Jovens se sentem motivados com novas atividades

Nesta semana foram realizadas na comunidade de Sororoca em São Gonçalo do Amarante as atividades do 5º módulo do Programa Território Empreendedor.

Durante a semana, a turma contou com as colaborações externa de Rennan Luz, graduado em Administração de Empresas, que trabalhou as temáticas inovação e planos de negócio e com a contribuição de Eliane Rocha, Zootecnista, que discutiu boas práticas de produção.

Como atividade complementar, a turma visitou a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), onde puderam compreender a importância do trabalho desenvolvido pela empresa no território, também visitaram jovens empreendedores de turmas anteriores que estão iniciando seus negócios e que são inspirações para as atuais.

Segundo Bergson Tabosa, jovem atendido pelo programa, a semana foi ótima. “Os colaboradores externos nos engradeceram ainda mais, Rennan e a Eliana trouxeram temas muitos importantes para a formação nesta semana. Também tivemos visita de campo onde conhecemos a grandiosidade que é a CSP e os empreendimentos de outros jovens que já estão dando certo, isso nos incentiva bastante”, enfatiza.

O Programa Território Empreendedor é uma tecnologia social realizada pela Adel, em parceria com a BrazilFoundation, Oi Futuro, Acreditar e faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP que busca criar um ecossistema de empreendedorismo socioeconômico na região do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Jovens se sentem motivados com novas atividades

Nesta semana foram realizadas na comunidade de Sororoca em São Gonçalo do Amarante as atividades do 5º módulo do Programa Território Empreendedor.

Durante a semana, a turma contou com as colaborações externa de Rennan Luz, graduado em Administração de Empresas, que trabalhou as temáticas inovação e planos de negócio e com a contribuição de Eliane Rocha, Zootecnista, que discutiu boas práticas de produção.

Como atividade complementar, a turma visitou a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), onde puderam compreender a importância do trabalho desenvolvido pela empresa no território, também visitaram jovens empreendedores de turmas anteriores que estão iniciando seus negócios e que são inspirações para as atuais.

Segundo Bergson Tabosa, jovem atendido pelo programa, a semana foi ótima. “Os colaboradores externos nos engradeceram ainda mais, Rennan e a Eliana trouxeram temas muitos importantes para a formação nesta semana. Também tivemos visita de campo onde conhecemos a grandiosidade que é a CSP e os empreendimentos de outros jovens que já estão dando certo, isso nos incentiva bastante”, enfatiza.

O Programa Território Empreendedor é uma tecnologia social realizada pela Adel, em parceria com a BrazilFoundation, Oi Futuro, Acreditar e faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP que busca criar um ecossistema de empreendedorismo socioeconômico na região do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Jovens visitam empreendimentos de piscicultura

No 4º módulo do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), entre os dias 18 e 22 de maio, os jovens visitaram empreendimentos de piscicultura na região.

A visita faz parte do plano de estudo do Programa e inspirou os jovens que estão em formação a dar início aos seus empreendimentos. Alguns dos empreendedores visitados participaram do PJER e hoje são referências para outros empreendedores.

Criação de tilápia na comunidade de Matões

É o caso dos irmãos Joy Bruno (21) e Jean Henrique (25), que receberam os jovens esta semana. Morando na comunidade rural de Matões, no município de Caucaia, eles após participarem do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do PJER, investiram no sonho de ter um empreendimento de piscicultura na propriedade da família.

Antes de ingressar no Programa, a dupla tinha iniciado o empreendimento, mas devido o pouco conhecimento, tanto de produção quanto de gestão, não tiveram êxito. Segundo os jovens, a participação no PJER foi fundamental para retomar a ideia do sistema de criação de tilápia em viveiros.

Joy e Bruno, irmãos empreendedores
“Já tínhamos o início e a experiência prática, agora só foi preciso aplicar os conhecimentos adquiridos no curso da Adel para melhor desenvolver o negócio. O jovem empreendedor precisa dominar além da tecnologia de produção, com água de qualidade e ração ideal, técnicas de gestão e comercialização e, foi isso, que aprendemos durante o curso” afirma o jovem Joy Bruno.

Além desta visita, os jovens discutiram os temas matemática financeira e contabilidade. Com a colaboração de Rennan Luz, graduado em Administração de Empresas, e Helano Luz Lopes, diretor financeiro da Adel, os jovens começaram a elaborar os orçamentos dos seus empreendimentos.

Visita ao empreendimento de piscicultura

Para o jovem Marcos Alex, participante do Curso do PJER, as atividades desta semana lhe motivaram a acreditar cada vez mais nos seus sonhos. “Foi incrível ver de perto um negócio que deu certo, e que um dia pode ser o meu. Interessante que eles frisaram o mercado alvo do empreendimento, que é a venda direta para o consumidor final e para os programas do governo federal (PAA E PNAE). O estudo de mercado, ajudou eles a focarem, a curto prazo, no fornecimento no mercado municipal e para os programas do governo. Estou muito inspirado”, enfatiza.

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é realizado desde 2014, nos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia pela Adel, com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Jovens visitam empreendimentos de piscicultura

No 4º módulo do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER), entre os dias 18 e 22 de maio, os jovens visitaram empreendimentos de piscicultura na região.

A visita faz parte do plano de estudo do Programa e inspirou os jovens que estão em formação a dar início aos seus empreendimentos. Alguns dos empreendedores visitados participaram do PJER e hoje são referências para outros empreendedores.

Criação de tilápia na comunidade de Matões

É o caso dos irmãos Joy Bruno (21) e Jean Henrique (25), que receberam os jovens esta semana. Morando na comunidade rural de Matões, no município de Caucaia, eles após participarem do Curso de Empreendedorismo e Gestão de Negócios do PJER, investiram no sonho de ter um empreendimento de piscicultura na propriedade da família.

Antes de ingressar no Programa, a dupla tinha iniciado o empreendimento, mas devido o pouco conhecimento, tanto de produção quanto de gestão, não tiveram êxito. Segundo os jovens, a participação no PJER foi fundamental para retomar a ideia do sistema de criação de tilápia em viveiros.

Joy e Bruno, irmãos empreendedores

“Já tínhamos o início e a experiência prática, agora só foi preciso aplicar os conhecimentos adquiridos no curso da Adel para melhor desenvolver o negócio. O jovem empreendedor precisa dominar além da tecnologia de produção, com água de qualidade e ração ideal, técnicas de gestão e comercialização e, foi isso, que aprendemos durante o curso” afirma o jovem Joy Bruno.

Além desta visita, os jovens discutiram os temas matemática financeira e contabilidade. Com a colaboração de Rennan Luz, graduado em Administração de Empresas, e Helano Luz Lopes, diretor financeiro da Adel, os jovens começaram a elaborar os orçamentos dos seus empreendimentos.

Visita ao empreendimento de piscicultura

Para o jovem Marcos Alex, participante do Curso do PJER, as atividades desta semana lhe motivaram a acreditar cada vez mais nos seus sonhos. “Foi incrível ver de perto um negócio que deu certo, e que um dia pode ser o meu. Interessante que eles frisaram o mercado alvo do empreendimento, que é a venda direta para o consumidor final e para os programas do governo federal (PAA E PNAE). O estudo de mercado, ajudou eles a focarem, a curto prazo, no fornecimento no mercado municipal e para os programas do governo. Estou muito inspirado”, enfatiza.

O Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) é realizado desde 2014, nos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia pela Adel, com o patrocínio da Petrobras, apoio da Fundação Interamericana (IAF), Oi Futuro e da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante.

Jovens plantam mudas no Dia Internacional do Meio Ambiente

Hoje, 05 de junho, jovens do Programa Território Empreendedor realizaram atividades voltadas para o Dia Internacional do Meio Ambiente.


Durante toda esta semana os jovens estiveram em atividades no Centro de Formação do Jovem Empreendedor Rural. Foram muitas temáticas discutidas e trabalhadas: Estudo Orientado; Matemática Financeira; Contabilidade; Gestão de Custos; Medidas de Desempenho e Elaboração de Orçamento.


Os estudos foram focados para o conhecimento financeiro e gestão de negócios e apesar de toda a limitação de tempo para aprender novos assuntos os jovens se mobilizaram e fizeram sua parte no Dia Internacional do Meio Ambiente.

Educadores e jovens plantaram mudas nos arredores do centro de formação e organizaram o espaço deixando-o mais verde e agradável para as futuras turmas.


“Hoje fiz algo muito significativo, fiz minha parte para o meio ambiente. Acredito que essa é a forma mais simples de juntos preservarmos o nosso lar, que futuramente será de nossos filhos, netos e outras gerações, devemos ter consciência disso”. Enfatiza Fátima de Sousa, jovem atendida pela Adel.


O Programa Território Empreendedor é uma tecnologia social realizada pela Adel, em parceria com a BrazilFoundation, Oi Futuro, Acreditar e faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP que busca criar um ecossistema de empreendedorismo socioeconômico na região do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Jovens plantam mudas no Dia Internacional do Meio Ambiente

Hoje, 05 de junho, jovens do Programa Território Empreendedor realizaram atividades voltadas para o Dia Internacional do Meio Ambiente.


Durante toda esta semana os jovens estiveram em atividades no Centro de Formação do Jovem Empreendedor Rural. Foram muitas temáticas discutidas e trabalhadas: Estudo Orientado; Matemática Financeira; Contabilidade; Gestão de Custos; Medidas de Desempenho e Elaboração de Orçamento.

Os estudos foram focados para o conhecimento financeiro e gestão de negócios e apesar de toda a limitação de tempo para aprender novos assuntos os jovens se mobilizaram e fizeram sua parte no Dia Internacional do Meio Ambiente.

Educadores e jovens plantaram mudas nos arredores do centro de formação e organizaram o espaço deixando-o mais verde e agradável para as futuras turmas.

“Hoje fiz algo muito significativo, fiz minha parte para o meio ambiente. Acredito que essa é a forma mais simples de juntos preservarmos o nosso lar, que futuramente será de nossos filhos, netos e outras gerações, devemos ter consciência disso”. Enfatiza Fátima de Sousa, jovem atendida pela Adel.

O Programa Território Empreendedor é uma tecnologia social realizada pela Adel, em parceria com a BrazilFoundation, Oi Futuro, Acreditar e faz parte do Programa Interagir da Companhia Siderúrgica do Pecém/CSP que busca criar um ecossistema de empreendedorismo socioeconômico na região do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.