Adel participa da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará

A Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel), em parceria com o ChildFund Brasil, lança na próxima quinta-feira (22), às 19h30min, o livro “Todxs Podem Empreender – Empreendedorismo e Protagonismo para adolescentes e jovens”. Nessa produção, as organizações contam experiências empreendedoras vividas no meio rural, além de trazer conceitos técnicos para que adolescentes e jovens possam empreender e serem protagonistas de seus projetos de vida.

O lançamento será na XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, onde a Adel e o ChildFund Brasil promovem um talk show com a presença de Gláucio Gomes, um dos organizadores do livro e Diretor de Desenvolvimento da Adel; Alexandra Meira, Vice Presidente e Diretora de Projetos da Aliança Empreendedora; Gabriel Barbosa, Gerente de Desenvolvimento Social do ChildFund Brasil; e, Romênia Castro, Jovem Empreendedora Rural de Pentecoste.

Seminário Todxs Podem Empreender: Empreendedorismo e Protagonismo de adolescentes e jovens em situação de resiliência. Foto: Lia de Paula

Com 11 anos de atuação, a Adel trabalha com estratégias de convivência sustentável, incentivando o protagonismo e o empreendedorismo para o desenvolvimento de pessoas em contextos de alta resiliência. Com o tema “As cidades e os livros”, a XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará será realizada entre 16 e 25 de agosto no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

O evento é uma iniciativa do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), em parceria com o Instituto Dragão do Mar e apoio do Ministério da Cidadania, através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Neste ano, a Bienal estará sob a curadoria da escritora Ana Miranda e dos escritores e professores Inês Cardoso e Carlos Vasconcelos, com a coordenação de Goreth Albuquerque, também coordenadora da política de livro, leitura, literatura e bibliotecas da Secult.

Serviço
Lançamento do Livro “Todxs Podem Empreender – Empreendedorismo e Protagonismo para adolescentes e jovens” na XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará
Quando: 22 de agosto de 2019, às 19h30
Onde: Centro de Eventos – Praça O Quinze – Térreo
Endereço: Av. Washington Soares, 999 – Edson Queiroz, Fortaleza – CE
Entrada gratuita

Adel é indicada para compor o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará

A Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel) foi nomeada na última quarta-feira, 14, como membro do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará (CEDCA/CE) para Biênio 2019-2021. Uma das finalidades desse Conselho é acompanhar todos os programas e projetos voltados ao atendimento e garantia dos direitos das crianças e adolescentes.

A participação da Adel no Conselho é consequência das ações realizadas há onze anos no Ceará com adolescentes e jovens. A Adel busca fortalecer o protagonismo social desses atores por meio do acesso a conhecimento, crédito, redes e tecnologias sociais e ambientais. O respeito à diversidade, aos direitos humanos e a promoção de um ambiente de paz e sustentabilidade nas relações com o meio ambiente é de extrema importância para o desenvolvimento dos adolescentes e jovens.

Além do CEDCA/CE, a Adel atua também nos Conselhos Municipais dos territórios onde desenvolve seus programas. Recentemente, foi eleita como membro do Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA) de São Gonçalo do Amarante, município situado na região metropolitana de Fortaleza, capital do Estado. A eleição para esse Conselho ocorreu no dia 18 de julho de 2019. Também participa ativamente do Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA) de Pentecoste, município sede da organização.

Membros das onze entidades eleitas para compor o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará (CEDCA/CE)

Para Adriano Batista, Diretor Executivo da Adel, a participação nos Conselhos é uma oportunidade para estreitar ainda mais os laços de colaboração entre a Adel e os territórios onde atua e de contribuir nas decisões referentes às políticas públicas voltadas para as crianças e adolescentes. “Participar e trabalhar em parceria com os Conselhos é uma possibilidade de unir capacidades e recursos para atingirmos objetivos maiores na defesa dos direitos das crianças e adolescentes”, afirma.

Inscrições abertas para o PJER no Amazonas

Jovens amazonenses. Foto: Banco de imagens Casa do Rio

Esta semana, a Adel iniciou em parceria com a Casa do Rio, organização que atua na Região Norte, as inscrições para a primeira turma do Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER). Essa é a primeira turma do PJER realizada fora da região Nordeste. Faz parte da aliança estratégica firmada ao final de 2018 entre as duas organizações.

O PJER é uma tecnologia social criada há dez anos pela Adel que cria oportunidades para jovens empreenderem em suas próprias comunidades. O Programa já beneficiou no Ceará mais de 3000 jovens e consolida seu processo de expansão este ano. Além do Amazonas, neste segundo semestre a Adel realiza a formação empreendedora do PJER no Ceará e no Rio Grande do Norte.

O Programa é composto por quatro (4) componentes: acesso a conhecimento, crédito orientado, apoio no fortalecimento organizativo e acesso às tecnologias de informação e comunicação. Inicialmente, os jovens selecionados no Amazonas participarão do Curso Empreendedorismo e Protagonismo Social.

O curso reúne informações e ferramentas que auxiliarão os jovens na elaboração de seus projetos de negócio, tanto com fins econômicos ou sociais. O Projeto de Negócio é imprescindível para acessar os demais componentes do Programa que permitirão a implementação de suas ideias.

Toda a formação no Amazonas será acompanhada pela equipe de Programas da Adel e contará com a atuação de dois jovens amazonenses, Alexandra Guimarães, 20, e Tiago Lima, 20, ambos do município Careiro Castanho (AM), que estiveram participando no período de abril a julho deste ano de um intercâmbio na Adel.

Os jovens estiveram em Pentecoste, no Ceará, onde foram formadas as primeiras turmas do PJER, conhecendo experiências exitosas na área de empreendedorismo rural no município e em outras localidades vizinhas. Além do aprendizado técnico, o intercâmbio permitiu o compartilhamento de experiências com jovens que estão dando uma nova cara ao sertão e desenvolvendo seus empreendimentos e comunidades.

Os jovens retornaram para Careiro Castanho dia 14 de julho para iniciarem o processo de mobilização e seleção para a turma do PJER no estado do Amazonas. Em uma primeira etapa, serão selecionados 25 jovens de Careiro Castanho e do entorno da BR-319 para participarem do Curso Empreendedorismo e Protagonismo Social. “Pela primeira vez saímos da nossa região e de nossa zona de conforto em busca de mudar e contribuir com o desenvolvimento em nossa localidade. Foi uma experiência nova e incrível”, finaliza Alexandra Guimarães.

“Acredito que a educação muda o mundo, porque ela muda as pessoas. Então, nesse próximo semestre, que a gente possa levar essa tecnologia social para o Amazonas, para que jovens que também estão sem perspectivas lá na localidade, possam ser protagonistas de suas histórias. Ter a oportunidade de ser um dos precursores do desenvolvimento local na minha cidade me faz sentir um orgulho muito grande”, ressalta Thiago Lima.

Sobre as inscrições

As inscrições para o Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER) no Amazonas estão abertas até o dia 09 de agosto. Podem participar da seleção jovens com idade entre 18 e 32 anos, que tenham concluído o Ensino Médio e residam no município Careiro Castanho e/ou no entorno da BR-319.

As inscrições e o curso são gratuitos e a formação será realizada no nosso Centro de Formação Saberes da Floresta (Sítio Amaras, estrada do Manaquiri), com o início das atividades previsto para o dia 2 de setembro. Os interessados podem preencher a ficha de inscrição on-line (https://tinyurl.com/y393oa62), ou realizar a inscrição na nossa sede (Av Manoel Gadelha s/n, distrito, Careiro/AM).