégias de Comercialização; Desenvolvimento de Produtos e Análise de Casos de Sucesso. As temáticas foram abordadas pela equipe de assessores de formação em parceria com os colaboradores externos, que através de aulas expositivas e dialogadas debateram com os jovens como aplicar em seus empreendimentos as ferramentas e expertises vistas na formação.

Neste módulo, os jovens tiveram como colaboradores externos: Evilene Abreu, sócio-fundadora e assessora de comunicação da Adel; Renato Bezerra, Administrador de Empresas; e os jovens Neto Ribeiro, Giliard Gama e Raquel Soares, ambos são empreendedores no município de Pentecoste e participaram do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), desenvolvido pela Adel no Médio Curu.

Os jovens Neto Ribeiro, Giliard Gama e Raquel Soares representam a nova cara do sertão e inspiram outros jovens a empreender no meio rural. Eles venceram os desafios e implantaram os empreendimentos planejados durante a Formação Empreendedora, ministrada pela Adel.

Neto, além de ter seu empreendimento de aves caipira é articulador da Rede de Jovem Empreendedor Rural. Giliard trabalha com cultivo de coco e recentemente recebeu o 1º Prêmio “A Nova Cara do Sertão”. Raquel foi uma das finalistas do 1º Prêmio “A Nova Cara do Sertão”, e atua no ramo de manicure e unhas decoradas.

Após conhecer as histórias de vida dos jovens empreendedores de Pentecoste, cada jovem foi motivado a escrever durante o período vivencial, um esboço do plano de negócio simplificado do seu empreendimento para apresentar no próximo módulo da Formação Empreendedora.

A Formação Empreendedora é uma ação do Programa Território Empreendedor. Faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP que busca criar um ecossistema de empreendedorismo socioeconômico na região do Complexo Siderúrgico do Pécem.

Vencedor do 1º Prêmio A Nova Cara do Sertão replica iniciativa na comunidade

A estiagem que afeta o semiárido nordestino desde 2011, tem deixado os agricultores do município de Pentecoste preocupados e em uma situação bastante crítica. Com a falta de água muitos perderam suas plantações e não tiveram colheitas.

Diante desta situação, o jovem Giliard Gama, vencedor do 1º Prêmio A Nova Cara do Sertão, mobilizou os agricultores de sua comunidade, e juntos decidiram investir na irrigação por microaspersão, técnica utilizada pelo jovem desde a implantação do seu empreendimento.

Giliard após participar em 2012, do Programa Jovem Empreendedor Rural realizado pela Adel, decidiu investir na produção de coco com seu pai. Com a instalação do novo sistema de irrigação, além de economizar água, eles conseguiram elevar a produção de coco na propriedade.

Sistema de microarpersão na propriedade de Giliard Gama

Com o êxito da iniciativa, muitos agricultores se sentiram motivados a trabalhar com o sistema de microaspersão. Porém, poucos agricultores sabem qual a melhor forma, técnica de compra e manuseio dos equipamentos. Assim, Giliard decidiu dar orientações aos agricultores e juntos realizaram na última terça-feira (24/06), um mutirão para instalação de microaspersores.

Segundo Giliard a iniciativa foi bastante gratificante e contou com o apoio da maioria dos agricultores. “Procurei os produtores que fazia parte do mesmo reservatório de água, e passei a incentivá-los a mudar a irrigação. As chuvas desse ano foram poucas, precisamos economizar e tentar garantir água para os próximos meses. Estou bastante feliz por ter ajudado”, ressalta.

Vencedor do 1º Prêmio A Nova Cara do Sertão replica iniciativa na comunidade

A estiagem que afeta o semiárido nordestino desde 2011, tem deixado os agricultores do município de Pentecoste preocupados e em uma situação bastante crítica. Com a falta de água muitos perderam suas plantações e não tiveram colheitas.

Diante desta situação, o jovem Giliard Gama, vencedor do 1º Prêmio A Nova Cara do Sertão, mobilizou os agricultores de sua comunidade, e juntos decidiram investir na irrigação por microaspersão, técnica utilizada pelo jovem desde a implantação do seu empreendimento.

Giliard após participar em 2012, do Programa Jovem Empreendedor Rural realizado pela Adel, decidiu investir na produção de coco com seu pai. Com a instalação do novo sistema de irrigação, além de economizar água, eles conseguiram elevar a produção de coco na propriedade.

Sistema de microarpersão na propriedade de Giliard Gama

Com o êxito da iniciativa, muitos agricultores se sentiram motivados a trabalhar com o sistema de microaspersão. Porém, poucos agricultores sabem qual a melhor forma, técnica de compra e manuseio dos equipamentos. Assim, Giliard decidiu dar orientações aos agricultores e juntos realizaram na última terça-feira (24/06), um mutirão para instalação de microaspersores.

Segundo Giliard a iniciativa foi bastante gratificante e contou com o apoio da maioria dos agricultores. “Procurei os produtores que fazia parte do mesmo reservatório de água, e passei a incentivá-los a mudar a irrigação. As chuvas desse ano foram poucas, precisamos economizar e tentar garantir água para os próximos meses. Estou bastante feliz por ter ajudado”, ressalta.

Jovem britânica visita a Adel

Entre os dias 12 e 16 de junho, a jovem britânica Jiselle Steele, visitou a sede da Adel em Pentecoste e conheceu alguns empreendimentos de jovens na região.

Com o objetivo de conhecer iniciativas de jovens empreendedores no Brasil para compartilhar com jovens do Reino Unido, ela diz que seu foco é conhecer experiências com espírito de mudança e empreendedorismo.

Na Adel, Jisele conheceu a equipe e suas histórias, mas também visitou os jovens empreendedores rurais do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER). O jovem Giliard Gama, vencedor do 1º Prêmio A Nova Cara do Sertão, residente no distrito rural de Serrota/Pentecoste, foi uma das experiências visitadas. A mesma conheceu sua história e viu na prática como é desenvolvida a produção de coco na propriedade.

Giliard Gama, jovem empreendedor rural e Jiselle Steele

Ela também conheceu os jovens do Programa Território Empreendedor, desenvolvido pela Adel, em parceria com a BrazilFoudantion e Acreditar. Acompanhou na segunda- feira, dia 16, a oficina de Marketing e Comunicação que estava acontecendo no Centro de Formação na comunidade de Sororoca, em São Gonçalo do Amarante.

Segundo Jissele, o propósito da viagem é conhecer como os jovens de comunidades diferentes usam o empreendedorismo para mudar suas vidas e transformar suas comunidades. “Eu estou animada, pude aprender sobre o trabalho lindo da Adel e eu quero compartilhar meu novo conhecimento com os jovens e os projetos do Reino Unido”, relata.

Jovens do Programa Território Empreendedor, São Gonçalo do Amarante/CE

Além da Adel, Jisele visitou projetos no Rio de Janeiro e São Paulo e segue para Salvador. A mesma trabalha com diferentes organizações no Reino Unido que apoiam jovens na área da cultura, da educação e da geração de trabalho.

Para conhecer mais sobre Jisele e seu projeto, acesse: www.darumavolta.tumblr.com

Jovem britânica visita a Adel

Entre os dias 12 e 16 de junho, a jovem britânica Jiselle Steele, visitou a sede da Adel em Pentecoste e conheceu alguns empreendimentos de jovens na região.

Com o objetivo de conhecer iniciativas de jovens empreendedores no Brasil para compartilhar com jovens do Reino Unido, ela diz que seu foco é conhecer experiências com espírito de mudança e empreendedorismo.

Na Adel, Jisele conheceu a equipe e suas histórias, mas também visitou os jovens empreendedores rurais do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER). O jovem Giliard Gama, vencedor do 1º Prêmio A Nova Cara do Sertão, residente no distrito rural de Serrota/Pentecoste, foi uma das experiências visitadas. A mesma conheceu sua história e viu na prática como é desenvolvida a produção de coco na propriedade.

Giliard Gama, jovem empreendedor rural e Jiselle Steele

Ela também conheceu os jovens do Programa Território Empreendedor, desenvolvido pela Adel, em parceria com a BrazilFoudantion e Acreditar. Acompanhou na segunda- feira, dia 16, a oficina de Marketing e Comunicação que estava acontecendo no Centro de Formação na comunidade de Sororoca, em São Gonçalo do Amarante.

Segundo Jissele, o propósito da viagem é conhecer como os jovens de comunidades diferentes usam o empreendedorismo para mudar suas vidas e transformar suas comunidades. “Eu estou animada, pude aprender sobre o trabalho lindo da Adel e eu quero compartilhar meu novo conhecimento com os jovens e os projetos do Reino Unido”, relata.

Jovens do Programa Território Empreendedor, São Gonçalo do Amarante/CE

Além da Adel, Jisele visitou projetos no Rio de Janeiro e São Paulo e segue para Salvador. A mesma trabalha com diferentes organizações no Reino Unido que apoiam jovens na área da cultura, da educação e da geração de trabalho.

Para conhecer mais sobre Jisele e seu projeto, acesse: www.darumavolta.tumblr.com

Adel realiza oficinas do Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico

Nos dias 06 e 07 de junho, aconteceu na Fazenda Experimental Vale do Curu, em Pentecoste, oficinas do Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico, que reúne meliponicultores das comunidades de Lagoa das Pedras, Vila Soares e Sítio do Meio.

A maioria dos participantes são criadores de abelhas nativas sem ferrão (jandaíra), e tem como objetivo planejar ações coletivas para elevar a produção e fortalecer a atividade na região.

Durante a oficina, os participantes elencaram pontos estratégicos para o desenvolvimento da cadeia produtiva de mel. Com o apoio do educador Edilson da Costa e do zootecnista Jânio Felix, discutiram quais os elementos necessários para criar um ambiente cooperativo e sustentável.

Jânio discutiu com os participantes como é realizada a criação de abelhas em suas propriedades e enfatizou a importância de cuidar da flora, abordando as possíveis maneiras de criar as abelhas sem causar danos ao ambiente.

Na ocasião, Wagner Gomes, economista e diretor executivo da Adel, falou sobre Fundos Rotativos Solidários e discutiu a criação de uma poupança comunitária para a implantação e fortalecimento da produção de mel de abelhas nativas. “Foi um momento de troca de conhecimentos que reuniu pela primeira vez meliponicultores da região do Médio Curu”, enfatiza Wagner.

O Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico faz parte das ações da Adel de Convivência com o Semiárido. É realizado em parceria com o Programa de Pequenos Projetos Ecossociais do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN).

Adel realiza oficinas do Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico

Nos dias 06 e 07 de junho, aconteceu na Fazenda Experimental Vale do Curu, em Pentecoste, oficinas do Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico, que reúne meliponicultores das comunidades de Lagoa das Pedras, Vila Soares e Sítio do Meio.

A maioria dos participantes são criadores de abelhas nativas sem ferrão (jandaíra), e tem como objetivo planejar ações coletivas para elevar a produção e fortalecer a atividade na região.

Durante a oficina, os participantes elencaram pontos estratégicos para o desenvolvimento da cadeia produtiva de mel. Com o apoio do educador Edilson da Costa e do zootecnista Jânio Felix, discutiram quais os elementos necessários para criar um ambiente cooperativo e sustentável.

Jânio discutiu com os participantes como é realizada a criação de abelhas em suas propriedades e enfatizou a importância de cuidar da flora, abordando as possíveis maneiras de criar as abelhas sem causar danos ao ambiente.

Na ocasião, Wagner Gomes, economista e diretor executivo da Adel, falou sobre Fundos Rotativos Solidários e discutiu a criação de uma poupança comunitária para a implantação e fortalecimento da produção de mel de abelhas nativas. “Foi um momento de troca de conhecimentos que reuniu pela primeira vez meliponicultores da região do Médio Curu”, enfatiza Wagner.

O Projeto Sertão Produtivo e Agroecológico faz parte das ações da Adel de Convivência com o Semiárido. É realizado em parceria com o Programa de Pequenos Projetos Ecossociais do Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN).

2º Módulo Formação Empreendedora em São Gonçalo do Amarante

Entre os dias 26 e 30 de maio, os jovens dos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, que participam do Programa Território Empreendedor, estiveram presentes no 2º módulo da Formação Empreendedora.

Neste módulo foram abordados os seguintes eixos temáticos: Tipos de Negócios; Diagnóstico local das oportunidades de negócios; Estudo das viabilidades; Cadeias de valor e Aspectos legais. Aurigele Alves, Gerente de Programas da Adel, discutiu com a turma as “Viabilidades de Negócios”, tema bastante significativo para os jovens empreendedores rurais.

“Trabalhar a viabilidade dos negócios é um passo determinante para o sucesso dos empreendimentos. É necessário bastante leitura, pesquisa e um estudo aprofundado do mercado, dos recursos naturais, dos impactos ambientais, sociais e, sobretudo econômicos que serão gerados a partir da implantação dos negócios aspirados pelos jovens” relata Aurigele.

Colaboraram também com a formação, Paulo Gleisson, graduando em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará, que apresentou para os jovens as técnicas e ferramentas para a realização de um diagnóstico local das oportunidades. Adriano Batista, zootecnista e um dos sócios fundadores da Adel, que abordou o tema “Cadeias Produtivas Locais” reforçando a importância de se trabalhar os processos de um produto até seu fornecimento ao mercado.

Segundo Edilson Costa, um dos educadores do programa, nesta semana já foi perceptível à evolução de cada um dos jovens após o ingresso no Programa. “Nosso intuito é aprofundar cada vez mais os estudos técnicos, sociais e humanos necessários para o desenvolvimento deles como empreendedores. E, colaborar na formação de jovens, agentes de transformação e empreendedores de sucesso que vão fazer a diferença nas suas vidas, de seus familiares, comunidades e municípios” enfatiza.

Para encerrar a semana e em comemoração ao dia do meio ambiente, no próximo dia 05 de junho, os jovens plantaram na comunidade de Sororoca, em São Gonçalo do Amarante, diversas mudas de plantas nativas, uma forma de preservar as espécies da Flora da Caatinga e estimular os cuidados e a preservação dos recursos naturais. As mudas foram doadas pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) e cada jovem levou duas mudas para plantar em sua propriedade.

O Programa Território Empreendedor busca contribuir com o desenvolvimento da produção familiar no campo. A Formação Empreendedora é uma realização da Adel, em parceria com a BrazilFoundation e Acreditar, uma ação que faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP.

2º Módulo Formação Empreendedora em São Gonçalo do Amarante

Entre os dias 26 e 30 de maio, os jovens dos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, que participam do Programa Território Empreendedor, estiveram presentes no 2º módulo da Formação Empreendedora.

Neste módulo foram abordados os seguintes eixos temáticos: Tipos de Negócios; Diagnóstico local das oportunidades de negócios; Estudo das viabilidades; Cadeias de valor e Aspectos legais. Aurigele Alves, Gerente de Programas da Adel, discutiu com a turma as “Viabilidades de Negócios”, tema bastante significativo para os jovens empreendedores rurais.

“Trabalhar a viabilidade dos negócios é um passo determinante para o sucesso dos empreendimentos. É necessário bastante leitura, pesquisa e um estudo aprofundado do mercado, dos recursos naturais, dos impactos ambientais, sociais e, sobretudo econômicos que serão gerados a partir da implantação dos negócios aspirados pelos jovens” relata Aurigele.

Colaboraram também com a formação, Paulo Gleisson, graduando em Agronomia pela Universidade Federal do Ceará, que apresentou para os jovens as técnicas e ferramentas para a realização de um diagnóstico local das oportunidades. Adriano Batista, zootecnista e um dos sócios fundadores da Adel, que abordou o tema “Cadeias Produtivas Locais” reforçando a importância de se trabalhar os processos de um produto até seu fornecimento ao mercado.

Segundo Edilson Costa, um dos educadores do programa, nesta semana já foi perceptível à evolução de cada um dos jovens após o ingresso no Programa. “Nosso intuito é aprofundar cada vez mais os estudos técnicos, sociais e humanos necessários para o desenvolvimento deles como empreendedores. E, colaborar na formação de jovens, agentes de transformação e empreendedores de sucesso que vão fazer a diferença nas suas vidas, de seus familiares, comunidades e municípios” enfatiza.

Para encerrar a semana e em comemoração ao dia do meio ambiente, no próximo dia 05 de junho, os jovens plantaram na comunidade de Sororoca, em São Gonçalo do Amarante, diversas mudas de plantas nativas, uma forma de preservar as espécies da Flora da Caatinga e estimular os cuidados e a preservação dos recursos naturais. As mudas foram doadas pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) e cada jovem levou duas mudas para plantar em sua propriedade.

O Programa Território Empreendedor busca contribuir com o desenvolvimento da produção familiar no campo. A Formação Empreendedora é uma realização da Adel, em parceria com a BrazilFoundation e Acreditar, uma ação que faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP.